Impossível perder esta vaga

 

Ratinho. Fora por lesão.

Respeitar o adversário é inteligente e elegante, mas é preciso saber quando se é superior e tirar proveito da situação. Este é o caso da Chapecoense em comparação com o Brusque. Além de ter mais time a Chapecoense já construiu uma grande vantagem em casa ao vencer por 4×1 no jogo de ida. Com base nestas minhas crenças acredito que só um milagre muda esta situação e a Chapecoense vai mesmo decidir o turno.

Luciano Ratinho está fora do jogo por força de uma lesão no ombro. Waldison que era duvida viajou. A mudança deve ser à entrada de Neném na meia e se Waldison voltar a sentir algum desconforto Waldir vai pro jogo.

O Brusque terá de se jogar ao ataque já que precisa fazer três gols de diferença. Aí que entra a estratégia de Guilherme Macuglia. Vai receber forte pressão, mas dificilmente fica sem marcar. Um jogo para ser administrado pela Chapecoense que já carregou o Brusque de responsabilidade. Jogo para completar a tabela.

Deixe um comentario