Arquivo para dezembro, 2009

Chapecoense perde amistoso por 1×0 para o São Luiz de Ijuí

quarta-feira, dezembro 30th, 2009

No amistoso de terça-feira (29) em Coronel Freitas a Chapecoense mostrou fragilidades preocupantes.

Nivaldo e a zaga falharam gritantemente no gol do São Luiz. No meio de campo pode ser plantado um canteiro de flores que ninguém vai pisotear. Steve não esteve. Tuto ou não recebia assistência ou estava mal colocado. Quando recebeu errou um gol incrível. Waldison cometeu muitas faltas. Silvio Bido não pode cometer uma falta como a que resultou no gol. Muita reclamação contra a arbitragem e poucas soluções criativas. Cadú Gaúcho é o capitão de fato e de direito, agora, dar a ele a incumbência de criar ou jogar na ala direita é o mesmo que jogá-lo aos leões!   Estes os problemas.

As virtudes

Gostei do ala João Rodrigo, tem qualidade. Luiz André se movimentou bastante. Fora a falha na bola parada defensivamente a zaga se comportou bem. Rafael Morisco está com uma boa saída de bola. Fabinho pede passagem e mostrou que merece a chance.

A escalação ideal

Se todos estivessem à disposição a Chapecoense teria hoje:

Nivaldo, João Rodrigo, William Amaral, Silvio Bido e Morisco, Badé, Cadú Gaúcho e Basílio, Mazinho, Waldison e Tuto. Temos aí quatro peças diferentes da equipe que iniciou o jogo contra o São Luiz. Resta saber quanto tempo teremos até a liberação de Basílio, Badé e Amaral. Boas opções com Luiz André, Anelka, Steve, Emerson Cris, Fabinho e Aelson. Aguardo os demais para uma avaliação mais criteriosa.

Mauro Ovelha

Muito se disse a respeito de um possível rompimento entre o técnico da Chapecoense e seu presidente. Muitas vezes alguém ouve algo e repassa como verdade com a fonte não sendo confiável. Em tempos de blog todos temos nossas fontes. Perguntei a queima roupa ao Nei Maidana se existe desgaste entre ele e Ovelha. Foi taxativo ao dizer que não.

Também ficou claro para este cronista que em caso de pedido da saída ele agradeceria e não entraria em leilão algum. Mas eu garanto a todos vocês torcedores que a permanência de Mauro Ovelha na Chapecoense está muito mais ligada a iniciativas que beneficamente vieram de fora dos gabinetes do clube. 

O camisa 10

A última esperança reside nos pés de Mazinho para que a 10 tenha um dono capaz de carregá-la com a habilidade e a destreza que não se vê mais desde Adriano. E mesmo ele vingando na posição teríamos a necessidade de mais um nome para provocar a salutar concorrência e para servir de opção. A diretoria está devendo isso ao torcedor e faz tempo!

Pressão

 e a Chapecoense perder um dos dois jogos contra o Ypiranga a pressão vai aumentar sobre Mauro Ovelha e seus comandados.  E parece que está faltando uma pressão mais especifica sobre algumas peças do elenco. Tem jogador que a temporada sequer começou e já aparentam cansaço. Cansaço ou preguiça? Chega de moleza!

 FELIZ 2010!

Coluna Fernando Doesse. 24 e 25.12

sexta-feira, dezembro 25th, 2009

Missão cumprida

No inicio do ano a meta a ser atingida pela Chapecoense Futsal parecia muito distante. Voltar à elite do futsal catarinense ao lado de Jaraguá do Sul, Joinville e Florianópolis poderia parecer algo ainda inatingível. Orçamento apertado e uma equipe modesta que foi perdendo peças ao longo da competição, mas que também foi evoluindo pelas mãos do técnico Agnaldo Pereira.

Pois na noite que quarta-feira o distante se tornou realidade com todos os contornos do caminho de pedras que esta equipe trilhou. O futsal chapecoense está na elite estadual e ainda vai decidir o titulo da 1ª divisão contra Capivari até o final do ano. O elenco superou muitas adversidades inclusive uma criada pela própria Federação Catarinense de Futsal que devido a sua fraca estruturação e por não possuir um Tribunal de Justiça Desportiva viu o certame parar por cerca de três meses. Mas enfim deu tudo certo.

