Quebrem a bola de cristal

Lembram do Herculano Quintanilha?

Querer determinar de forma antecipada qualquer tipo de situação no futebol é um risco, para não estabelecer como burrice.

Alguns cronistas utilizam este expediente para polemizar, ou arriscam para depois posar como um médium da bola, um ser superior, um Herculano Quintanilha dos gramados.

Existem tendências e elas devem ser analisadas. Mas a tendência nada mais é do que uma possibilidade que momentaneamente reflete uma superioridade, que logo ali na frente pode ser desmanchada. Seja ela por desleixo de quem carregava a vantagem e desta forma sentiu-se superior e acabou tropeçando na sua empáfia, ou mesmo porque do outro lado existia um adversário, que alguns julgavam mosto, mas que na verdade tinha sim seu interesse na batalha.

Um episódio recente envolveu um ótimo jornalista de Porto Alegre, que declarou em sua emissora, que o Inter ganharia o Gre-Nal, que este Inter era o melhor time da América e que seu meio de campo era comparado com o do Barcelona. Nem mesmo seus colegas de bancada o acompanharam na analise, na verdade riram dele. Não deu outra, quebrou a cara. Infantilidade total!

A declaração foi usada como motivação no vestiário gremista e logo depois do jogo o elenco tricolor tripudiou em cima do comentarista.

Para esta rodada decisiva do primeiro turno do Campeonato Catarinense existe uma tendência para o Figueirense, que enfrentará o Camboriú na casa do adversário. Os torcedores do Estreito já adquiriram todos os ingressos disponíveis. O Figueirense encara com muita seriedade o desafio, pois sabe que não existe jogo jogado.

A Chapecoense deve se desligar deste jogo e tratar de vencer o seu desafio sobre o sempre complicado e competitivo Criciúma. O mesmo vale para o desafio do Avaí, que necessita de dois resultados cruzados.

A fórmula do campeonato na extingue a pontuação, ela seguirá valendo até a formatação da semifinal, portanto, ganhar pontos agora é de suma importância, tanto quanto vencer o primeiro turno. Se o Figueirense vencer e conquistar o turno e da mesma forma a Chapecoense vencer, ela não terá levado a vaga direta para a semifinal, mas estará colada no líder, com a mesma pontuação e já dentro da zona de classificação pelo índice técnico.

É assim que este jogo deve ser encarado.

Ganhar o returno será apenas uma possibilidade em caso de resultados combinados. E para que eles se combinem é primordial que a Chapecoense vença o Criciúma.

 

 

5 comentarios para “Quebrem a bola de cristal”

  1. Robero disse:

    Caro Fernando
    Boa Trade

    Estou aqui para tirar uma duvida sobre a recuperação do zagueiro DEMA.
    Me deixa muito curioso em ver o zagueiro Dema, fazer sua recuperação com um profissional particular, e não com um profissional do clube, pois vejo o mesmo todos os dias em uma academia fazendo o mesmo.
    Fica a pergunta não temos profissionais competente na equipe, que eu saiba temos preparador físico, fisioterapeuta, medico,
    e por outro lado o mesmo preparador físico é um profissional mais qualificado e esperiente no que dis respeito a recuperação de atletas lesionados.
    Há não esquecendo fui em um treino da chape e o mesmo DEMA DANDO PIQUE DE 10 TIROS DE MIL, ESTA VOLTANDO AGORA E NÃO TEM TRABALHO ESPECIFICO FICA A PERGUNTA NO AR O QUE ESTA ACONTECENDO.
    DESDE JA AGRADEÇO

  2. fernando disse:

    Roberto, vou buscar me aprofundar sobre o tema. Realmente é de estranhar esta situação. Mas vou conversar com o Cadú Gaúcho sobre este assunto. Tão logo tenha noticias publicarei. Um abraço.

  3. Fabricio (timbo) disse:

    Prezado Fernando
    Boa tarde!

    Estive em Ibirama no ultimo jogo e tenho que discordar de alguns comentarios.
    Primeiro que a grande culpa pelo resultado e do seu Gilberto Pereira. Willian nao serve pra jogar neste grupo. Outra que todo o segundo tempo a Chapecoense jogou sem ninguem pelo lado esquerdo. Na unica vez que desceu por la fez o segundo gol. Concordo plenamente que o ataque esta horrivel. Marcelinho nao veio pra somar. Nao vi nada de especial neste jogador. Ao contrario do que muitos falam, o Nenem pra mim esta jogando um bolao. Nenem e Leonardo ate agora sao os mais regulares no time. Falta alguem de kilate que faca companhia ao Jean no ataque. De uma forma geral o que nao podemos falar e que falta vontade dos jogadores.
    E o Santos hein! Que falta foi aquela que ele cobrou? Se bem que o Nivaldo ajeitou a barreira que o Santos era obrigado a marcar aquele gol.
    No mais um grande abraco.
    Amanha e dia daquela costela, tomar uma caipirinha e ver o jogo…rss

  4. fernando disse:

    Costela, caipirinha, ceva e jogo do time do coraçãp. É bom demais. Grande abraçp.

  5. Geferson Bertoldi - Xaxim disse:

    Nobre amigo Fernando, gostaria de saber a sua confiável opinião sobre o atacante Mendez, ex-Juventude-RS e atualmente no Novo Hamburgo-RS, se o mesmo teria condições de vestir a camisa da Chape na Serie C? Sabemos que o campeonato gaúcho é sempre um bom $$$ atrativo para os atletas, sem esquecer da visibilidade que a TV proporciona(e tambem as generosas cotas de transmissão que os clubes recebem). Diante disto teria a Chapecoense cacife para “tirar” um jogador como o Mendez de um time como o Novo Hamburgo(supondo é claro que após o fim do gauchão o time não consiga vaga para a serie D)? E o nosso ataque hein? Simplesmente uma lástima! Um grande abraço!!!

Deixe um comentario