O Tigre mostrou sua força

Figueirense 0×1 Criciúma. Ganhou quem mereceu.

Guilherme Macuglia esteve muito melhor do que Márcio Goiano. O Figueirense fez quem sabe sua pior apresentação na temporada, mas como o Criciúma não tem nada a ver com isso foi lá e fez sua parte quebrando um tabu de oito meses sem vencer fora de casa.

Não foi um bom jogo de futebol. A decisão se deu de bola parada em uma cobrança magistral de Mika. O primeiro tempo foi todo do Criciúma que sobrou em campo. Na segunda etapa o Figueirense buscou jogar mais, mas teve o chamado falso domínio, quando teve mais posse de bola, porém, sem competência para arrematar.

A estratégia de Macuglia na segunda etapa foi muito perigosa, quando esperou na sua área o Figueirense. Guilherme Macuglia tem este estilo. Mas no final das contas deu certo, muito pela competência da melhor zaga do campeonato e muito também pela falta de qualidade do ataque do Figueirense.

O que seria melhor para a Chapecoense? Escrevi na semana passada que uma conquista do Figueirense seria mais interessante. E sigo com esta convicção.

A primeira grande decisão da Chapecoense será no sábado aqui em Chapecó contra o Avaí. Ganhou está na briga. Perdeu complicou tudo. Parabéns ao Criciúma que soube ser campeão. Mereceu.

Sem clássico na final

Muitos quiseram fazer Santa Catarina engolir que o melhor futebol do estado está em Florianópolis. A torcida era grande para uma final com equipes de Série A. Não vai ser neste ano. O Criciúma tratou de estragar este sonho e mais uma vez faz com que alguns enxerguem além da ponte que liga a ilha ao continente. Essa é a grande marca do futebol catarinense. Aqui o interior sempre tem vez.

Antes de a bola rolar para esta decisão estava circulando uma matéria pelo estado que dizia que com a chegada de Silas ao Avaí a equipe tinha melhorado muito e que já era candidata ao titulo do returno. Será que já combinaram com os outros nove clubes da competição? Haja paciência.

6 comentarios para “O Tigre mostrou sua força”

  1. Fabio Rocha Pereira disse:

    (*) Caro Fernando, não deixe o fanatismo ser maior que o profissionalismo. Eu sou socio-torcedor do Avai FC, apesar de achar, não chamo as pessoas do Oeste Catarinese de COLONAS. Diz pro Tadeu, pra um dia aparecer no Chapecó e ensinar como o povo do OESTE toma a bebiba no Rabo, eu sei que ele gosta muito!

    Se lascaram

    Bem feito. Ninguém manda contar com o ovo antes da galinha. O pessoal do Figueira e o povo da imprensa de lá davam o título do turno como certo para o time do Scarpelli. O Tigre foi como zebra e cravou neles. Mais, a imprensa da Capital apostava numa decisão de campeonato entre os dois, se lascaram por completo, os comedores de siri. Tem que tomar no rabo mesmo.

    Seis Tijolinhos

    *Outra prova que todos do Figueirense contavam com o título antecipado foi aquela festa no gramado antes de começar a partida. Pose de todos para a foto do campeão. Levaram no rabo.

    **Não tem essa de dizer que os dois virão com tudo para o returno e que são favoritos ao título. Jogo se ganha dentro de campo e tanto um como o outro são presas a serem abatidas. Nada de temê-los.

    ***No primeiro turno a Chapecoense venceu o Avaí lá e empatou com o Figueira aqui, num jogo em que era para ter vencido. Não importa onde joga contra eles. A Chapecoense vai comer os dois no returno.

    ****Tudo começa no sábado de Carnaval, na Arena, contra o Leão. Não importa se eles irão aparecer aqui com o time A. Não tem essa de time Sub 23, time B ou time A. Na Arena a Chapecoense manda.

    *****Mas, sempre naquele discurso da humildade, vamos concordar e trabalhar em cima da idéia que o Avaí é favorito, mesmo porque tem um investimento infinitamente superior. Eles entram em campo, sábado, como favoritos.

    ******A Chapecoense tem que jogar o seu futebol de forma organizada e humilde, como fez contra o Criciúma, na semifinal do turno. Com o apoio da torcida, que vai lotar a Arena, temos tudo para somar três pontos.

    Positivo: Mas aquilo que o Badá comentou na RIC, ontem, também me veio à cabeça. Temos tudo para reeditar a final de 2007, contra o Criciúma. Tigre campeão do turno, Verdão campeão do returno. É possível, sim senhores.

  2. fernando disse:

    Olá Fabio. Seria mais interessante enviar esta mensagem diretamente ao Tadeu. O e-mail dele está na coluna. Quanto ao fanatismo, ele nâo existe. Algumas vezes podemos até ultrapassar os limites, mas tenho o maior respeito por todas as equipes. Quanto ao Avaí, o momento pode ser ruim, mas é uma equipe de Série A e isto é o suficiente para demonstrar sua importância. Um abraço.

  3. Fabricio Cco disse:

    Caro, Fabio sabado voce vai tomar no rabo tambem, teu Avai vai cair na real, nao vai ter nenhum time dos comedor de siri na final, pra todo mudo da ilhas dos mane tomar no rabo junto;

  4. Gil disse:

    Vamos ver Sábado então Fabricío a sua arrogância está igual aos torcedores do figueira que achavam que ja eram campeão, antes do tempo, agora pra quem entende um pouquinho de futebol saber que no papael o avai hoje tem o melhor time do estado mais na pratica é outra história o jogo é jogado no campo não em nomes e estruturas respeitamos todos os times de SC mais o Avai vai buscar este TRI assim como vcs, a diferença que quem faz o oba oba aqui é a impressa e não nos torcedores agora vcs!!!!!!!!

  5. Fabio disse:

    Fabrício até entendo seu linguajar chulo, pois a falta de qualidade de educação nas escolas do interior é algo a ser repensado. Mais um cara como o Tadeu “profissional de imprensa”. Ai não né? Quero ver se ele é macho e ano que vem ir la no Chapecó. Alias Fernando, você sabe, o Chapecó é dono do bar mais famoso dos arredores da ressacada e torcedor da Associação Chapecoense de Futebol, ta vermelho de vergonha dos seus colegas de imprensa.

  6. fernando disse:

    Um abraço Fabio. No Chapecó tem cerveja gelada e pastel de camarão. Tá bom né? E claro sempre um papo agradável. Mas volto a sugerir que você mande para o Tadeu também estes textos.

Deixe um comentario