O derradeiro encontro

Na tarde de hoje aconteceu à reunião que já deveria ter acontecido há dias atrás. Um encontro entre o vice-presidente da Chapecoense, João Piazza, o presidente do Conselho Deliberativo da entidade, Gílson Vivian e o empresário e colaborador Izair Gambatto. Em pauta o fica ou saí de Gambatto da Chapecoense.

Uma carta já havia sido entregue por Gambatto na secretaria da Chapecoense, endereçada ao presidente Sandro Pallaoro, dando conta de sua saída e também cancelando patrocínios das suas empresas.

Na parte financeira são R$ 20 mil mensais da Planaterra e mais duas placas de R$ 2 mil mensais cada. Uma conta de R$ 24 mil/mês, ou R$ 288 mil/ano. Convenhamos que para a realidade da Chapecoense, é bem significativo.

A lista de desafetos foi diminuída. Na base do conversando a gente se entende, a barreira foi transposta em relação à Gambatto com Mauro Ovelha, Cadú Gaúcho e Maringá. Seguia uma pendência entre o empresário e Maurinho Stumpf e principalmente com o presidente Sandro Pallaoro.

O esforço do vice-presidente e do presidente do Conselho Deliberativo foi bastante significativo no sentido de manter Gambatto no projeto.

Sandro Pallaoro não admitiu em tempo algum deixar o cargo de presidente, para desta forma, realinhar a participação de Gambatto no projeto. Aceitaria sim selar as pazes e voltar à boa convivência de outrora, mas jamais renunciar ao cargo.

Depois deste encontro acontecido na tarde de hoje (27/06), encerrado após as 18h e 30 min, ficou decidido que: Definitivamente Izair Gambatto está fora da Chapecoense. Homem de uma palavra só, Gambatto, não voltou atrás, como era esperado.

As tentativas foram as mais variadas possíveis, mas ele se mostrou inflexível perante aquilo que ele batizou de traição por parte do atual presidente Sandro Pallaoro.

Não entro no mérito da questão, se o que aconteceu foi tão grave assim, pois cada um sabe avaliar um acontecimento e a forma como ele lhe atinge.

Além da perda financeira, que pode aumentar ainda mais, fica o sentimento de ruptura, após um período de recuperação. Os homens passam e a entidade fica, é bem verdade, mas jamais um momento de tamanho estresse pode ser avaliado como algo corriqueiro. Perde a Chapecoense um nome forte em muitos aspectos. Respeitado pela posição empresarial. Um nome que rompeu barreiras no âmbito dos bastidores do futebol catarinense. Defensor de idéias de modernização e investimento no futebol. Muito mais do que seus patrocínios, Gambatto, alavancou uma série de outros e foi decisivo para aumentar o numero de conselheiros na Chapecoense. Foi o principal artífice da volta da Chapecoense para a elite catarinense, por via legal e moral, mesmo alguns ainda não entendendo desta forma.

É uma perda que terá de ser digerida como muita sabedoria e com forte atuação do Conselho Deliberativo.

Izair Gambatto foi extremamente importante na recuperação da Chapecoense após uma administração desastrada pelo rebaixamento e pelo descontrole financeiro, que deixou a entidade bastante endividada.

Vão-se os anéis, ficam os dedos, mas alguns deles estão bastante machucados. Uma lástima este desfecho. A vida segue. Sandro Pallaoro encara o grande desafio de sua vida ligada ao esporte a partir deste momento. Boa sorte.

