Um domingo para decisões dentro e fora de campo

 

Este jogo entre Criciúma e Chapecoense na tarde de domingo no Eriberto Hülse pode ser emblemático para o restante da temporada.

Guilherme Macuglia somente sai do cargo se a Chapecoense aprontar mais uma das suas e for goleada inapelavelmente pelo Tigre. Caso contrário acredito em permanência. Não sou de defender este ou aquele técnico, mas acredito que Guilherme Macuglia pode sim realizar um trabalho a contento na Série C. Impressões a parte a Chapecoense terá de decidir na segunda-feira, em caso de desclassificação, se permanece a comissão técnica ou não. Estamos a um mês da estréia na Série C. Dentro da diretoria o assunto está sendo tratado com maturidade e as cobranças estão sendo feitas de forma profissional e direta a quem interessar possa. O que tenho notado são aquelas pessoas vivem próximas dos comandantes da Chapecoense e que também dão seus palpites e muitos deles querem ver Macuglia pelas costas. Estes palpites contrários somente terão efeito em caso de um desastre no Sul do Estado.

Estou com um sentimento de que domingo quem vai chorar a derrota é o bom técnico Argel Fucks, e por lá sim, as coisas poderão balançar, como já andaram balançando há alguns dias atrás. Torço por Guilherme Macuglia e conseqüentemente torço pela Chapecoense. Querer sua desgraça é desejar o mal para a própria Chapecoense.

E somente torço por Macuglia por que sei que ele pode realizar um trabalho de qualidade.

2 comentarios para “Um domingo para decisões dentro e fora de campo”

  1. Mikon disse:

    E agora Fernando? O que faremos? Demitir o técnico ou apostar nele novamente? Eu sinceramente não sei, neste ano não espero mais nada do nosso verdão, infelizmente.

  2. fernando disse:

    Olhando o mercado de treinadores não consigo ver ninguém melhor no momento. Se for um técnico acima de R$ 50 mil até vale a troca. Na mesma faixa não adianta.

Deixe um comentario