Petulância

A empáfia, o nariz empinado, a petulância são difíceis de serem domados. O politicamente correto começa a dar lugar às declarações mais assoberbadas pelos lados do Avaí. Acredite quem quiser neste discurso comportado de que todos são iguais ou de que a Chapecoense é o melhor time de SC que vem lá das bandas da Ressacada. Na verdade eles enxergam a Chapecoense como um timinho de Série C. Para eles o Avaí é uma força nacional da Série A e a Chapecoense um intruso na vida dos “grandes”.

Empatar com o Botafogo e vencer o Figueirense foi o suficiente para colocar o Avaí em patamar elevado.

Tem gente com o nariz tão empinado que se andar na rua em dia de chuva morre afogado.

 

 

 

13 comentarios para “Petulância”

  1. fabio disse:

    Veja só, a chape foi quase pra série B, e o avaí também foi quase pra série B.
    Então, se equivalem na verdade. Os dois são “quase-B”.
    Tem mais, a chape recém chegou e já é protagonista na série C, e a expectativa da torcida vai ser a subida pra B. O Avaí é coadjuvante na A, e a expectativa da torcida deles vai ser não cair pra B.
    Mas tem tudo pra ser um espetáculo esse jogo. E com uma grande vitória da chape.

  2. Juliano disse:

    Davi contra golias! Mas a Chapecoense não pode entrar de salto alto por jogar contra um time que briga para não cair nas copetições que disputa!

  3. Fabio - Cândoi _PR disse:

    Fernando, acho que vc esta sendo injusto. Afinal, se vc ver as colunas anteriores verás que a imprensa de Chapeco apontava o Leão da Ilha o grande favorito. Mas futebol é dentro de campo. Os orçamentos dos clubes não jogam. Pq comparar orçamento, tempo de midia e aficionados fica dificil. O clube respeita a Chapecoense, assim com a reciproca é verdadeira. A diretoria do Verdão está dando total atenção ao co-irmão, diponibilizado ingressos e facilitanto a vida de quem for a Chapeco. Vamos aprender com o Volei…… somos adversarios dentro de campo. Fora deles precisamos ser parceiros. Pq ninguem joga sozinho.

  4. M. Avaiano disse:

    Fernando,

    Me desculpe, mas não te entendo. Independente do discurso algo sempre vai estar errado né? Se o Avaí e sua torcida desdenharem a Chapecoense, é porque se acham e tal.
    Se respeitam, estão só dissimulando.

    O ódio que você e mais alguns tem pelos times da capital não permite que vejam nada de positivo. É sempre esta mesma ladainha.

    Vocês da imprensa de Chapecó estão promovendo uma campanha de ódio totalmente irresponsável, que só gera antipatia entre os torcedores. Sejam mais responsáveis.

    Se vocês querem ver a Chapecoense como um time grande, vocês tem que admitir que os times da capital estão a frente, pode não ser muito mas estão. Se vocês não reconhecerem isto, me desculpe, mas o que é então a Chapecoense?

    Mas tudo bem, vai torcer pelo teu Inter e não se mete no futebol Catarinense. Seria um favor para quem gosta do futebol do estado.

  5. fernando disse:

    A petulância vem de dentro dos clubes da Capital. Quanto aos torcedores como você jamais levo em consideração algum comentário mais apaixonado como este que você me manda, pois sua atuação é apaixonada e nada mais.
    Não estou pregando a violência, apenas estou constatando algo que me chamou a atenção.
    Defendo, por exemplo, a presença dos torcedores rivais em todos os estádios, coisa que o teu presidente tentou proibir para mascarar a violência gerada no teu estádio.
    Reveja seus conceitos e seja sempre bem vindo ao blog.

  6. fernando disse:

    Obrigado Fabio pelo comentário.

  7. M. Avaiano disse:

    Fernando,

    Torcedor fazer comentário apaixonado até vai, agora a imprensa precisa ser um pouco mais profissional. Estou cansado de ler textos apaixonados da tua autoria.

    Falar que a petulância vem de dentro dos clubes fica pior ainda.
    O “meu presidente” sempre foi parceiro da Chapecoense e jamais faltou com o respeito em relação ao clube do Oeste, como o próprio Fábio falou.
    Este teu artigo fala em petulância mas não descreve o fato que gerou este comentário (o tal “algo que te chamou atenção” na tua resposta).
    Sinceramente, por aqui todos falam em respeito e sabem que a Chapecoense no momento está melhor que o Avaí e que ela é a favorita.
    E se por uma vez por aí torcem sempre contra os clubes da capital, por aqui se torce para que os demais, inclusive a Chapecoense, tenham sucesso a nível nacional.

