Bocha quadrada

Silvênio Mergen, técnico da bocha feminino de Chapecó, em conjunto com as atletas, reclama da qualidade das bochas que foram disponibilizadas pela Fesporte.

As equipes investem em ternos de bochas vindos da Itália, de qualidade superior, mas a Fesporte optou por obrigar as equipes a utilizar bochas de qualidade muito inferior.

A reclamação, pasmem, é de que as bochas não são redondas, são tortas. Quando perde velocidade no acabamento da jogada elas acabam desviando da trajetória desejada.

Todos estão reclamando. Quando as canchas do Mampituba, elas estão sendo elogiadas.

Silvênio Mergen destacou também que o nível da competição neste JASC está muito alto. Parada dura para a excelente equipe de Chapecó.

 

 

 

 

Deixe um comentario