Arquivo para outubro, 2010

Obreiro de Deus

quarta-feira, outubro 20th, 2010

Recebemos na Radio Chapecó uma mensagem de um ouvinte que é no mínimo curiosa. Ele relatou que na tarde de sábado enquanto a Chapecoense jogava em Ituiutaba o zagueiro Rafael Morisco estava no bairro São Cristóvão trabalhando como ajudante de pedreiro na obra de sua igreja. Nada de errado, mas Morisco escolheu trabalhar justamente no horário do jogo, fato que mostra seu distanciamento da realidade atual da Chapecoense.

Morisco tem contrato até 2012. Está tranqüilo.

2011 já começou na Chapecoense

terça-feira, outubro 19th, 2010

O que já está certo na Chapecoense é a manutenção da cúpula diretiva que tocou e salvou o futebol nesta temporada. Para citar dois nomes destaco Izair Gambatto e Maninho De Nês. Cadú Gaúcho será o Diretor de Futebol.

O gramado da Arena será trocado por grama natural e a Chapecoense terá sim um CT novo através de um investimento privado. Haverá troca da comissão técnica. A nova comissão será contratada em meados de novembro, acredito. Uma folha de pagamento está vencida desde o dia 10 e será quitada quando dos acertos. Todos os prêmios estão quitados. Uma reunião que vai acontecer até sexta-feira determinará as questões políticas na escolha do novo presidente da entidade e do Conselho Deliberativo. 2011 já começou no Verdão.

 

Entre dúvidas e certezas

segunda-feira, outubro 18th, 2010

Cadú Gaúcho pensa no futuro

A Chapecoense vive a fase de definir quem fica e quem sai após o término de sua participação na Série C.

Toda a diretoria esteve reunida na tarde de hoje na sede junto a Arena.

Guilherme Macuglia está em Porto Alegre aguardando a decisão da diretoria. Da comissão técnica apenas o auxiliar Luiz Carlos está em Chapecó. Haverá troca de toda a comissão técnica para a temporada 2011, tenho certeza. Mesmo porque não existe mais clima para a manutenção.

Quatro atletas têm contratos até o ano que vem, são eles: Morisco, Grolli, Marcos Vinicius e Sagaz. Só não ficam por opção deles. Os demais, todos terão uma analise caso a caso, mas a mudança deve ser da ordem de 90%. Nivaldo tem a preferência para ficar, somente não fica se a nova comissão assim determinar.

Amanhã (19) a direção deverá se pronunciar oficialmente sobre as primeiras determinações.

Cadú Gaúcho será convidado a permanecer como Diretor do Futebol, porém, ele me disse hoje à tarde que ainda vai refletir sobre o caso. O primeiro a pedir liberação foi Eduardo Erê que vai se reapresentar ao Náutico e disse ele ter uma proposta da Espanha para defender o Bétis.

Depois de todos estes anúncios teremos a eleição da nova diretoria e do novo presidente do Conselho Deliberativo.

De hoje até o final do mês muitas decisões importantes serão conhecidas.   

Foto: goldachape.com

Dobrar a língua

domingo, outubro 17th, 2010

Começo este post com a frase de um “cronista esportivo” de Ituiutaba ao abrir sua transmissão no sábado à tarde no Estádio da Fazendinha: – Vamos dobrar a língua da crônica esportiva e da cidade de Chapecó!

Foi este clima que eu e outros colegas que estiveram em Ituiutaba encontramos. Só vi algo parecido quando ainda percorria os campos de futebol amador do RS.

Mas, voltamos todos inteiros para casa. Graças a Deus, depois de rodar 3.000 Km.

Quem ficou pelo caminho foi a Chapecoense. Viu o cavalo passar encilhado e deixou-o passar lotado. O Ituiutaba montou e saiu a galope para encontrar a Série B em 2011.

Mereceram. O Ituiutaba teve a gana de chegar lá que a Chapecoense não teve. Sobre qualidade técnica fica impossível analisar, pois ela simplesmente não entrou em campo, aqui e lá. Foram jogos horrorosos!

Nesta reta final a Chapecoense viveu indefinições que acabaram sendo fatais. Guilherme Macuglia mudou o esquema tático, a escalação e deixou de lado a experiência para apostar em um menino. Nada deu certo.

Improvisações foram impostas e se mostraram um desastre.