  8. fernando disse:

    Um abraço Avaiano. Fico sempre muito grato com suas participações.
    Minha opinião é esta. Tuas opiniões estão sendo valorizadas e publicadas. E sempre serão sem tirar uma virgula.
    Está bom assim? Quer maior prova de respeito do que esta?
    Sucesso sempre e viva as diferenças!

  9. M. Avaiano disse:

    Fernando,

    Fico feliz por publicares os comentários.
    Meu objetivo não é ofender, e sim dar minha interpretação sobre o que li. Com a internet hoje o teu público não se restringe mais à tua região de origem, portanto espero que entendas que existam opiniões divergentes. E também entendo que não estais escrevendo para agradar a quem lê de fora como eu, e sim para o pessoal da tua região, mas de qualquer forma é bom teres noção desta abrangência.
    Eu gosto do futebol de SC e sinceramente torço para todos terem sucesso (nem tanto o FigayrenC hehehe), e por isto as vezes fico triste em ver demonstrações contra os times do estado, mesmo quando são da imprensa da capital para times de outras regiões. Eu sempre acompanho os times do estado nos campeonatos brasileiros e assisti ao jogo final da Chapecoense na série C, foi uma pena não ter passado.
    Por isto não concordo com o teu texto.
    Mas beleza, tá registrado.

  10. Fabio - Candoi-PR disse:

    Fernando

    Quanto a violencia nos estadios de Fpolis, ela é apenas um reflexo da sociedade que vivemos hoje nas grandes cidades. A Grande Fpolis (São Jose-Palhoça-Biguaçu-Santo Amaro da Imperatriz-Gov celso Ramos) tem problemas serios com violencia urbana. Infelizmente o Governo do estado ficou 8 anos e continua brincando de fazer segurança publica. No feriado de pascoa deram tiros em varias bases da PM no norte da Ilha e Coqueiros – parte continental. É preciso educar o povo. Radialista e colunista precisam entender a responsabilidade que tem. O publico vai ao jogo pq a Chapecoense fez uma boa campanha e a população da região agredita ver um bom jogo, na certeza de uma vitoria. Agora acirrar animos de graça (O Tadeu é bom nisso) e depois reclamar da violencia nos estadios, não dá né? Vamos motivar o torcedor com coisas boas. Abraços.

  11. marcos vieira disse:

    Fernando,
    não lembro de ler absolutamente nada de positivo nos teus comentarios em relação aos times da capital. Sempre algum detalhe negativo é colocado. Como diz o avaiano, é difícil reconhecer que somos clubes mais destacados no cenário nacional? Que temos ( Avai e Figueira) representado bem, com grandes jogos, o futebol de Santa Catarina nos últimos 10 anos?
    A Chapecoense nunca chegou onde estamos. Não seria mais legal você tomar como exemplo a organização dos clubes da capital e valorizá-los, como clubes que representam o teu estado (?) na elite do futebol brasileiro? Será que se a “Chape” seguir o exemplo dos dois clubes não poderá crescer assim como eles cresceram?
    Nös da capital lamentamos muito esse rancor vindo do interior. Respeitamos as cidades do interior e o seu povo. Somos todos catarinenses, mas não sentimos o mesmo vindo de voces. Não entendemos direito essa mágoa, enquanto isso, seguimos vencendo e nos organizando, afinal, Avai e Figueira são os maiores vecedores do estado, ou será que você tambem vai contestar isso?

  12. Fabio - Candoi-PR disse:

    Marcos Vieira, caso o Leão cometa o crime, a imprensa de Chapeco irá cobrir as finais do Campeonato Gaucho, podes apostar!!! Aqui não, vamos (a região da grande Fpolis) torcer pela Chapecoense contra o Criciuma. E as radios da região vão cobrir os jogos. Futebol se faz do começo ao fim!!! Não adianta ficar escrevendo pro povo ir domingo no Indio Condá, e no domingo seguinte fazer referecias ao campeonato Gaucho.

  13. Raphael - Cricíúma disse:

    Depois de ler TODAS as notas da coluna e comentários referentes à esta, mesmo vendo a SUPERCONFIANÇA que a torcida e imprensa de Chapecó demonstram, tudo isso não é maior (desprezível e por que não dizer arrogante), tenho que me solidarizar com a última nota, onde fala sobre a petulância da capital.
    Não é de hoje que ELES (impreensa e os dois timinhos da capital) tentam serem os representantes do estado.

    …Apenas lembrando:
    - O TIGRE é o time de SC mais lembrado no Brasil;
    - figueirense e avaí ainda são aspirantes no cenário;
    - Chapecoense é o time mais vitorioso…de Chapecó e região…(o que não é de todo mal né gente)

    Obs.: Roberto (CHAPECÓ MONTAGENS)… Vai ver o show do meu Tigrão aí cara!…Só vai ter mais orçamento se der Tigre hein!

    “VAMU TRAZÊ A TAÇA TIGRÃO!”

Deixe um comentario