 Olhando o futuro

Para a Chapecoense Futsal será necessário agora montar um estrutura de organização e financeira muito mais avançada do que esta que aí está. Encarar a Divisão Especial e bater de frente com estruturas de Liga Nacional é bem diferente do que a 1ª Divisão que na sua maioria beira o amadorismo. A Especial é a Séria A e a 1ª Divisão uma Série D. As diferenças são enormes. Chapecó pelo porte e potencial que possui não pode figurar como visita entre os grandes. E mais! Já está na hora de algum empresário forte que gosta do futsal comprar uma vaga na Liga Nacional, pois a coisa funciona a base de dinheiro mesmo! Coma vaga na mão e com gente daqui investindo fica mais tranqüilo.

 Falta de inteligência

O futsal catarinense carrega nesta temporada a marca de ter o certame mais longevo. Graças à incompetência gerencial teremos jogos até 29 de dezembro. Decisões em noites de fim de ano quando as atenções voltadas para as festas. Ao contrário das empresas as federações de futebol não têm concorrentes e por isso a vida segue. Em havendo concorrência a maioria já teria fechado as portas. A primeira seria a de SC.

 Enquanto isso…

 A Associação Chapecoense de Futebol trabalha forte para a temporada 2010 e Mauro Ovelha, como é de seu estilo, não da trégua para a turma.

Entre Natal e Ano Novo teremos o amistoso dia 29 em Coronel Freitas contra o São Luiz de Ijuí. Enquanto isso nas demais equipes o noticiário aponta venda de jogadores, encerramento de parceria, contratações sem muita expressão, departamentos de futebol ainda sendo montados e por aí vai. A primeira a começar. A primeira a fechar elenco foi a Chapecoense. Isso pode fazer a diferença.

 

FELIZ NATAL E UM ANO NOVO DE MUITAS VITÓRIAS!

Coluna Fernando Doesse. 23.12.09.

quarta-feira, dezembro 23rd, 2009

Na frente

É inegável que a Chapecoense está na frente dos demais times da elite de SC na sua preparação. Além de manter grande parte do elenco da Série D contratou e todos já estão trabalhando. Certamente teremos uma vantagem na largada, principalmente no que se refere à preparação física. A pré temporada está confirmada para a cidade de Ita, que oferece excelente infra-estrutura hoteleira e o grupo terá tempo para treinar, fazer dois amistosos em janeiro e estreitar o relacionamento interno que é sempre importante. 

A Chapecoense larga na frente e se isto se refletir dentro de campo não deve deixar escapar a oportunidade de render tudo o que pode e já confirmar conquistas no primeiro turno. Teoria, mas ela existe.

 Acreditar

Em contatos mantidos neste final de ano com empresários de Chapecó que investem em futebol notei neles uma fé muito grande em um ano destacado da Chapecoense. Trata-se de uma grande noticia já que é desta turma que sai boa parte do apoio financeiro para bancar os investimentos.

A Chapecoense que hoje está sendo tocada por um grupo de empresários de Chapecó encontra na sua classe o apoio necessário para, mesmo com dificuldades, tocar este projeto vitorioso. Credibilidade é a palavra de ordem.     

 Gramado da Arena

 Tema de debates e de criticas o gramado da Arena deverá passar por melhoras. Aliás, já está passando.

Foi contratada a empresa do Sr. Vilizeu Curtarelli para o replantio da grama e para leivar as partes novas. Segundo me disse ontem à tarde o Secretário de Serviços Urbanos de Chapecó, Valmor Scolari, o Prefeito João Rodrigues pediu pressa no serviço.

Não poderemos exigir muito já que o gramado está muito comprometido. Melhorias nas casamatas também serão feitas com a instalação de estruturas em acrílico. Só pode melhorar, piorar é impossível.

 Chapecoense na quadra

 Hoje a noite (20:15) no ginásio do SESC a Chapecoense Futsal enfrenta Ibirama pelo estadual da 1ª divisão e com uma vitória carimba passaporte para a Divisão Especial de 2010 e volta pela porta da frente a elite catarinense.

Quando começou o campeonato fiz aqui uma critica que esperava que não fosse este apenas um projeto político. A política esteve e está presente em nosso futsal e isso é inegável, mas dentro de quadra a equipe está dando sua resposta e vai sim conseguir voltar ao lugar de onde jamais deveria ter saído.

