Uma nova realidade

Momento de união

A tendência do returno do Campeonato Catarinense é de uma disputa ainda mais acirrada. O negócio agora é torcer para que o Figueirense trate de ganhar este turno, já que pelo que se viu no domingo é a equipe mais bem preparada da competição. Será complicado segurar o Figueirense caso o Criciúma confirme a vaga.

De resto à maior parte das equipes está em um mesmo patamar. Criciúma e Chapecoense estão logo atrás do Figueirense. O Avaí é uma incógnita, mas tem um elenco que pode muito bem reverter à situação em relação ao péssimo rendimento do primeiro turno. A boa noticia é que a Chapecoense recebe o Avaí já na largada da segunda fase e em casa. Jogo decisivo. O Marcilio Dias que pode incomodar joga em Chapecó. O Joinville que é sempre um adversário a ser respeitado não vive grande fase mais uma vez e jogará na Arena. O Imbituba é obrigação de vitória. Tem Brusque e Metropolitano fora de casa que sempre são jogos que a Chapecoense gosta de se complicar. E para o Concórdia fica o gosto da vingança para vencê-lo na sua casa e quem sabe encaminhar seu descenso.

No returno serão quatro jogos em casa e cinco fora para a Chapecoense. A tabela é mais complicada, porém, a Chapecoense nitidamente está mais forte do que na fase inicial. Assim como foi a equipe que largou melhor, tem uma tendência de chegar bem novamente para o começo da fase derradeira. O que a Chapecoense terá de se preocupar é com a regularidade no seu rendimento. Não existe mais espaço para altos e baixos.

Foto – Site oficial.

Deixe um comentario