Inicia oficialmente movimento para termos 12 clubes no Campeonato Catarinense de 2011.

 

Recebi na tarde de ontem um e-mail distribuído pela assessoria de imprensa da Havan e assinado pelo empresário Luciano Hang, presidente da empresa e patrocinador do Brusque Futebol Clube. Leia com atenção.

 

 

Luciano Hang inicia campanha.

Luciano Hang inicia campanha.

                                              Pela democratização do Campeonato Catarinense de Futebol

Sou torcedor e apoiador do Brusque Futebol Clube, mas antes de tudo, um entusiasta do esporte e admirador do incansável trabalho dos dirigentes de todos os clubes para manter suas equipes em campo, independente do nível de disputa.

Acompanho o Campeonato Catarinense e percebo como a participação de um time na Divisão Principal traz benefícios, não só para o próprio clube, mas também para a cidade que ele representa, para as empresas que o patrocinam, para o torcedor, para a mídia e, porque não dizer, para o próprio futebol.

Alguns dirigentes e representantes da imprensa especializada têm defendido a abertura do Campeonato a partir de 2011, para torná-lo mais democrático e equilibrado. Eu me uno a eles e manifesto opinião favorável a que a Divisão Especial volte a ter 12 times ao invés de 10 (já teve 14, no passado). E sugiro que a Federação Catarinense de Futebol reavalie os critérios de acesso, passando a rebaixar apenas o lanterna e a subir somente o campeão da Segunda Divisão, valorizando mais os méritos das equipes, nos dois casos.

Abrir o leque vai favorecer a diversificação. Teremos mais times com diferentes perfis e qualidades, com mais oportunidades de jogos, equilibrando assim as disputas. Com isso o campeonato se tornará mais competitivo e mais justo para todos. Hoje a competição está seletiva. Poucas rodadas definem o resultado final e depois disso a maioria das equipes acaba sem compromissos de jogos, desperdiçando todo o investimento e o esforço para chegar até ali.

Eu vejo o futebol também como uma atividade social, que envolve as comunidades e cria oportunidades. Temos em Santa Catarina pelo menos uma dezena de clubes que poderiam estar disputando a primeira divisão, divulgando os nomes de suas cidades, mas que hoje permanecem marginalizados pelo regulamento. Se estivessem na tabela principal teriam mais apoio de seus municípios e de bons patrocinadores, proporcionariam mais espetáculos para as torcidas e movimentariam também a mídia de suas cidades. E todos ganhariam com isso.

Estamos no ano da Copa do Mundo e mais em evidência do que nunca, com a realização da Copa no Brasil em 2014. Portanto, é hora de investirmos para enriquecer o futebol brasileiro. Cada Estado fazendo a sua parte. Em Santa Catarina, um bom começo seria valorizar o esforço dos clubes, colocando suas equipes em campo, sob os holofotes e os aplausos de suas torcidas.

Aos que compartilham da mesma opinião, fico a disposição para colocar o assunto em debate e defender uma campanha em favor da democratização do Campeonato Catarinense de Futebol.

 

Luciano Hang

 

Empresário e patrocinador do Brusque Futebol Clube

Salvação da Chapecoense pode chagar por outra via

Este texto assinado pelo empresário Luciano Hang terá forte peso em uma futura tomada de decisão. Quando um dos maiores empresários do Brasil sai em defesa de uma idéia ela certamente ganhará eco. Luciano externa sua opinião em um momento crucial do Campeonato Catarinense, justamente quando a Chapecoense duela com seu Brusque, com muita inferioridade na matemática do jogo, pela fuga do rebaixamento. O assunto pode ganhar conotação de virada de mesa olhando pela brevidade na colocação em prática da mesma. Fosse deste ano para 2013 seria diferente. Quem sabe será este o entrave.

Pode estar aí à salvação da Chapecoense. Com mais de 90% de chances de ser rebaixada à diretoria que trate de mexer com suas bases e a tratar deste assunto com a importância que ele merece. Luciano Hang, do alto de sua importância como empresário e patrocinador do esporte, já deu o ponta pé inicial.

8 comentarios para “Inicia oficialmente movimento para termos 12 clubes no Campeonato Catarinense de 2011.”

  1. Rodrigo disse:

    Olha eu tenho certeza, que o campeonato catarinense tem que ter novamente 12 clubes na disputa pelo titulo.
    Vai ser melhor pra SC, para os clubes, e até para as cidades!!!!!!
    Fernando e o que aconteceu com essa discussão para voltar a ter 12 clubes?

  2. fernando disse:

    Rodrigo. Colocar 12 clubes agora fere o Estatuto do Torcedor. Mas, concordo que este seria o numero ideal.

  3. marcelo disse:

    nnnnn

  4. marcelo disse:

    nao importa se sao 12 ou 50 clubes sempreiram prejudicar a chapecoense.federaçao vergonha!!!!!!

  5. rodrigo disse:

    federação catarinense é um vergonha

  6. cesar disse:

    Bem
    com10 ou 12 o figueira vai ser campeão mesmo
    deixa a chapecoada chorar

  7. rafael disse:

    Chapecoence e outros ai fikam chorando por campeonato catarinense

    Eu mi enporto por outro campeonato

    Brasileirão serie A

    Figuera !!!

  8. Jean disse:

    Sou Avaiano, fico triste pelos times que não participarão do Catarinense.
    Nós Avaianos somos diferentes e pensamos assim, por isso nossa torcida é a Maior do estado tem que respeitar!
    Recado dado aos nosso rival também da capital.

    abraços,
    Jean

Deixe um comentario