Com as dificuldades de um orçamento apertado e um campeonato que vergonhosamente parou por três meses os comandados de Agnaldo Pereira estão mostrando raça e qualidade. Ao presidente Diógenes Lang o reconhecimento aos objetivos alcançados. Na hora da critica a critica, na hora de elogiar é preponderante reconhecer a virtude daqueles que lutaram por um projeto e chegaram lá. A modalidade superou expectativas e merece aplausos. A Rádio Chapecó AM transmite o jogo hoje à noite.    

Feliz Natal!

Chapecoense vence amistoso contra o Avenida

sábado, dezembro 19th, 2009

O Verdão fez agora pouco seu segundo amistoso, venceu por 2 a 1 o Avenida de Santa Cruz (RS) com 2 gols de Waldson.

O time joga domingo na mesma cidade contra o Santa Cruz.

Pro torcedor ter uma ideia o time começou no 3-5-2 com:

NIVALDO

MORISCO

CADU GAUCHO

SILVIO BIDO

STEVE

LUIS ANDRÉ

EMERSON CRIS

AELSON

NENÉM

WALDSON

TUTO

Detalhe que o narrador da Rádio de Santa Cruz rasgou elogios ao time, principalmente a Neném e Nivaldo.

Fonte: Gol da Chape.

Coluna Fernando Doesse. Final de semana.

sábado, dezembro 19th, 2009

Ele voltou

O ala direito João Rodrigo chegou a Chapecó para ser a solução da posição na Chapecoense. Jogador de qualidade teve sua contratação anunciada e comemorada. No outro dia recebeu uma proposta do interior paulista e se mandou de mala e cuia. Deu com a cara na porta e agora está de volta. Devido à dificuldade em encontrar peças para a posição e também pela qualidade do atleta a Chapecoense retomou as negociações e fecha contrato na segunda-feira.

Boa contratação sem dúvida, só que parece ser um daqueles que não cria limo e na primeira proposta mais tentadora bate assas. Jogando bem é a conta.

Grande evento

A 4ª Taça Brasil do Genoma Colorado está movimentando Chapecó. Mais de 700 atletas da base colorada estão disputando este certame que como é denominado o projeto representa o embrião de futuras conquistas. A abertura foi ontem à noite no ginásio Ivo Silveira e tive a felicidade de atuar como mestre de cerimônia a convite do Consulado Inter Chapecó. O poder público municipal e estadual são apoiadores da iniciativa.

O Internacional não por acaso é uma fábrica de craques e exporta talentos há muitos anos. É revigoraste ver o futebol sendo tratado com o carinho e o profissionalismo que ele merece. Teremos muitos jogos neste final de semana na UNOESC e na Água Amarela. Não será cobrado ingresso.

 A paisagem muda

 Teremos um grande Campeonato Catarinense em 2010. Não tenho dividas. Mas algumas promessas podem decepcionar. O Juventus pintava como uma promessa renovadora dentro do nosso futebol depois de firmar parceria com o craque das quadras, Falcão. Pois ele abandonou o projeto para cuidar de seus compromissos particulares. O Imbituba vem aos pedaços depois de ter feito uma brilhante segunda divisão. O Criciúma segue enredado em seus conflitos internos, mas virá forte. A paisagem vai mudando, as contratações acontecendo e a foto tomando forma. Teremos um Avai remodelado e sendo o carro chefe do nosso futebol. O Figueirense está organizando a casa. O Metropolitano quer algo mais. Só para citar alguns. O titulo do Campeonato Catarinense ganha valor sob este aspecto.   

Perguntei

 Na manhã de sexta-feira tivemos uma entrevista coletiva com o prefeito de Chapecó. João Rodrigues, versando sobre os mais variados temas. Coube a este cronista perguntar sobre esporte. Uma das perguntas era sobre a Arena Condá e a nova ala quando ela deverá ser entregue. Disse o prefeito mais uma vez que estará à disposição do torcedor no primeiro jogo da Chapecoense na Copa do Brasil frente ao Brasiliense no dia 24 de fevereiro.

Olhando o local como está agora bate uma divida.

Tomara tenhamos esta data sendo respeitada.

Pronta teremos o tira teima e a reposta para a pergunta: – Erram na primeira etapa da Arena. São Tomé aguarda.

