Debate esquenta em torno da “virada de mesa”

Sassá Mutema.

Sassá Mutema.

A proposta de termos 12 clubes na primeira divisão de SC em 2011, apresentada pelo empresário Luciano Hang, presidente da Havan, sacode os debates esportivos no estado. Polêmica para sacudir o marasmo. A turma que acha a iniciativa uma vergonha é a mais numerosa. Os que defendem estão mais quietos, porém, tem muito mais poder de encaminhar a decisão. O assunto vai render muito ainda.

Sou contrário a toda e qualquer virada de mesa, mas também sou favorável ao aumento no número de clubes na elite do futebol catarinense. Contraditório? Com certeza!

Mas podem ter a certeza de que teremos o aumento de clubes já no ano que vem. A mesa será virada com certeza. A proposta é muito forte e já tem a adesão de muitas figuras importantes do nosso futebol.

A verdade é uma só. Vamos ter um debate acalorado, nossos dirigentes serão desmoralizados por muitos e a birra toda durará uns 15 dias, depois passa e em 2011 todos serão felizes com 12 clubes na primeira divisão. Pode escrever.

2 comentarios para “Debate esquenta em torno da “virada de mesa””

  1. silvio Sz disse:

    Fernando, já era a hora de aumentar o numero de clubes em SC.
    Eu ate acho que o numero bom seriam 14 clubes.
    Independentemente de quem seria rebaixado, o aumento para 12 é justo.
    Entao pedimos as personalidades do futebol aqui em Chapecó, que se mexam.
    E espero que em 2011, sejam esses 10 que estao disputando agora e mais 2 que sobem da segundona.
    Teremos um otimo campeonato ano que vem.

  2. Tereza Cristina disse:

    Gostei da idéia.
    Acredito que seria bom e quem sabe daria mais força a esta modalidade de esporte, mais clubes, mais patrocínio.
    Independente dos critérios que poderiam ser adotados para a seleção, ficaríamos torcendo para ver a Chapecoense de volta.

    Teríamos novas emoções em 2011

Deixe um comentario