Rodrigo Gral fora do ar

O comentarista Sergio Badá Badalotti postou hoje no inicio da tarde no facebook uma nota dando conta de que a RIC TV Record havia convidado o atacante Rodrigo Gral para uma entrevista, mas por determinação da diretoria da Chapecoense a mesma foi cancelada.

A alegação é de que Rodrigo não deveria se pronunciar como atleta da Chapecoense até que seu contrato não fosse assinado e os exames marcados para esta semana não tivessem um diagnóstico final.

Nada de errado sob este aspecto. Mas fica no ar uma pergunta. Porque apresentaram o atleta como uma nova contratação e chamaram toda a imprensa para uma coletiva?

Foi à entrevista mais concorrida dos últimos tempos.

Inegavelmente uma contratação de impacto, seja pela qualidade do atleta ou mesmo por ele ser de Chapecó e por ter uma carreira internacional consolidada.

O que se vê agora é um impasse desnecessário sendo criado em torno de um nome que poderia alavancar uma série de situações positivas, dentro e fora de campo.

Este episódio envolvendo o cancelamento desta entrevista é mais um dentre tantos desencontros desde a chegada de Rodrigo Gral.

O atleta se diz pronto. O médico diz que ele está inteiro. Um novo exame é marcado. Uma entrevista é cancelada com a clara intenção de dizer que o vinculo profissional não está concretizado.

Novamente pergunto: Porque então apresentaram o atleta?

O desencontro de informações é nítido e existem sim ideias controversas dentro do departamento de futebol.

Esta contratação motivou um pedido de saída de Mauro Stumpf, que logo foi contornado.

Está na hora de definir se Rodrigo Gral é mesmo atleta da Chapecoense ou tudo não passou de um equivoco.

3 comentarios para “Rodrigo Gral fora do ar”

  1. Thiago disse:

    E dai reclamam do publico…

    Nos sócios/torcedores estamos com cara de tongo isso sim…
    Ou ta machucado ou não ta ?
    É jogador da Chapecoense ou não ?

    Deixassem o cara ir para o ar, o mesmo podia ir lá e pedir pro torcedor lotar a Arena Condá… Ia ser uma boa jogada de marketing pra tentar motivar o torcedor a ir domingo no jogo… Mas não, enquanto isso continuaremos com a média de 3 mil no domingo…

  2. silvio sz disse:

    A salavaçao das bilhetrias da Chape, passam por Rodrigo Gral.
    É o unico fato novo, que realmente desperta desejo e euforia do torcedor para comparecimento maciço nos jogos na Arena.

    Contratem ele nem que seja para jogar 30 min por partida.

  3. eduardo disse:

    SO ACHO Q UM JOGADOR Q TEVE PASSAGENS POR GREMIO FLAMENGO SPORT SELEÇAO BRASILEIRA OS 2 MAIORES CLUBES DO JAPAO QATAR E TEM UMA CARREIRA DE SUCESSO SEMPRE POR ONDE PASSOU MERECIA UM POUCO MAIS DE RESPEITO AINDA MAIS NA CIDADE ONDE NASCEU E MOSTROU TODO O INTERESSE EM JOGAR ACHO UMA FALTA DE RESPEITO INCLUSIVE COM OS TORCEDORES MAS TEMOS Q PERGUNTAR AO NOSSO TREINADOR Q NUNCA TREINOU NINGUEM DE EXPRESSAO OQ REALMENTE ESTA SE PASSANDO. BOM COMO DISSE O SILVIO AI ENCIMA E O ATRATIVO PARA OS TORCEDORES SEM CONTAR A VISIBILIDADE Q IRA TRAZER A CHAPECOENSE E O INVESTIDORES Q PODEM VIR COM ISSO MAS DEIXAMOS NAS MAOS DOS INTELIGENTES.

Deixe um comentario