Coluna Fernando Doesse. 18.12.09.

sexta-feira, dezembro 18th, 2009

Tsunami Colorado

Assim está sendo denominada a 4ª Taça Brasil Genoma Colorado que estará sendo realizada em Chapecó neste final de semana. Mais de 600 atletas que vem de SC, RS, PR, SP, GO e MT e mais o DF.

O Internacional mostra desta forma sua capacidade fantástica em investimento nas categorias de base. Na verdade o Genoma Colorado é a primeira fase de uma possível carreira em que o Internacional empresta o nome para que as cidades se estruturem em escolhinhas e possam garimpar talentos. Como existe Colorado espalhado por todo o Brasil o projeto fica facilitado.

Os jogos serão realizados na Água Amarela e na UNOESC. O Consulado Inter Chapecó está mobilizado há meses para organizar este evento. Com certeza será sucesso. A abertura é hoje à noite no ginásio Ivo Silveira às 20 horas.

 Comparando

 E a escolinha da Chapecoense? Porque não se consegue montar aqui uma estrutura para as crianças? Existe um embrião para que algo semelhante possa acontecer, mas nos últimos meses o assunto esfriou. Nenhum clube de futebol cresce sem investir na base. É preciso estimular as crianças a pratica do futebol e evitar que talentos nascidos aqui sejam dados de graças para clubes com estruturas profissionais.

Um ídolo como Nivaldo, que se aproxima da aposentadoria em campo, poderia perfeitamente começar a pensar nesta possibilidade.

 Papai Noel verde

 Muita gente anda atrás da camiseta modelo 2010 da Chapecoense para presentear neste Natal, mas nada do regalo aparecer nas lojas. Na verdade a Chapecoense ainda está 100% fechada com os patrocinadores para a próxima temporada e isso acaba inviabilizando a confecção. Certo mesmo é que teremos a mudança de fornecedor, saindo a Kappa e voltando a Umbro.

Mas no site da Chapecoense você pode adquirir as camisetas retro em homenagem às conquistas passadas que além de bonitas estão à disposição a preços bem interessantes. Fica a dica.

Badé de molho

 O Ala Badé ainda não recebeu alta médica para acompanhar a Chapecoense nos amistosos e por isso está em Chapecó. Com a chegada do final de ano Badé deve entrar 2010 muito longe de sua forma ideal e terá de receber atenção especial para encontrar seu melhor condicionamento o mais rápido possível. Trata-se de um problema que deve estar amargurando o técnico Mauro Ovelha. O mesmo vale para Basílio e William Amaral que estão na mesma condição. Ou seja, a Chapecoense que está no RS tem três titulares certos fora do time.

 Assinatura

 Hoje a Federação Catarinense de Futebol, a Associação de Clubes e o Ministério Público assinam uma série de medidas destinadas a aumentar a segurança nos estádios catarinense. Uma delas proíbe a venda de cerveja nos estádios no Campeonato Catarinense.

O hábito de ir ao estádio, assistir o jogo e beber aquela gelada está acabado. Outros tempos.

Coluna Fernando Doesse. 17.12.09.

quinta-feira, dezembro 17th, 2009

A maquina de títulos 

Dedico à coluna de hoje inteiramente ao futsal feminino de Chapecó. A equipe da Female representa a modalidade que mais conquistou títulos nesta temporada inclusive um equivalente ao campeonato mundial que foi a Copa das Nações em Portugal. Apenas o ouro na Olimpíada Universitária Brasileira escapou. Na noite de quarta-feira nossas meninas sagram-se bicampeãs da Liga Nacional ao bater por 5×0 o Palmeiras/Osasco.

Uma verdadeira maquina de títulos.  
 

Importante destacar 

O futsal feminino de Chapecó  vem experimentando um crescimento mais acentuado a questão de três anos, mas a modalidade se molda a muitos mais desde a quadra do São Cristóvão quando poucos valorizam a iniciativa.

Além de categorias de base a Female já tem em seus quadros atletas de ponta e já exporta mão de obra qualificada. As atletas que fazem parte do grupo principal estão na universidade, tem plano de saúde, moradia e recebem ajuda de custo. Este é um projeto bem montado e que está dando visibilidade aos profissionais que tocam a modalidade e a seus felizes patrocinadores. Nada disso é obra do acaso ou de contratações temporárias.  
 

