Arquivo para outubro, 2010

Os bastidores de uma decisão

domingo, outubro 31st, 2010

No sábado pela manhã houve a reunião entre o grupo de colaboradores que toca a Chapecoense. Este encontro determinou o retorno de Mauro Ovelha ao comando técnico do Verdão e encaminhou os próximos passos na área politica da associação.

Nos bastidores muita coisa aconteceu.

Primeiro sobre a escolha de Mauro Ovelha. Izair Gambatto se empenhou muito para que o nome de Ovelha fosse aprovado.

Outro nome, Juceli dos Santos, foi apresentado e desta forma a maneira para escolher foi no voto. Dos presentes 10 votaram. Placar: Mauro Ovelha 6×4 Juceli dos Santos. O placar apertado mostra que sequer dentro do grupo de comando o nome de Ovelha é unanimidade. Pesou a força de Izair Gambatto nesta hora. Na tarde de sábado conversei com um dos integrantes do grupo que votou contra a volta de Mauro Ovelha e este me disse que mesmo contrário ao retorno acata a decisão da maioria e seguirá colaborando e apoiando as iniciativas do grupo.

A saída de Mauro Ovelha no inicio da temporada jamais foi digerida por Izair Gambatto. Nitidamente contrariado a época, se recolheu e aceitou a decisão do grupo. Pois agora, com nove meses de espera, falou mais alto e faz retornar aquele em que deposita sua confiança.

Quanto ao setor politico muito ainda precisa ser definido até a eleição do dia 10. Nome fechado para a presidência ainda não existe. Seis nomes teriam indicação do grupo. Para o Conselho Deliberativo o nome é do empresário Gilson Vivian.

Outra que fiquei sabendo diz respeito a saída de Ivan Tozzo da Diretoria Financeira da Chapecoense. Seguirá colaborando, mas sem cargo de diretoria.

Aqueles que estiveram na reunião e com alguns que falei, foram enfáticos ao destacar a vontade e a animação que o empresário Izair Gambatto está apresentando para tocar a temporada 2011 na Chapecoense. Sua primeira vitória foi trazer Mauro Ovelha de volta. Agora ele vai investir no Centro de Treinamentos e comandar, com Ovelha e Cadú Gaúcho, a montagem da equipe.

Até a bola rolar teremos momentos de turbulência entre os nomes citados e os torcedores. Somente os resultados positivos poderão mudar o quadro. Sem eles o clima será de guerra permanente.

Izair Gambatto está pagando pra ver.

Confirmado. Mauro Ovelha é o escolhido na Chapecoense

sábado, outubro 30th, 2010

A duas semanas, aqui no blog e na coluna do Voz do Oeste tenho insistido que Mauro Ovelha era o primeiro nome da lista para assumir o comando técnico da Chapecoense.

Na reunião de hoje pela manhã o colegiado que comenda a Chapecoense confirmou que Mauro Ovelha volta para a temporada 2011. Joceli dos Santos também estava indicado, mas pesou a amizade de Ovelha com alguns integrantes da comissão.

Para o Conselho Deliberativo será indicado o nome de Gilson Vivian, Para a presidência da Chapecoense seis nomes serão indicados, mas nenhum foi revelado até o momento.

De concreto temos o retorno de Mauro Ovelha. O debate vai esquentar entre os torcedores e certamente teremos protestos na Arena.

Quando o sábado chegar

quinta-feira, outubro 28th, 2010

Sábado, 30 de outubro, data confirmada pela atual diretoria da Chapecoense para definir uma série de questões visando à temporada 2011.

O que já está certo: Dia 10 de novembro estão confirmadas as Assembléias Gerais Ordinárias para as escolhas dos presidentes da Chapecoense e do Conselho Deliberativo. O local será o salão de festas do CRC.

O que vai ser decido na reunião de sábado: Estarão reunidos os integrantes da comissão de notáveis que estão tocando a Chapecoense e mais o Diretor de Futebol Cadú Gaúcho. Segundo informações que recebi, três nomes compõe uma lista de técnicos. Um será escolhido.

O percentual de chance de Mauro Ovelha ser o nome escolhido alcançava hoje a cotação de 90% segundo a sempre atuante Rádio Corredor.

O anuncio já aconteceria na segunda-feira, mesmo existindo informações de que o nome seria confirmado apenas após a realização das assembléias.

Nesta reunião também deverá sair o nome de consenso a ser apresentado para a assembléia para que não se corra o risco de chegar na hora do voto e termos um impasse sendo criado que sempre desmobiliza.

