Coluna Fernando Doesse. 23.12.09.

Na frente

É inegável que a Chapecoense está na frente dos demais times da elite de SC na sua preparação. Além de manter grande parte do elenco da Série D contratou e todos já estão trabalhando. Certamente teremos uma vantagem na largada, principalmente no que se refere à preparação física. A pré temporada está confirmada para a cidade de Ita, que oferece excelente infra-estrutura hoteleira e o grupo terá tempo para treinar, fazer dois amistosos em janeiro e estreitar o relacionamento interno que é sempre importante. 

A Chapecoense larga na frente e se isto se refletir dentro de campo não deve deixar escapar a oportunidade de render tudo o que pode e já confirmar conquistas no primeiro turno. Teoria, mas ela existe.

 Acreditar

Em contatos mantidos neste final de ano com empresários de Chapecó que investem em futebol notei neles uma fé muito grande em um ano destacado da Chapecoense. Trata-se de uma grande noticia já que é desta turma que sai boa parte do apoio financeiro para bancar os investimentos.

A Chapecoense que hoje está sendo tocada por um grupo de empresários de Chapecó encontra na sua classe o apoio necessário para, mesmo com dificuldades, tocar este projeto vitorioso. Credibilidade é a palavra de ordem.     

 Gramado da Arena

 Tema de debates e de criticas o gramado da Arena deverá passar por melhoras. Aliás, já está passando.

Foi contratada a empresa do Sr. Vilizeu Curtarelli para o replantio da grama e para leivar as partes novas. Segundo me disse ontem à tarde o Secretário de Serviços Urbanos de Chapecó, Valmor Scolari, o Prefeito João Rodrigues pediu pressa no serviço.

Não poderemos exigir muito já que o gramado está muito comprometido. Melhorias nas casamatas também serão feitas com a instalação de estruturas em acrílico. Só pode melhorar, piorar é impossível.

 Chapecoense na quadra

 Hoje a noite (20:15) no ginásio do SESC a Chapecoense Futsal enfrenta Ibirama pelo estadual da 1ª divisão e com uma vitória carimba passaporte para a Divisão Especial de 2010 e volta pela porta da frente a elite catarinense.

Quando começou o campeonato fiz aqui uma critica que esperava que não fosse este apenas um projeto político. A política esteve e está presente em nosso futsal e isso é inegável, mas dentro de quadra a equipe está dando sua resposta e vai sim conseguir voltar ao lugar de onde jamais deveria ter saído.

Com as dificuldades de um orçamento apertado e um campeonato que vergonhosamente parou por três meses os comandados de Agnaldo Pereira estão mostrando raça e qualidade. Ao presidente Diógenes Lang o reconhecimento aos objetivos alcançados. Na hora da critica a critica, na hora de elogiar é preponderante reconhecer a virtude daqueles que lutaram por um projeto e chegaram lá. A modalidade superou expectativas e merece aplausos. A Rádio Chapecó AM transmite o jogo hoje à noite.    

Feliz Natal!

Deixe um comentario