O comandante 

Éder Popiolski é o grande nome do futsal feminino no Brasil e já com destaque fora dele. O poder que o Éder tem de aglutinar e a facilidade com que exerce seu comando são marcas próprias de um vencedor. Estrategista dentro de quadra possui um olhar clinico para prospectar novos talentos e é extremamente organizado na estruturação de bastidores.

Éder Popiolski já recebeu convites para deixar Chapecó, inclusive de fora do país, mas teria declinado no momento.

A possibilidade de saída é  grande no futuro devido a todas estas qualidades. Merece. E some a isso à forma discreta como atua, jamais deixando transparecer arrogância. Não quer ser o centro das atenções, mesmo o sendo muitas vezes. 
 

Futuro secretário  

Não estou querendo sugerir a troca, senão o Ivan Carlos já me manda um e-mail me espinafrando, não é Tchê?

Mas em caso de uma troca na Secretaria de Esportes de Chapecó seria interessante ver o Éder Popiolski emprestando seu talento e sua capacidade para todas as modalidades. Já conversei com ele sobre a possibilidade, mas ele acredita ser difícil adaptar-se as peculiaridades políticas do cargo, mesmo sendo filiado ao partido do prefeito João Rodrigues (DEM). Quem sabe uma direção técnica com liberdade total de atuação para gerir as modalidades que estão na ponta e fortalecer aqueles que ainda padecem de maior investimento. Atrelado a esta possibilidade no mínimo um aumento de 100% no valor investido anualmente. Que tal prefeito?  
 

 

Finalizando 

Para comemorar o bicampeonato da Liga Nacional o ginásio do SESC esteve lotado, mostrando que Chapecó reconhece a qualidade do futsal feminino. Que as outras modalidades sigam o mesmo caminho.  

UnoChapecó é bicampeã da Liga Futsal Feminina

quarta-feira, dezembro 16th, 2009
A maquina de titulos comemora.

A maquina de titulos comemora.

 

A UnoChapecó/NTozzo/Female/PMC é bicampeã da Liga Futsal Feminina. O time chapecoense chegou ao título depois de vencer o Jaguaré/Palmeiras/Osasco pelo placar de 5 a 0, no segundo jogo da final, ocorrido na noite de terça-feira (15/12), no ginásio do SESC, em Chapecó.

Com a vitória as chapecoenses fecharam os dois jogos da final da Liga Futsal 2009 com duas vitórias em dois jogos. No ano passado a equipe comandada pelo técnico Éder Popiolski chegou ao seu primeiro título na principal competição do salonismo feminino no Brasil ao vencer o arquirrival Kindermann/UNC/Caçador.

A partida começou acesa e com muita movimentação de ambos os lados. A UnoChapecó pressionava em busca da abertura do placar, mas a equipe do Jaguaré buscava se defender com força e segurança, além de buscar o contra-golpe em erros eventuais que as chapecoenses pudessem cometer.

O confronto era nervoso e os erros de passes eram constantes, pelos dois lados. O placar parecia longe de ser aberto, mas depois de uma rápida tabela entre Paca e Vanessa, a última apareceu livre diante de Catiele para marcar o primeiro gol da UnoChapecó na partida.

O Palmeiras foi para o ataque atrás do empate, mas encontrava muitas dificuldades para transpor a marcação catarinense. Além disso, todo cuidado era pouco para as paulistanas, que tinham nos contra-ataques das chapecoenses seu maior perigo no primeiro tempo de jogo.

Fabi recebeu o segundo cartão amarelo depois de cometer uma falta e acabou sendo excluída da partida. O Palmeiras tinha que se segurar durante dois minutos de jogo com uma atleta a menos. Bravamente o time do técnico Jacy Silveira se defendeu bem e não correu riscos.

No segundo tempo a equipe da casa continuou levando perigo ao gol paulista. A pressão foi grande e, depois de algumas tentativas por parte da UnoChapecó, o time dirigido por Éder Popiolski chegou ao seu segundo gol. Vanessa recebeu passe pela direita de ataque e serviu Tampa que bateu rasteiro para marcar o segundo tento.

O terceiro gol veio depois, por meio de Cely, que recebeu passe no ataque e bateu forte para marcar. Com Sâmia atuando como goleira-linha, a equipe palmeirense foi toda para o ataque em busca da reação. Os espaços de sua defesa ficaram abertos e o time catarinense fechou a contagem com gols de Vanessa, em duas oportunidades.