Sábado é o dia.

Chapecoense entra no ritmo das pesquisas

terça-feira, outubro 26th, 2010

Vivemos a última semana da campanha eleitoral para a Presidência da República (graças a Deus!) e o que mais se houve nesta época é sobre os resultados das pesquisas que tentam antecipar um resultado ou mostrar uma tendência.

Faz parte do esquema político.

Na Chapecoense esta ferramenta (pesquisa) também está sendo utilizada. Nada cientifico ou muito elaborado, apenas uma consulta no boca a boca, no olho no olho.

A pergunta é: – O que você acha de Mauro Ovelha retornar ao comando técnico da Chapecoense?

Simples e direto como deve ser. Tive acesso apenas ao questionamento e não a resultados parciais do levantamento. O que realmente importa é que a pergunta está sendo feita e servirá de base para uma possível volta de Mauro Ovelha para a Chapecoense.

Como fiquei sabendo? Uma fonte ouviu um grupo de quatro torcedores sendo questionado por um alto colaborador da Chapecoense.

No momento da pergunta, segundo a fonte, todos disseram sim a sua volta.

Mauro Ovelha é o primeiro da lista. Depois dele tem mais três. Acerto mesmo somente na semana que vem. Uma reunião deve definir o quadro no final de semana.

Depois da campanha, depois do carnaval, depois…

terça-feira, outubro 26th, 2010

Protelar decisões faz parte da cultura brasileira.

Vivemos o calor da campanha política para a escolha do ou da Presidente. Depois ainda tem a ressacada da vitória e da derrota. Meu alvo na busca de novidades é quanto à troca do gramado da Arena Condá. Além do dinheiro é preciso tempo hábil para realizar a obra. O prazo está espirando. Quanto aos recursos na há garantias. O poder público de Chapecó deve se pronunciar sobre o assunto apenas depois da campanha.

O importante que a vontade existe e um projeto já está rascunhado. Estamos entrando em novembro. Dezembro inicia a preparação da Chapecoense visando à temporada 2011. Dia 16 de janeiro a bola rola para o Campeonato Catarinense. Se a troca acontecer a Chapecoense terá de jogar fora de Chapecó por um tempo. Jogaria em Xanxerê? Tudo isso precisa ser planejado com tempo e organização para não comprometer o investimento.

O tempo urge! O depois pode ser fatal para o projeto.

Mais sobre Argel Fucks

segunda-feira, outubro 25th, 2010

O relacionamento entre Argel Fucks e 99% da diretoria do Criciúma é o pior possível. No Conselho Deliberativo não é diferente. Quando estive em Criciúma pela última vez ouvi muitas reclamações. Primeiro mandaram reformar o ônibus do clube, gastaram um bom dinheiro, mas Argel solicitou aluguel de outro veículo. Foi atendido. A direção pretendia utilizar os alojamentos do Heriberto Hülse para as concentrações. Argel disse não. O time concentrava em hotéis. Argel levou para Criciúma seu segurança particular. Muitos compararam a situação do empresário e milionário Antenor Angeloni que mesmo rico e influente não utiliza seguranças. Argel não é de meias palavras e justamente por falar o que pensa acaba por criar animosidades.

Com a imprensa o relacionamento já azedou na primeira semana.

Quem banca a permanência de Argel Fucks até aqui é Antenor Angeloni. Como ele é o provedor desta retomada e reorganização do Criciúma, manda quem pode e obedece quem precisa. Argel levou o Criciúma para a Série B e merece os elogios, mas nada impede que ele cresça como pessoa e aprenda a se relacionar melhor. Uma ligação para Celso Roth para saber quem foi à psicóloga que lhe poliu seria interessante. Argel, assim como Roth, só ganharia.

Foto: Blog Carlos Alberto Fiorenza.

Argel Fucks na Chapecoense

segunda-feira, outubro 25th, 2010

Com a declaração de Argel Fucks de que deixará o Criciúma após fechar sua participação na Série C aumentaram os comentários sobre uma possível contratação deste profissional pela Chapecoense.

Conta a favor desta contratação a amizade entre Argel e o presidente de honra da Chapecoense, João Rodrigues. Houve inclusive um contato entre as parte quando da saída de Mauro Ovelha. Argel encerrou contrato com o São José de Porto Alegre e após este período houve uma demora para novo contato. Argel acabou fechando com o Criciúma. Se João Rodrigues, após o período eleitoral, voltar a atuar junto à diretoria da Chapecoense eu acredito na possibilidade, caso contrário não.

