As prioridades da Arena Condá

A meta é deixar a Arena Condá assim.

Recebi há poucos instantes um telefonema do secretário de comunicação da Prefeitura de Chapecó, Fernando Mattos, dando conta das prioridades estabelecidas pelo poder público, no sentido de dotar a Arena Condá de melhorias para deixar a praça esportiva preparada para receber a Série B em 2013.

Ficou estabelecido que o vice-prefeito, Luciano Bulligon, será o responsável pelas obras, que iniciarão já em janeiro.

Os processos licitatórios serão abertos nos primeiros dias de 2013.

Prioridade um: Vestiários novos, para Chapecoense, visitantes e arbitragem, que serão construídos embaixo da ala norte. Lá também serão construídos banheiros para atender os torcedores. Depois, quando a ala leste estiver pronta e lá serão construídos os vestiários definitivos, os que forem edificados agora na ala norte servirão como apoio para outros eventos e competições.

Prioridade dois: Construção de novas cabines de rádio e TV. Reforma completa das já existentes. Todo sistema de cabos e central de dados e linhas telefônicas novas. Fechamento da passagem atrás das cabines com circulação apenas dos profissionais de imprensa. Os banheiros lá existentes atenderão apenas aos profissionais de comunicação. Esta reforma prevê inclusive a climatização das cabines e a troca de todas as portas para dar maior segurança ao setor.

Prioridade três: Investimento em melhorias na iluminação da Arena Condá. Estudos preliminares garantem uma melhora de 50% no que hoje existe.

Haverá também uma reformulação e revitalização do espaço que abriga a estatua do Índio Condá. Ali deverá ser montada uma praça, um local de convivência, organizando também o espaço dos vencedores de alimentos.

O rebaixamento da ala sul somente acontecerá em consonância com a construção da ala leste, que tem previsão de abertura de licitação para a próxima temporada. O projeto da ala leste será feito em parceria com o curso de arquitetura da Unochapecó, valorizando desta forma os profissionais lá formados.

São muitas novidades e todas elas vão ao encontro do crescimento do nosso futebol profissional.

Outra novidade será um convite que será formulado pela diretoria da Chapecoense que quer uma visita técnica por parte das CBF, para que tudo que venha a ser realizado na Arena em termos de obras de melhorias tenham a orientação da CBF, evitando erros e imediatamente atendendo a todas as demandas.

Obrigado Fernando Mattos pelas informações.

11 comentarios para “As prioridades da Arena Condá”

  1. Silvio SZ disse:

    Isso anima o torcedor, que ve no empenho das autoridades municipais, o desejo concreto de que haja a conclusao da Arena Conda.
    Que nao seja tbem apenas blá, blá, blá. Quero ver tudo pronto, mas que eu acho que vamos fazer bonito para o Brasil, isso eu creio.

  2. concordo com o Silvio, ótimas noticias, para nos torcedores, da um animo para 2013, tudo o que vem sendo feito, é coisa de time grande, começando pela apresentação dos uniformes.

  3. Geferson disse:

    Sou acadêmico de Arquitetura e Urbanismo e só não concordo com uma coisa, a de que cada Ala da Arena seja projetada e construída cada vez por pessoas e empresas diferentes, acontecerá que o projeto não terá o que chamamos de “unidade” pois cada lado será diferente dos demais, divergindo do projeto original, este aí da foto acima. O desafio será integrar de forma eficiente os quatro lados da Arena. Se ficará bom ou ruim é outra história, mas acredito que cada etapa não repetirá os erros passados, pelo menos é o que esperamos.
    FELIZ ANO NOVO Á TODOS!!!

  4. fernando disse:

    Excelente sua colocação Geferson. E realmente temos diferenças gritantes entre a ala sul e a norte. Não somente na altura, mas também nas entradas e outros itens.

  5. Silvio SZ disse:

    Para ficar mais gritantes ainda as diferenças, a proxima ala (leste) terá o projeto assinado pelos academicos da Unochapecó.
    Tomara que esses academicos, tenham bom senso e deem uma continuidade e formato da ala Norte.

  6. moraesão disse:

    Parece até brincadeira! Em primeiro lugar deveriam ter licitado a reforma (construção) de todas as alas de uma única vez, para ser realizado por uma única empresa. Agora se a prefeitura não tinha condições de pagar todo o projeto e a construção de uma só vez era só colocar isso em contrato, especificando que em 1 ano seria feito uma ala e pago pela mesma, no outro ano a outra e assim sucessivamente. E sobre o projeto ser elaborado pela Unochapecó, não vejo problema, desde que seja coordenado e assinado pelos professores, o problema será depois a execução, como o geferson falou, dividiram um único projeto em 4 (das 4 alas) e a execução tbm pra ser executado por empresas diferentes, o que poderá causar inconsistências como a que podemos notar na ala sul.

  7. Cristiano disse:

    Boa Noticia, mas infelismente a Arena esta longe de ficar parecida com o projeto original , ta mais pra um remendão do que pra Arena , que na verdade nunca sabemos se é Arena Condá ou Estadio Regional Indio Conda

  8. fernando disse:

    Entendo as criticas relacionadas a questões pontuais sobre a Arena Condá, mas reclamar de sua existência me perece exagero. Eu que ando pelo Brasil transmitindo futebol já me deparei com cada barbaridade que vocês não imaginam. Para equiparar a ala norte a sul no que se refere a altura é uma obra que não demanda de milagres. Foi uma barbaridade o erro ter acontecido, mas da para arrumar. Quanto a Unochapecó assinar o projeto da ala leste, os acadêmicos evidentemente terão acompanhamento dos mestres, pessoas mais do que gabaritadas. A arena já possuiu uma linha arquitetônica definida, o que será projetado será muito mais o aproveitamento interno, abaixo das arquibancadas, já que dentro é apenas erguer um belo paredão para receber com conforto e segurança os torcedores. Nós devemos nos orgulhar da nossa Arena, mesmo com alguns erros, que são muito pequenos perante a importância da obra. Devemos debater e sempre na medida do possível orientar, mesmo sem sermos profissionais da área. Depois de erguida a ala leste a aparência será outra e as opiniões mudarão. Nossa Arena vai ficar espetacular, podem ter certeza. A Arena Conda não é problema é um orgulho.

  9. Silvio SZ disse:

    Ta falado mestre Fernando. Feliz 2013.

  10. Diogo disse:

    Sim a Arena deve ser comemorada, mas também deve se ter o senso crítico de reconhecer que houve falha no projeto, na execução e na fiscalização da obra.

    Já imaginou você construir a sua casa, e os pedreiros não fazem o nivelamento das paredes, aí na hora de fazer o telhado fica um lado maior que outro, com ondulações, etc. Aí quando você vai reclamar, eles dizem: “mas compara com onde você morava antes, apesar dos erros, agora está loco de bom”. Como leigo em construção, não creio que ficará como o projeto original.

    É justamente por ser uma obra com dinheiro público que deveria ser bem feita todas as etapas!

    De qualquer forma, ela é bem vida, deve ser comemorada e creio que no final todos ficaremos orgulhosos.

    Entretanto, temos que cobrar, sempre, para que os erros não se repitam!

    E por uma questão de justiça e ética, a adequação da ala sul deveria ser bancada pelas empresas que fizeram o projeto e a execução. Mas, é muito difícil isso acontecer.

  11. Roni Tecchio disse:

    Acho que todos nós já merecemos isso que está acontecendo,a chapecoense está prestes a estar entre os 20 melhores times do Brasil, está crescendo a nível nacional, e notícias em quase todos os jornais do pais. Está chegando pra ficar

Deixe um comentario