 

25 comentarios para “O derradeiro encontro”

  1. david torcedor disse:

    meus amigos se foi o sonho de nos ter um time forte e um sentro de treinamento xxxxx grasas au seu maurinho e seu sandro agora eles tem que rebola por que as cobransas vai ter em dobro a afolha de pagamentos tem aumentos …….fora sandro e maurinho………..fora

  2. André disse:

    mas que va embora!!!
    tenho certeza que os outros patrocinadores não abandonaram e que virão mais outros! 24 mil mensal e queria mandar no clube, que se colocasse no lugar dele!!…esse 24 mil a chape consegue com 500 sócios a mais, ou seja, ta na hora do marketing e da diretoria explorar o que o clube tem de melhor, a sua TORCIDA! e que por sinal, é seu único patrimônio.

    e gambatto, assume o oeste!! uhauhauhauh

  3. claudio freitas disse:

    Agora vamos ver se: o nosso presidente tem bala na agulha para trazer um outro empresário ou uma empresa forte com um forte poderiu de investimento ou mais empresários que venham investir na nossa chape para suprirmos essa saida do Gambatto para seguirmos fortes e com dinheiro em caixa !!! ou se vamos despencar de vez !!!

    e torcer para que venham novas forçar para continuarmos !!!

  4. Cérebro disse:

    Tô com o André!
    A chapecoense não pode ficar viúva de um colaborador. Ele se vai e Chape segue a vida, junto com sua torcida, que é mto mais forte que qqr empresário.
    A gente acha q as pessoas depositam dinheiro na Chapecoense por caridade, MENTIRA. Não existe lanche de graça! Certamente há uma contrapartida mto válida por investir no futebol, seja em participações nos passes dos atletas e até mesmo na divulgação da imagem. Há poucos dias este blog escrevia sobre a força da imagem do frigorífico Chapecó, o dinheiro gasto retorna. Propagandas são caras.
    Não nos deixemos ser enganados.
    O investimento dos empresários da cidade são importantes, não nego. Mas, não sou ingênuo.
    Se a Chape quiser ser grande, ela precisa de autonomia, de que independência. Que este fato seja um marco no futuro do clube. Agora é a hora de provar que a instituição é maior que uma ou outra pessoa.
    Se o time levar um tombo é pq algo já n estava certo. E quanto antes se corrige um erro, menores são os estragos.
    Avante Chapecoense. Por um futebol profissional!

  5. Silvio SZ disse:

    É uma pena que o Gambatto nao faz mais parte da Chape.
    Por outro lado, mostra tbem que, se ele gostava mesmo da Chapecoense, por mais que ele se sentiu traído, nao chutaria o balde como fez.
    Ele tem 18 empresas, será que ele nao passou por situaçoes semelhantes nelas? Mas ao contrario da atitude tomada agora , ele nao se desligou e nem vendeu e nem fechou a empresa dele.

    Agora o que resta para quem ficou, é aproveitar os ensinamentos que o Gambatto implantou no clube, e que nao foram poucos, e tocar pra frente.

    O clube é do povo e para o povo.
    Sugiro uma campanha desenfreada para adesao de novos sócios, (sugiro tbem rever os preços).

    Sandro PALLaoro, inteligente como é, tbem deve ter seu plano B para administrar o Verdao sem a presença do Gambatto.

    Para quem ficou, PARABENS, tenho certeza que o povo vai com voces.

  6. Fabio Sangue verde disse:

    To com o André tbm

    é muito chororo pra poca coisa.
    Pensei que éra muito mais q era investido ali.

    Como foi dito, se o mkt se mexer um pouco , esse valor facinho facinho.
    Hj a chapecoense deve pensar como uma empresa, se é que pensam em ser grande.
    se é que existe o projeto serie “B”, ou sera q agora foi tudo pelos ares ja que o cabeça da
    coisa pegou a bola e foi pra casa?
    Axo que é agora o momento de crescer e mostrar que se um sai tem outros pra fzer a coisa andar.

    abs e vamo que vamo verdao

  7. fernando disse:

    Atenção amigos blogueiros. O valor citado era apenas o do patrocinio de uma das empresas. O valoe total fica impossivel de ser calculado, mas é muito maior do que este.

  8. Verdão disse:

    Toda essa choradeira por causa de 24 pila??, isso no momento que a chape tiver um mkt ativo, tiram em uma semana de adesões de novos sócios. Quanto ao Sr. Gambatto…., bom, não sei que marca vai ser meu próximo carro, só sei que da Fiat, da Honda, da Hyndai e da Citroen é q não vão ser.