Outro fato que deve ser levado em consideração é o de que Argel fez o Criciúma subir de divisão nacional e seu nome está valorizado no mercado. Ele toparia ficar em SC e encarar mais uma vez a Série C quando poderia atuar no mínimo em uma equipe de Série B e com isso ter forte visibilidade sobre seu trabalho? Difícil.

Outro fator a ser lembrado é seu salário. Argel deve ser mais caro hoje do que à Chapecoense pretende pagar na próxima temporada. Alguém ajudaria a bancar a contratação?

Foto: futebol interior.

Coletiva com poucas novidades

sexta-feira, outubro 22nd, 2010

Hoje à tarde o Diretor de Futebol da Chapecoense, Cadú Gaúcho, foi sabatinado pela imprensa esportiva de Chapecó em mais uma entrevista coletiva.

Poucas novidades. A principal delas diz respeito que no próximo dia 10 de novembro teremos eleições para escolha da nova diretoria executiva e a para a presidência do Conselho Deliberativo.

Hoje cerca de 40 conselheiros estão aptos a votar a ser votados. Alguns estão em débito com o clube e, portanto, estão fora do processo.

Quanto à contratação de um novo técnico nada existe de novo. Sequer contatos foram feitos, já que é preciso definir qual será o projeto de trabalho a ser oferecido para o novo profissional. Questões como investimento mensal, estrutura de trabalho e atletas que já estarão sendo disponibilizados deverão ser apresentados ao profissional a ser contratado para que ele possa avaliar se interessa ou não encarar o desafio.

Cadú Gaúcho disse que a foto da Chapecoense deve mudar cerca de 40% para 2011, o que é uma boa renovação.

Quanto ao perfil do técnico, Cadú gostaria de contar com um nome que conheça o mercado de SP para cima, ou seja, Mauro Ovelha e outros nomes citados estariam fora deste perfil. Muitas perguntas ficaram sem resposta.

Izair Gambatto fica, desde que…

quinta-feira, outubro 21st, 2010

O nome mais comentado no futebol profissional de Chapecó nos últimos anos é o de Izair Gambatto.

Amado ou odiado, não existe meio termo quando seu nome é apresentado para o debate.

Perguntei ao Gambatto: – O Senhor fica na Chapecoense em 2011? Resposta: – Depende. Se algumas atitudes que solicitei forem tomadas e algumas determinações forem seguidas eu fico, caso contrário, estou fora.

Estas determinações se referem à organização interna da Chapecoense e sua transformação em uma empresa de futebol, deixando de lado esta estrutura amadora e arcaica.

Senti também que somente farão parte do grupo aqueles que realmente estão sintonizados com projetos grandes para o futuro. Não haverá lugar para pessimistas e para aqueles que puxam o projeto para baixo. Ou seja, alguém terá de sair.  Gambatto não quer ser o presidente, mas quer ser, como já é, uma voz de comando na estrutura da entidade.

Com base na sua força e credibilidade junto ao empresariado de Chapecó e região é mais fácil sair da Arena a estatua do Índio Condá do que Izair Gambatto ficar fora do projeto.

Ovelha tem apoio para voltar para Chapecó

quarta-feira, outubro 20th, 2010

O nome mais falado para assumir o comando técnico da Chapecoense na temporada 2011 é o de Mauro Ovelha.

Sua demissão até hoje não foi absorvida por integrantes da diretoria e alguns colaboradores. Inegavelmente Mauro Ovelha tem fortes cabos eleitorais para defender seu retorno. Alguns entendem que Mauro Ovelha precisa ser contratado e ficar no mínimo uns três anos comandando a Chapecoense para colocar em prática um projeto que está na mente de alguns.

Se Mauro Ovelha retornar para a Chapecoense teremos uma torcida dividida. Acredito que as reclamações serão maiores do que os elogios, mas tem gente que prefere pagar pra ver. Com resultados positivos tudo se organiza.

E se não for Mauro Ovelha, quem poderia ser? Eis a questão. O mercado de técnicos de futebol, na faixa salarial da Chapecoense é bastante restrito em qualidade.

Nesta faixa de investimento Mauro Ovelha é um profissional acima da média.

Eu já sou defensor da idéia que a Chapecoense deveria investir em um técnico já em uma faixa salarial maior e com mais visibilidade nacional. Não cito nomes, apenas mostro um perfil. A idéia na Chapecoense é completamente outra. Diria mais. Mauro Ovelha só não volta se ele não quiser.