Esta perda da vaga para a Série B deve ser dividida entre todo o elenco e a comissão técnica. Culpar mais este ou aquele não é conveniente, mesmo já tendo alguns eleitos pelos torcedores.

Agora é a vez de a diretoria ser o centro das atenções. A hora é de mudança da foto deste elenco em mais de 95%. A comissão técnica será trocada. Este 2010 foi um ano muito complicado, com rebaixamento e volta no Catarinense, com uma Copa SC de altos e baixos e de nenhum resultado e finalmente com a perda do acesso para uma equipe que sequer tem estádio para atender as normas mínimas e custa 30% do que custou a Chapecoense.

A diretoria merece respaldo pelo esforço, mas à hora é de planejar, e muito bem, o ano de 2011. Muita coisa precisa mudar.

Repetir 2010 em 2011 é inaceitável. Foi um ano de humilhações e muitas explicações, mas que no final ainda saiu barato.

Deus e o futebol

quarta-feira, outubro 13th, 2010

Falar em Deus e na Palavra Divina é sempre positivo.

Quando guiamos nossos passos na palavra de Deus, certamente teremos algo bom a oferecer. Porém, entre a palavra e a ação temos um verdadeiro oceano de distância.

Deus admira as ações concretas de vitória. Deus gosta dos vencedores. Ele não pune os perdedores, diz até que a derrota ensina, mas, não dá para ficar perdendo sempre, fracassando sempre e atribuir a Ele o desejo do revés.

Acreditar em Deus não significa dar ao próximo a vitória.

Acreditar em Deus não significa abdicar da glória.

Acreditar em Deus significa respeitar seu adversário, mas não ter medo de enfrentá-lo com a força e as armas necessárias e legitimas de quem quer alcançar seus objetivos. O futebol é terreno fértil para a Pregação da Palavra Divina. Só que, muitas vezes, ela serve de desculpa para os insucessos.

E quem é temente a Deus sabe que usar a Palavra em vão é pecado!

Pecadores! Vamos jogar futebol.

Remoendo

terça-feira, outubro 12th, 2010

De tantas vozes, não ouvi uma sequer que saiu em defesa da Chapecoense após o empate de sábado contra o Ituiutaba. Não é para menos.

Mas, em toda situação ruim eu tento encontrar algo positivo. Quem sabe uma vitória, mesmo por 1×0 e com futebol de baixa qualidade, pudesse dar a Chapecoense uma falsa impressão de superioridade e a viagem para Minas Gerais carregaria também 18 pares de saltos altos.

Com este empate temos a certeza de que tal peça (sapatinho de salto) não estará na bagagem.

A Chapecoense tem sim condições de vencer o Ituiutaba, mas será preciso jogar futebol, coisa que a Chapecoense não faz a quatro jogos.

A Chapecoense tem um elenco com limitações e este fato não pode ser negado. Agora, quando se junta limitação com preguiça, falta de vontade, falta de pegada, o que temos é um desastre coletivo. E mesmo com todos estes atributos negativos sob a camiseta da chapecoense, o Ituiutaba não conseguiu sair daqui com uma vitória.

O Ituiutaba é melhor do que Criciúma, Juventude, Brasil ou Caxias? Não é! Eles acham que sim, aliás eles se acham os melhores da Série C. Se a Chapecoense jogar futebol certamente derruba este “Bicho Papão mineiro”

Decepcionante

domingo, outubro 10th, 2010

Durante longos 26 dias Chapecó se mobilizou para o jogo Chapecoense x Ituiutaba. A Chapecoense teve todo o tempo do mundo para recuperar atletas, para estudar o adversário e desta forma fazer valer o fator local. Guilherme Macuglia finalmente teve a sua disposição várias opções para escolher e montar sua equipe. A diretoria fez tudo e mais um pouco para dar ao elenco e a comissão técnica a base para um bom trabalho.

E o que vimos na tarde de sábado? Uma verdadeira pelada! Um jogo horrível, de baixíssima qualidade técnica. Uma vergonha!

A Chapecoense esteve irreconhecível em campo. Olhando de cima, com a visão que temos da cabine da Rádio Chapecó, tinha a impressão de que estava narrando um jogo de casados x solteiros. Um bando de gente correndo atras da bola, sem distribuição tática, sem compromisso com a vitória, uma lástima.

O empate em 1×1 foi construído com duas falhas, só para se ter uma ideia da tragédia que foi este jogo.

