Pouco jogo, muita chuva e um bom resultado

Avaí 0×0 Chapecoense

Tecnicamente o jogo foi fraco, porém o resultado foi satisfatório. Em três jogos em seqüência fora de casa a Chapecoense conquistou três empates e contra dois grandes, Criciúma e Avaí.
Se a Chapecoense tivesse um ataque operante, certamente seria ela a equipe mais festejada do momento e não o Figueirense.
Defensivamente a Chapecoense se comportou muito bem. Na articulação trabalhou quando deu, devido à proposta mais defensiva. No ataque não tem jeito é preciso mudar com urgência.
Gilberto Pereira esteve em uma noite de competência e soube ler bem o jogo, coisa que não fez o Mauro Ovelha que está enrolado com um grupo muito limitado e sem alma, muito diferente das equipes que Mauro Ovelha sabe montar.
A Chapecoense segue pontuando, mas ainda necessita melhorar. Evoluiu até o ponto que podia evoluir, mas agora chegou ao limite e certamente, sem trocas, poderá decrescer. A diretoria está trabalhando.
Mauro Ovelha está completamente sem ambiente na Ressacada. Não deu liga. Nitidamente alguns acreditam que Mauro Ovelha é muito pequeno para a Ressacada. Coitados.
Nivaldo esteve em mais uma noite inspirada. Foi seguro nas bolas altas e praticou uma defesa espetacular. Não perde a titularidade como pensam alguns.
Agora os jogos serão de semana em semana, com exceção da sexta rodada e dos compromissos da Copa do Brasil.
São detalhes que a Chapecoense precisa acertar e estes detalhes estão na armação das jogadas, em maior eficiência das alas e no ataque que eu sinceramente larguei de mão.
Pelos cálculos da diretoria faltam 13 pontos para garantir vaga na semifinal. A Chapecoense terá cinco jogos em casa, 15pontos, ou seja, está com tudo para chegar lá.
Mas é preciso melhorar.
O que impressionou foi o temporal que caiu no intervalo na Ressacada. Foi de meter medo, coisa de filme.

Foto – Daniel Cavagnoli/ACF

6 comentarios para “Pouco jogo, muita chuva e um bom resultado”

  1. Filipe de Conto disse:

    Com a melhor defesa, e nosso ataque nao tinha otro resultado 0×0 foi justo..
    Apesar de 3 jogos 3 empates fora de casa, acho que poderiamos ter pontuado melhor, dos ultimos 12 pontos conquistamos 4…
    agora é a hora de voltar a vencer…

  2. Silvio SZ disse:

    Com certeza o ataque da Chape para a serie C será todo reformulado.
    Esses jogadores que aí estao, se arrastam, nao tem força no pé, qdo fazem um chute é chute com força de uma criança.
    Admiro a paciencia de Gilberto Pereira para aguentar esses semi jogadores.

  3. Roberto disse:

    Pois é… enquanto somos obrigados a aguentar o Nenem com a 10, o Thomaz, aquele que fez um excelente campeonato No imbituba ano passado, está jogando no marcílio Dias… e pelo que deu pra ver ontem contra o Figueirense, joga umas 14 vezes mais do que o nosso camisa 10… está aí uma opção pra série C… ele consegue mostrar qualidade mesmo naquele time horrível do Marcílio…

    Outra coisa Fernando… tens alguma explicação sobre o fato do Barbosa não estar tendo chançes? Ele foi muito bem nos amistosos, e dificilmente renderia menos que os nossos atacantes, aliás, pra render mais que o Thiago Cavalcanti, João Paulo e o Cisca-cisca do Nicolas não precisa muito né? E a desculpa de que não rende nos coletivos não cabe… pois nosso técnico não faz coletivos…

    Domingo 3 a 0 no Brusque, gols dos zagueiros, é obvio !

  4. Marquinhos disse:

    Este roberto, no fundo queria ser comentarista.

  5. fernando disse:

    Barbosa tem contrato até o final do Campeonato Catarinense, mas não está sendo aproveitado. Esta tentativa de adaptação não está sendo bem conduzida.

  6. Roberto disse:

    De novo Marquinhos pegando no meu pé? Voçe tem algum problema? Tá de mal com a vida? Não é obrigado a concordar comigo, opinião cada um tem a sua, devemos apenas respeitar.

Deixe um comentario