Tudo está no seu lugar

Chapecoense 2×1 Joinville. Justiça seja feita, a Chapecoense é muito mais time do que o Joinville. Em momento algum na tarde deste domingo a Chapecoense foi ameaçada na sua missão de primeiro chegar à decisão do returno. Quando o Joinville começava a pensar no que poderia fazer para a segunda etapa a Chapecoense abriu o placar e deixou o técnico Giba com uma bomba nas mãos.

O Joinville se deparou com a ampliação da vantagem do adversário e com aquela situação de ter a obrigação de se atirar para cima arriscando levar mais um. E foi o que aconteceu. O JEC até que esboçou algo com um gol de desconto, mas faltou-lhe força e qualidade para virar o jogo.

Uma das grandes virtudes da Chapecoense no jogo foi seu poder de marcação e a forma compacta como atuou o tempo inteiro. No final do jogo, e já com o resultado consolidado, ainda assim, o Verdão marcava no campo do adversário.

O Joinville esteve mais uma vez muito dependente de Ramon e Lima. Ramon pouco fez. Lima chutou uma vez com qualidade, de resto o JEC esteve enredado no seu futebol rico na folha de pagamento, mas muito pobre dentro de campo.

Já na Chapecoense tivemos uma série de destaques positivos. A começar pelos substitutos imediatos, Diogo Roque e Everton Cesar que estiveram muito bem. Aelson foi meu craque do jogo. Cleverson também se destacou. Dema e toda a zaga foram símbolos de segurança. Neílson deixou sua marca. Abaixo esteve Aloísio, parecendo não ser a sua tarde. Everton Garroni também jogou muito.

Uma vitória e uma classificação incontestáveis.

E agora é o Avaí

O Avaí será o adversário da Chapecoense na decisão do returno. No clássico deste domingo o Leão da Ilha venceu por 2×0 na casa do Figueira. Chega para esta decisão em Chapecó com moral elevada e mostrando que a chegada de Silas fez muito bem ao Avaí. É a equipe que mais cresceu na competição, mas ainda sem o poder de ser melhor que a Chapecoense na comparação das campanhas.

Na verdade o Avaí deve ser o mais poderoso adversário que a Chapecoense vai enfrentar em seus domínios nesta temporada. Já o Figueirense encerra sua participação no Campeonato Catarinense de forma melancólica. Perdeu duas vezes em casa a possibilidade de decidir o titulo, mostrando estar muito longe de ser uma equipe de Série A. O jogo de domingo vale duas vagas. Uma para a decisão e outra para a Copa do Brasil 2012.

 

Foto: Assessoria de Imprensa Chapecoense.

 

4 comentarios para “Tudo está no seu lugar”

  1. Davi disse:

    Valeu pela materia fernando o time da chapecoense ta de parabens agora tem mais um pra matar respeitando
    e que Deus abençoe todos os chapecoenses, time de guerreiros parabens toda a cidade de chapcó é nois verdaooooooooooooooo

  2. Agenor Colorado disse:

    Alô Fernando, não fui ao jogo mas acompahei pelo rádio enquanto assistia ao jogo do INTER pela TV. Dois fones de ouvido. Lado esquerdo a tua narração precisa e empolgante na Rádio Chapecó, no ouvido esquerdo a Rádio Gaúcha. Nem a TV, nem a Rádio Gaúcha, em nenhum momento noticiou o andamento do placar do jogo da Chapecoense, aliás, justa e merecida melhor campanha do Catarinense 2011. Apesar de tudo eles vão ter que nos engolir.

  3. Agenor Colorado disse:

    Alô Fernando, não fui ao jogo mas acompahei pelo rádio enquanto assistia ao jogo do INTER pela TV. Dois fones de ouvido. Lado esquerdo a tua narração precisa e empolgante na Rádio Chapecó, no ouvido direito a Rádio Gaúcha. Nem a TV, nem a Rádio Gaúcha, em nenhum momento noticiou o andamento do placar do jogo da Chapecoense, aliás, justa e merecida melhor campanha do Catarinense 2011. Apesar de tudo eles vão ter que nos engolir.

  4. fernando disse:

    Não consigo compreender esta má vontade com o Campeonato Catarinense. Sinceramente, vou fazer um conato com a Rádio Gaúcha, pois temos lá um bom trânsito, para alertar sobre esta reclamação dos chapecoenses. Acredito que o assunto merece uma atençao especial. Quanto a sua qualificada audiència agradeço em nome de toda equipe.

Deixe um comentario