Foi pra geladeira

Coincidência ou não, Rodrigo D’alonso Ferreira, desastrado árbitro de Ibirama 2×2 Chapecoense, que desagradou até o pároco da pacata cidade do Alto Vale, não figurou no sorteio para a rodada final do turno, neste domingo. Para Criciúma e Chapecoense o experiente, Paulo Henrique de Godoy Bezerra foi escalado, com Kleber Lúcio Gil e Helton Nunes como assistentes. Participou do sorteio José Acácio da Rocha. Comemorar antecipadamente uma escala de arbitragem é complicado em qualquer parte, mais ainda em SC, pois o nível de qualidade está abaixo do subsolo. Os novos não estão dando conta e os mais experientes estão desgastados. Até o final da competição teremos muita gritaria. E como era de se esperar os jogos passaram para as 16 horas. Pois na virada de sábado para domingo termina o horário de verão. Já poderiam ter previsto que a agrade da TV seria alterada. Apenas Brusque e Joinville ficou para as 18:30. Todos no domingo, como manda o regulamento.

3 comentarios para “Foi pra geladeira”

  1. Antonio Santos disse:

    Prezado Fernando, até parece que vc é apaixonado por esse árbitro, sai do pé chulé……

  2. jec o maior disse:

    se botarem todos os arbitros que erram nesse campeonato na geladeira o campeonato termina sem juiz pois são todos fracos não tem um bom.

  3. Ottopaulo disse:

    é por isso que enquanto tem aquele homem na cbf e outro aqui em sc.
    deveria de pegar mesmo todos os arbitros de fora mesmo do interior do parana e ri grande do sul
    que sabe eles iria apitar melhor ou vai arrumar outra profissao pq mto fracos e nenhum deveria afita pq naum tem nenhum arbitro fifa em sc ?????quando tem brasileiro esses arbitros só levam mijada dos comentarista q sao fracos q invertem faltas é a mesma coisa no catarinense

Deixe um comentario