A Chapecoense está sem jogadas ensaiadas, as cobranças de escanteio são vergonhosas e sem batedores definidos, ou seja, está faltando organização.

Nitidamente faltou vontade para a equipe que em momento algum se deixou envolver pelo clima positivo criado pela presença maciça dos torcedores, que em sua grande maioria, saíram decepcionados da Arena.

É preciso mudar! A dupla de ataque deve ser Sandro Sotilli e Gustavo Papa. Na ala esquerda gostaria de ver Xaro atuando. Macuglia deve mudar o posicionamento de Silvinho para que ele possa criar e não atuar como um volante. Só para citar alguns pontos que merecem atenção. Mas, acima de tudo, o elenco da Chapecoense deve assimilar a importância da vaga para a Série B, pois parere que ainda não entenderam a mensagem.

Estou profundamente decepcionado com a péssima atuação da Chapecoense e pelos erros do técnico Guilherme Macuglia.

 

Foto: futebolsc.com

Rádio Chapecó e Antena 1 FM em grande cobertura

sexta-feira, outubro 8th, 2010

Rádio Chapecó AM 1330, a única emissora a transmitir todos os jogos da Chapecoense em 37 anos de história, vai realizar mais uma grande cobertura para Chapecoense x Ituiutaba. A Equipe Esporte Total vai falar em 1330AM da Rádio Chapecó, 107,1 da Antena 1 FM e no site radiochapeco.com.br. Estará em cadeia a Rádio Princesa AM 1130 que opera a exemplo da Rádio Chapecó com 10.000 W de potência. Tadeu Costa, Douglas Dorneles, Fabio Schardong, Mario Tomasi, Rodrigo Goulart, Fernando Mattos, Moisés Padilha e este colunista formam a equipe. Sempre lembrando os nossos valorosos operadores de áudio que ficam na base.

A partir das 08 da manhã começa a cobertura. Às 13 horas entra no ar a Pré Jornada. As 15h e 30min começa a Jornada Esportiva. Será um prazer tê-los na nossa audiência. Equipe Esporte Total, equipe de verdade!

Definições e estudo

sexta-feira, outubro 8th, 2010

Macuglia vive grande momento

A Chapecoense está definida para enfrentar o Ituiutaba com: Nivaldo, Eduardo Erê, Rodrigo, Marcelo Ramos, Badé, Pedro Ayub e Bronzatti, Silvinho e Fabio Nunes, Waldison e Neílson. Três atacantes no banco: Sandro Sotilli, Gustavo Papa e Rogério. Se preciso, for a Chapecoense vai com tudo pra cima.

Finalmente os DVD’s tão esperados estão nas mãos de Guilherme Macuglia para um estudo mais aprofundado sobre o Ituiutaba. Macuglia já destacou que se trata de uma equipe compacta no meio de campo, que tem atacantes altos e de retenção de bola e atua com muitas bolas aéreas. Nada diferente daquilo que encontramos na primeira fase.

Com esta formação e com as opções que terá no banco o projeto de vencer criando vantagem está mais do que evidente. O respeito existe, mas existe também a meta de uma vitória consistente.

O respeito existe, o que não existe é medo. Desta forma a Chapecoense mostra personalidade forte e quer fazer valer o mando de campo. 

A formação de time é a ideal, não resta dúvida. O regime de concentração é total e a Chapecoense entrará em campo sabendo como joga o adversário. O planejamento é o mais profissional possível.

 

Novo reforço para a Chapecoense

quinta-feira, outubro 7th, 2010

A mobilização dos chapecoenses impressiona para esta decisão de vaga para a Série B de 2011.

Ontem recebi um e-mail dando conta que o novo reforço para a torcida e da bela Miss Chapecó, Ana Paula Lohmann, que confirmou presença nas cadeiras.

Importante destacar que a cada jogo na Arena Condá aumenta o numero de mulheres presentes. Muitas delas, a maioria, belíssimas e produzidas, o que dá um charme especial aos jogos. Agora a representante oficial da beleza da mulher chapecoense vai se unir a causa do Projeto Série B.

Por falar em Projeto Série B, onde estão os corneteiros que ridicularizaram a iniciativa e a chamaram de politiqueira?

Onde andarão os integrantes do grupo “quanto pior melhor”?

Teve muito secador que agora anda posando de santo e vai estar na Arena no sábado.