Arquivo para março, 2010

“Falta um líder para esta equipe”

segunda-feira, março 22nd, 2010
Cadú Gaúcho faz muita falta.

Cadú Gaúcho faz muita falta.

A frase foi cunhada pelo técnico da Chapecoense Guilherme Macuglia. Ele está coberto de razão.

Com as lesões de Cadú Gaúcho e Nivaldo a Chapecoense ficou sem um capitão que realmente mereça carregar a braçadeira. Mais um reflexo desta temporada que inicia da pior forma possível.

Macuglia detectou também que o elenco não é homogêneo. Para o técnico existem os verdes, os assustados, os descomprometidos e os com comprometimento. Lamentavelmente os que querem realmente alguma coisa são poucos.

Será que estes que não estão nem aí para o futuro da Chapecoense não enxergam que estão detonando suas carreiras e fechando portas? Acredito que não.

Profissional que não respeita um bom salário e não prima por sua imagem deve se lascar mesmo! Lamentável que alguns estão arrastando a Chapecoense para o buraco da segunda divisão estadual.

Brusque mobilizada para a batalha do rebaixamento

quinta-feira, março 18th, 2010

Estádio Augusto Bauer.

 

O estádio Augusto Bauer vai se transformar em um barril de pólvora na tarde do próximo domingo.

Brusque x Chapecoense está mais carregado de responsabilidade do que uma final de campeonato. Estas brigas pelo rebaixamento já renderam até filme. Os gremistas conhecem bem este assunto.

O estádio é acanhado e deve estar repleto de torcedores.

No Augusto Bauer tudo é perto. A pressão é quem sabe a mais forte entre todos os estádios que temos no Campeonato Catarinense. A arbitragem terá o comando de Célio Amorim. Escapamos de Jefferson Schmidt que estava no sorteio. Ingressos mais baratos e muita mobilização da cidade em torno deste jogo. È Copa do Mundo!

Um ano para ser esquecido

quinta-feira, março 18th, 2010
Quando a fase é ruim...

Quando a fase é ruim...

Tuto, por força de seu trabalho e de seu bom futebol, está muito bem situado financeiramente. Rodou o mundo, ganhou dinheiro e soube aplicar. Merece.

Mas a vida de jogador de futebol é feita de fases e Tuto vive quem sabe a sua pior. O futebol não apareceu na Chapecoense e agora para completar surge uma grave lesão. No treino de terça-feira à tarde seu joelho esquerdo foi detonado. Ligamentos e meniscos foram para o espaço. Vai para a mesa de cirurgia na segunda-feira e deve ficar no estaleiro por no mínimo seis meses. A temporada está definitivamente comprometida. Fico tocado ao ver um profissional limitado ou impossibilitado de exercer sua função. Menos mal que Tuto já fez seu pé de meia, mas ele como qualquer outro quer é jogar. Para a Chapecoense uma carga pesada já que Tuto foi um dos maiores investimentos para este ano. Tuto não terá saudades deste ano.

Macuglia deve repetir time em Brusque

quinta-feira, março 18th, 2010
Olho nele!

Olho nele!

Depois de muito tempo um técnico conseguirá repetir uma escalação na Chapecoense. A probabilidade é que Guilherme Macuglia leve a campo no domingo frente ao Brusque a mesma equipe que iniciou o jogo e venceu o Atlético-MG na quarta-feira. Uma novidade que colabora muito para dissipar a nuvem da crise que encobre a Arena Condá desde o inicio da temporada. O esquema 3-5-2 volta a ser o ideal e acima de tudo Macuglia buscará a manutenção do equilíbrio desejado. Jogando como jogou na quarta-feira a Chapecoense tem todas as condições de sair de Brusque com uma vitória.

Como a simplificação é a palavra de ordem à manutenção da escalação vem de encontro a este planejamento e esta visão de jogo.

Macuglia ficou muito impressionado com a movimentação ofensiva do atacante Pantico do Brusque, Certamente o baixinho vai receber uma atenção especial.

Os dois times jogarão pressionados e quem for menos afoito leva a melhor. Esta vitória da Chapecoense sobre o Galo mineiro deixou muita gente preocupada em Brusque.

Desenterraram a macumba!

terça-feira, março 16th, 2010

Atrás do gol da ala norte retiraram uma vela vermelha, das grossas, com uma fita vermelha amarrada.

Macumba gritaram! O fato aconteceu na manhã de ontem (16). Mas era macumba para o bem ou para o mal?

Após rápida pesquisa com quem entende do assunto o Mario Tomasi descobriu que se trata de uma macumba maligna já que a tal da fita estava amarrada.

Macumba desenterrada. Sarava!

