Divagando sobre a rodada e outros temas

O reencontro

Avaí e Chapecoense reeditam a final de 2009 neste sábado na Ressacada. O panorama para ambos mudou para melhor e provaram que a final de 2009 foi justa já que as duas equipes tiveram um segundo semestre muito bom e evoluíram. O Avaí chegou a primeira e a Chapecoense a terceira divisão. Exemplos de clubes que se planejaram e

focaram claramente aquilo que almejavam. Teremos um grande jogo neste sábado na Ressacada.

Escalação

Nivaldo, João Rodrigo, Silvio Bido, Anelka, Morisco e Badé, Cadú Gaúcho e Luiz André, Mazinho, Tuto e Waldson.

Tuto deve voltar após a expulsão para emprestar sua qualidade ao ataque. William Amaral deve esperar mais um pouco para voltar, mas se entrar só entra na vaga de Anelka. De resto à equipe está fechada. Mauro Ovelha tem boas possibilidades de escolha.

Largaram de mão

O site oficial da Chapecoense está abandonado há dias!

Último resultado é o do amistoso de Erechim.

O departamento de marketing está realizando algumas ações muito inteligentes, mas deixa a desejar neste potente meio de comunicação.

A loja virtual ainda não disponibilizou a nova camiseta.

E por mais que tenha sido um ídolo e goleador aqui na Chapecoense utilizar a imagem de Bruno Cazarine não está correto. Que se valorize aqueles que aqui estão.

Prates no JEC

César Prates é do Joinville. Experiente e sempre tido como muito melhor do que realmente é César Prates desembarca na Manchester Catarinense para mais um desafio. Este moço tem uma história interessante. Seu procurador era um conhecido jornalista de Porto Alegre, há muitos anos radicado no Rio de Janeiro. Ele é compadre do presidente da CBF, Ricardo Teixeira. César Prates estava no Inter e a Seleção Brasileira faria alguns amistosos na Europa.

Amistosos para arrecadar dinheiro. A pedido do procurador e por ordem do poderoso mandatário do nosso futebol ele foi chamado. Logo depois foi vendido ao futebol europeu com uma super valorização. César Prates na Seleção Brasileira era e continua sendo uma piada.

Mais uma contratação bombástica do futebol catarinense. Recentemente ele atuou no Figueirense.    

Crise sem precedentes

A crise que afeta o Criciúma é muito forte.

Com um campeonato em andamento o clube perde o técnico e o presidente em uma semana. O Tigre está perdido em uma selva de problemas que tem sua origem no caixa. O Criciúma deixou de ser um bom pagador.

Cuidado para não descer para o segunda divisão no estadual. Sobrou só a camiseta e o passado de glórias.

Um comentario para “Divagando sobre a rodada e outros temas”

  1. diogo disse:

    Olá Fernando,
    só um detalhe, vc escalou duas vezes o Luiz andre. hehhee
    Parabens pelo blog.
    Abraço

Deixe um comentario