Diretoria se movimenta

Aproveitando uma parada mais longa até o jogo da quarta-feira de cinzas a Chapecoense se movimenta dentro e fora do gramado.

Dentro das quatro linhas o trabalho segue sendo realizado com forte carga nas áreas tática e física.

Nada de muita folga, o negócio é ajustar os setores que estão devendo.

Gilberto Pereira está muito consciente das carências da equipe e trata de encontrar soluções com o que já tem a sua disposição.

Enquanto isso a diretoria se reúne e busca nomes no mercado para suprir carências na ala direita e no comando do ataque.

Com as novidades para esta temporada na Série C o lastro para investiu se fortaleceu e desta forma ameniza a carga financeira da entidade.

Estes movimentos organizados e que acontecem de forma concomitante mostram que a Chapecoense está sim trabalhando na busca de melhorar, e mesmo líder do Campeonato Catarinense, não estão satisfeitos e reconhecem o clamor da crônica esportiva e dos torcedores.

Felizmente não temos uma diretoria e uma comissão técnica surda e cega.

Na trajetória da Chapecoense e de outras tantas equipes quantas vezes já se viu diretores e técnicos morrerem abraçados com suas convicções e desta forma comprometer todo um projeto.

Nada mais normal que em determinado momento ajustes sejam realizados.

Nada mais normal do quem um determinado percentual de contratações não corresponda ao investimento.

O que não pode ser verificado é a acomodação.

Quando se erra se corrige o erro e não se varre para debaixo do tapete a sujeira.

Falta pouco para a Chapecoense encontrar um ponto de equilíbrio.

A escalação proposta no último domingo é o que de melhor se tem para o momento, ou seja, este melhor ainda não está bom o suficiente.

Futebol não é uma ciência exata, não é matemática pura, neste mundo o risco do investimento dar errado sempre existe, mesmo ele carregando um histórico recente de sucesso.

O bom de tudo é que a Chapecoense é líder e mesmo assim quem comanda o espetáculo não está satisfeito e quer mais. É por aí.

 

Um comentario para “Diretoria se movimenta”

  1. jhe disse:

    gente, vamos fazer alguma coisa pra transferir o mando de campo pra chapecó nesta rodada contra o ibirama, e dpois vamos tentar mudar o de criciuma pra cá, ou na pior das hipóteses pra xaxim, xanxere ou nova itaberaba..

Deixe um comentario