Coluna Fernando Doesse. Quinta-feira 26.11.09.

Infelicidade  

Não adianta elogiar a Fesporte. Pois a novidade vinda da fundação que comanda o esporte amador de SC é a data dos 50º Jogos Abertos de SC em 2010. O maior evento esportivo do estado acontecerá em Brusque de 9 a 18 de setembro, exatamente dentro da campanha eleitoral para a escolha de Presidente, Governador, Senadores e Deputados. A cobertura jornalística já está comprometida devido ao horário eleitoral. Imagine só o grude deste povo em busca de votos em cima da imprensa! Estão misturando as coisas e depois não querem ser criticados. Montar palanque com dinheiro público é uma vergonha. O cinqüentenário dos Jogos Abertos já começou errado. Aliás, faz tempo que a cúpula da Fesporte não acerta uma. Ainda dá pra mudar.   
 

A Grama da Arena

O Secretário de Infra Estrutura de Chapecó, James Giacomazzi, me ligou no final da manhã de ontem dando conta de algumas informações sobre a reforma do gramado da Arena que ficará a cargo de sua pasta. Primeiro que uma especialista em gramados foi contratada, a mesma que cuida do gramado do Olímpico em Porto Alegre, para recuperar dentro do possível o solo e dar a ele mais vida. Segundo o secretário o trabalho deverá ser conduzido de forma muito profissional para que o investimento se justifique. Abraço ao James. 
 

Thoni e Morisco 

A Chapecoense vai fechando o grupo para a temporada 2010. Quando a direção de futebol disse que o cenário estava mapeado eles falavam a verdade.

Na segunda-feira devem ser definidas as situações Thoni e Morisco. Thoni já está  com a proposta em mãos e o prazo dado pela direção de futebol da Chapecoense é o inicio da semana que vem. Quanto a Morisco sua volta fica inviabilizada caso o Vasco exerça seu direito de compra o que não deve acontecer. Segue a busca pelo esperado camisa 10, sempre difícil de ser achado e com contrato sempre mais salgado. Faltam ainda cerca de cinco nomes e o elenco estará momentaneamente fechado. Como em baile lotado para entrar um terá de sair outro. 

Basílio deu o recado 

Há dias atrás a crônica esportiva destacou que Basílio quer jogar na Chapecoense como volante e não aceita mais a condição de zagueiro. Está correto Basílio quando luta por aquilo que julga ser o seu melhor. O problema é que Basílio está voltando de lesão e terá uma temporada de preparação muito forte pela frente. Para o mercado Basílio está no estaleiro. Mas é justa a reivindicação do Zé Pequeno.  
 

Pergunta

Se um árbitro não serve pra FIFA serve para a CBF?

O esporte não é  o mesmo? Técnica é uma situação. Preparação física é  outra.  

 

Deixe um comentario