UnoChapecó é bicampeã da Liga Futsal Feminina

A maquina de titulos comemora.

A maquina de titulos comemora.

 

A UnoChapecó/NTozzo/Female/PMC é bicampeã da Liga Futsal Feminina. O time chapecoense chegou ao título depois de vencer o Jaguaré/Palmeiras/Osasco pelo placar de 5 a 0, no segundo jogo da final, ocorrido na noite de terça-feira (15/12), no ginásio do SESC, em Chapecó.

Com a vitória as chapecoenses fecharam os dois jogos da final da Liga Futsal 2009 com duas vitórias em dois jogos. No ano passado a equipe comandada pelo técnico Éder Popiolski chegou ao seu primeiro título na principal competição do salonismo feminino no Brasil ao vencer o arquirrival Kindermann/UNC/Caçador.

A partida começou acesa e com muita movimentação de ambos os lados. A UnoChapecó pressionava em busca da abertura do placar, mas a equipe do Jaguaré buscava se defender com força e segurança, além de buscar o contra-golpe em erros eventuais que as chapecoenses pudessem cometer.

O confronto era nervoso e os erros de passes eram constantes, pelos dois lados. O placar parecia longe de ser aberto, mas depois de uma rápida tabela entre Paca e Vanessa, a última apareceu livre diante de Catiele para marcar o primeiro gol da UnoChapecó na partida.

O Palmeiras foi para o ataque atrás do empate, mas encontrava muitas dificuldades para transpor a marcação catarinense. Além disso, todo cuidado era pouco para as paulistanas, que tinham nos contra-ataques das chapecoenses seu maior perigo no primeiro tempo de jogo.

Fabi recebeu o segundo cartão amarelo depois de cometer uma falta e acabou sendo excluída da partida. O Palmeiras tinha que se segurar durante dois minutos de jogo com uma atleta a menos. Bravamente o time do técnico Jacy Silveira se defendeu bem e não correu riscos.

No segundo tempo a equipe da casa continuou levando perigo ao gol paulista. A pressão foi grande e, depois de algumas tentativas por parte da UnoChapecó, o time dirigido por Éder Popiolski chegou ao seu segundo gol. Vanessa recebeu passe pela direita de ataque e serviu Tampa que bateu rasteiro para marcar o segundo tento.

O terceiro gol veio depois, por meio de Cely, que recebeu passe no ataque e bateu forte para marcar. Com Sâmia atuando como goleira-linha, a equipe palmeirense foi toda para o ataque em busca da reação. Os espaços de sua defesa ficaram abertos e o time catarinense fechou a contagem com gols de Vanessa, em duas oportunidades.

Fonte: Site Liga Futsal.

Deixe um comentario