  9. Everton disse:

    O Negócio agora é buscar novos patrocinadores e apoiadores, pessoas que realmente queiram ajudar, e já esta mais que na hora de nosso Verdão ser independente.

  10. david o torcedor disse:

    voces babacas que tao falando que e pouco o que o gambatto colaborava ~~~~~coram voces atras destes valores no minimo nem socios voces sao fiquem sabendo que a folha deste mes ja aumento voces sao os mesmo que tavam reclamando dos valores das carteirinha que tipo de torcedor sao babacas manerem o que voces escrevem tipinhossssss

  11. david o torcedor disse:

    quem e ese cara que se chama verdao nao tem corage de colocar nem o seu nome ja por que e um babaca inrustido fala de mais e escreve m fica na tua a e coloque o teu nome ou nao tem

  12. Aldo Freitas disse:

    quem não quer colocar o nome de sua empresa na camisa do atual campeão catarinense? é hora de buscar patrocínio fora.

    Chega de chorar as pitangas para que os coronéis da cidade depositem “dinheiro”.

    o Gambatto é assim “eu to pagando, eu mando”. Pronto agora não paga mais nada. vá brincar com a tua bola na tua chácara.

    Acredito que em uma bela época de vacas gordas para o Verdão. Avante!

  13. Ricardo disse:

    Fernando, vai-se o Sr. Izair, meus respeitos, ajudou muito e merece o justo reconhecimento. Tem o direito de entrar e sair a hora que quiser, nos termos do que ficou ajustado em seu contrato de patrocínio.

    E SEGUE O BAILE.

    Compete aos que ficam administrar o clube e buscar a cobertura dos valores perdidos.Um time que pensa em ser grande não pode ficar refém de uma pessoa só. O compromisso dos dirigentes é com o clube, e não com fulano, ciclano ou beltrano. Se o presidente agiu com correção não há motivos para sair.

    As empresas que investem em um clube devem lá colocar o seu dinheiro porque terão resultados financeiros, porque o patrocínio corresponde a uma estratégia de marketing com vistas a dar visibilidade à marca. Jamais o patrocínio deve ser visto – nem pela empresa, nem pelo clube, nem pela torcida – como uma mera “ajuda”.

    Essa história de misturar patrocinadores com a direção do clube, dando a estes poderes de influência costuma não terminar bem. Essas coisas tem que ser distintas. O patrocinador investe e o dirigente administra. Assim deve ser, e assim é o rumo que toma o profissionalismo no futebol.

    Se o Verdão quer ser grande tem que ter capacidade de administrar essas crises e superar a era do amadorismo. Nessa caminhada pessoas podem se afastar, alguns podem sentir desagrado, mas se o trabalho for sério e bem feito, a tendência é sempre melhorar.

  14. Aldo Freitas disse:

    Ricardo, perfeita colocação amigo!

  15. Fabio Sangue verde disse:

    Ricardo pra presidente… falou e disse tudo…
    e o aldo tbm… quem paga manda noque ta no contrato de patrocinio.. e nao da “DOAÇAO” que acredita estar fazendo.

  16. Mikon Moraes disse:

    Exatamente Ricardo! Acredito que hoje nos deparamos com um fato que pode significar um marco de mudança e transformação do nosso verdão visando ser um grande clube de futebol.

    Um time que depende de um empresário para sobreviver jamais será um time grande. Com a saída de Gambatto é a hora de transformar o nosso verdão em um clube e não somente um time, e nada melhor do que no atual momento, onde o time acaba de ser campeão catarinense e mantém um bom plantel para a disputa da série c. O momento é agora! E o departamento que terá uma grande responsabilidade neste momento é o do marketing. Portanto mãos às obras Marketing!