No papel até que é bom. Mas e na prática?

terça-feira, março 16th, 2010

Chapecoense modelo Macuglia para enfrentar o Atlético-MG: Ricardo, Sagaz, Anelka, Filipe, Silvio Bido e Badé, William Paulista e Luiz André, Luciano Ratinho, Waldison e Bruno Cazarine. No papel é bom, mas resta saber se dentro de campo terão forças para encarar o Galo mineiro. Anelka está voltando. Badé jogará pressionado. Luiz André terá de mostrar regularidade. Waldison terá de esquecer o ciúme que tem de Cazarine. Bido terá de parar de pisar na bola e Filipe terá que buscar um melhor posicionamento. Grandes desafios para Macuglia montar esta receita com os ingredientes que tem, mas com alguns itens com validade vencida.

Noite para inaugurar a ala norte da Arena

terça-feira, março 16th, 2010
Que beleza!

Que beleza!

O prefeito João Rodrigues prometeu e estará entregando nesta noite a ala norte da Arena Condá. Espaço para mais 2.400 pessoas. Governador Luiz Henrique estará aqui para abraçar Chapecó e seu amigo João. A obra é uma parceria entre Chapecó e o Governo do Estado. Enquanto o time treinava em campo os operários trabalhavam forte no concreto. Se este time da Chapecoense tivesse a metade da garra dos operários que se revezam há vários dias em três turnos para terminar a obra estaríamos na ponta de cima tabela.

Tomara que este exemplo tenha sido visto por jogadores e alguns dirigentes. Mesmo porque o pior cego é aquele que não quer ver, já diria Léo Bernardi, amigo do Bordignon.  

A obra está maravilhosa. Estamos de parabéns.

Lavar roupa suja e dar as mãos. Tudo em nome de uma nova fase

terça-feira, março 16th, 2010
Queremos outro remédio.

Queremos outro remédio.

No vestiário os atletas se reuniram, somente eles, e lavaram a roupa suja. Dizem que quase trituraram o Steve depois que ele disse ao Tadeu Costa que “a verdade viria à tona em breve”. A conversa foi pesada em alguns momentos, mas alguns apostam que servirá para aparar arestas, acalmar ânimos e aplacar ciúmes que povoam a Arena já faz algum tempo. Tenho dúvidas quanto à eficácia desta iniciativa. Trabalhei em uma rádio em que uma vez o chefe resolveu fazer a mesma coisa e a moçada abriu o verbo. A reunião terminou na calçada em frente à emissora com uma briga homérica! De vaidade e ciúmes quem atua na imprensa entende do assunto. Que raça!

Depois resolveram puxar para a conversa integrantes de torcidas organizadas e do Gol da Chape para acalmar a arquibancada. Boa iniciativa que foi bem recebida e entendida pelos torcedores. Mas o que realmente vai acalmar a todos será uma atuação convincente nesta noite frente ao Atlético-MG e principalmente uma vitória em Brusque no domingo. Se as coisas derem errado nem um contêiner de Maracujina acalma este povo.

Esta extraí do Gol da Chape na manifestação do torcedor:

segunda-feira, março 15th, 2010

Putz!!!

Que coisa hein! Nós torcedores que vamos ao estádio assistir aos jogos de futebol, temos que enfrentar a Lei Seca, ou seja, sem cerveja.

Agora os jogadores de futebol da Chape, para eles não tem Lei Seca, é pura cervejada. Está tudo errado. Agora é poste mijando em cachorro.

E o supervisor do Verdao, não vê nada. Essa situação está acontecendo desde a pré temporada em Itá.

Lá que começou a operação para derrubar o Ovelha, e são aqueles cinco ou seis jogadores de sempre.

Silvio SZ.

Este Silvio não é fraco!

Torcedor soltou a voz em treino pesado

segunda-feira, março 15th, 2010

 

Vassoura neles!

Vassoura neles!

Nunca na história da Chapecoense um treino teve a presença dos torcedores vaiando o time e colocando faixas cobrando atitude do elenco. Mais um feito deste time medíocre da Chapecoense. A tarde foi de protesto na Arena Condá. Mesmo jogando um futebol comprometedor, Morisco, se achou no direito de encarar os torcedores e proferir a seguinte frase: – Torcedor juvenil! Foi vaiado e está marcado.

Tuto foi muito hostilizado juntamente com Badé. Coincidência?

Um fato que me chamou muito a atenção foi o isolamento do presidente Nei Maidana que estava sentado na casamata olhando o horizonte.

Da mesma forma se destaca o número de pessoas que não tem cargo na Chapecoense e que durante o treino estão dentro do gramado dando toda a sorte de palpites.

Fosse eu o Macuglica passava a vassoura nesta turma.