Fonte: Site Liga Futsal.

Chapecoense contrata Mazinho

quarta-feira, dezembro 16th, 2009

 

Mazinho retorna ao Verdão.

Mazinho retorna ao Verdão.

A Associação Chapecoense de Futebol anunciou ontem (15) a contratação do meia Mazinho de 24 anos. O atleta já atuou pela Chapecoense em 2004 quando a equipe era comandada por Roberto Cavalo.

Apesar de jovem Mazinho é jogador rodado com passagens por Juventus, Veranópolis, Brusque e Louletano, da terceira divisão de Portugal.

Mazinho chega para disputar a vaga no meio de campo com Neném que renovou seu contrato para a temporada 2010. A Chapecoense deve anunciar hoje a contratação de um ala direito. O Verdão inicia hoje uma série de três amistosos no RS. Joga hoje (16) contra o São Luiz de Ijuí e depois faz dois jogos em Santa Cruz do Sul contra Avenida e Santa Cruz. O retorno a Chapecó será na segunda-feira.

Coluna Fernando Doesse.16.12.09.

quarta-feira, dezembro 16th, 2009

Imbitumbado 

O Imbituba se imbitumbou. Sem dinheiro para encarar o Campeonato Catarinense o Imbituba/CFZ ameaça não disputar o certame de 2010. Subiu com méritos, mas pode abandonar a principal competição do nosso futebol miseravelmente. Sinceramente não acredito que a ameaça se torne realidade. Parece-me mais uma estratégia de pressão. Ligaram até pro Zico na Turquia para pedir ajuda, mas este teria dito que tal ato está fora de questão. Mas que diabos de parceria é esta que aquele tem dinheiro não mete a mão no bolso? O Imbituba está entre a cruz e a espada. Se for quebra. Se sair faz fiasco e pode ser até punido. O prefeito de lá já disse que não ajuda. Complicado. 
 

Amistosos 

Três amistosos, um em Ijuí  e dois em Santa Cruz marcarão a passagem da Chapecoense pelo RS nesta preparação para o Catarinão 2010. Bons testes sem duvida. Mas o elenco não está pronto. Faltam peças importantes para reforçar o grupo. Os técnicos gostam destes amistosos fora de casa para afastar a equipe de possíveis pressões.

O elenco hoje tem:

Goleiros: Nivaldo, Ricardo, Juliano e Luiz Carlos.

Zagueiros: Willian Amaral, Rafael Morisco, Anelka, Silvio Bido, Filipe, Helton  e Groli.

Ala/lateral-direito: Charles.

Ala/lateral-esquerdo: Aelson, Badé, Cleverson e Volnei.

Volantes: Cadú Gaúcho, Basílio, Luís André, Emerson Cris, Steve, Wilsinho e Baiano.

Meias: Neném, Sagaz e Marcus Vinicius.

Atacantes: Waldison, Tuto, Rafael Santiago, Cadú Mineiro, Fabinho e Lucas.

   

Ou seja, um elenco numeroso, porém de qualidade duvidosa. Estamos bem no gol, na zaga, volantes e ala esquerda. Preocupa a ala direita, a armação de meio e o ataque. Para ficar bom falta muito.  
 

E a velocidade? 

O Automóvel Clube de Chapecó tem nova diretoria.

Pouco importa a mudança se com ela não vier uma reforma no rumo da entidade e de uma vez por todas a construção de um autódromo de verdade que possa abrigar grandes eventos. Mas Chapecó gosta mesmo de velocidade? Chapecó  quer um autódromo moderno?

Pelas últimas demonstrações parece que as respostas são negativas. Somente com a união de todos os sócios da entidade algo de novo poderá acontecer. Caso contrário fica só a maquete.  
 

Skate 

A pista de skate de Chapecó  já deu o que falar.

Resgatando as informações neste final de ano lembrei-me da pista. Primeiro ela seria implantada no Passo dos Fortes. Seria, porque os moradores se rebelaram e derrubaram o projeto. Depois anunciaram que a implantação aconteceria no Complexo Esportivo Verdão.

Aconteceu? Gostaria de alguma resposta sobre o assunto.

Trata-se de um esporte muito legal, mas que aqui em Chapecó sofre com o preconceito.