    Se a Chapecoense conseguir aproveitar esse momento, até poderemos futuramente dizer que o Gambatto fez um favor pra chapecoense, pois pelo menos se desligou do clube em um momento que a equipe estava por cima. Já imaginaram se ele saísse em uma situação contrária?

  17. leandro lyra disse:

    pois o gmbatto so contribuia com a chepe nos patrocinios mesmos, pq ate os churras que ele fazia na chacara ele cobrava ou vcs acham que era ele que dava? dizem as mas linguas que uma das coisas que o deixaram chatedos foi nao ir no top da bola receber o trofeu de campeao e quem recebeu foi o sandro, emprestou o jatinho pro pessoal da diretoria ir e depois cobrou o combustivel, premiaçao de jogadores quase nunca contribuia so falava o valor e juntava o dinheiro que vinha de outras pessoas. vcs acham que o sandro etc, iam bater o pe e no aceitar as exigencias do gambatto correndo o risco dele sair se ja nao tivesse uma segunda opçao. diz que o maninho vai fazer para a chape o que o gambatto fazia, entao vamos esprar pra ve.

  18. Everton disse:

    Confio muito no Sandro Pallaoro, como pessoa é mil vezes melhor que o Magoado colaborador, Então essa é a hora que organizar esse clube, busca novo patrocinios, não só da nossa região como de fora, manter o foco e subir pra série B, ai sim o papo é outro e os recursos aumentam bastante.

    Parabéns Pallaoro tenho certeza que a torcida do Verdão esta com vc!!!

  19. Verdão disse:

    david torcedor….. belo sobrenome, pra quem cobra a identificação dos outros, acho que melhor repensar este teu “nome” também. Quanto a ser sócio, sou desde 2007, não sou sócio pq meu chefe é colaborador não, graças a deus não dependo de pucha saquismo ou qualquer coisa parecida, como vc pelo jeito depende. Um abraço meu caro david, e desculpa pelo chute no saco do “colaborador”, acabei acertando tua boca tbém.

  20. Everton disse:

    E tem outra, Maninho de Nez assume o lugar do Gambatto, pra quem o conheçe sabe a pessoa que ele é, muito melhor em tdos os sentidos, não sei como ele esta financeiramente, mais com certeza vai ajuda muito como sempre, esse sim um verdadeiro Chapecoense.

    Segue o Baile, Verdão Rumo a Série B!!!!!!!

  21. Fabio (UVA-PR) disse:

    Acredito que esta recisão só vai ser benéfica para o clube se for colocado em prática um plano de expansão. Se a diretoria acredita que está na hora de crescer, buscar novos horizontes, realmente não pode se deixar um patrocinador influir nas decisões. Agora, se for pra voltar como era a pouco tempo atrás, o prejuízo será incalculável

  22. david torcedor disse:

    torcedor verdao que se chama o babaca que se esconde a tras de um codi nome eu quero que voce me diga o teu nome porque eu vo descobri de qualquer geito babaca o meu nome voce ja sabe e david cherstea e trabalho na pmc

  23. Marquinhos disse:

    Everton disse:
    28/06/2011 às 15:59

    Confio muito no Sandro Pallaoro, como pessoa é mil vezes melhor que o Magoado colaborador, Então essa é a hora que organizar esse clube, busca novo patrocinios, não só da nossa região como de fora, manter o foco e subir pra série B, ai sim o papo é outro e os recursos aumentam bastante.

    Parabéns Pallaoro tenho certeza que a torcida do Verdão esta com vc!!!

    No minimo este everton é amigo particular do Pallaoro.
    Vai nessa que a torcida está contigo.
    Vc sandro nem sabe a rejeição que tu tem no povo.
    Não vai nessa, que tu terá que entregar o cargo, logo

  24. Aldo Freitas disse:

    Marquinhos,
    tu ta enganado…
    rejeição ? eu estou vendo é mais apoio e menos rejeição.

    cego é aquele que não quer ver.

  25. thiagao disse:

    Eu to com o verdao…acima de tudo a chape.. tomara que isso tudo seja para melhor..

Deixe um comentario