Mithyuê vai disputar o Campeonato Alagoano

O chapecoense foi por empréstimo ao CSA clube recordista de títulos estaduais

Chapecó (18.1.2013) – O Clube Sportivo Alagoano é a nova casa do meia atacante Mithyuê para os próximo quatro meses. Recém desvinculado do Grêmio, o atleta chapecoense é o mais novo reforço do CSA  para o Alagoano 2013. O jogador se apresentou no CT Gustavo Paiva, em Maceió, passou por exames médicos com o fisioterapeuta André Soares e com o médico Geraldo Lessa.

 

Nesta sexta-feira pela manhã o atleta iniciou as avaliações com os preparadores físicos Vitor Albuquerque e Neildo dos Anjos. Também começou a bateria de treinamentos preparativos para estar pronto. A estreia no campeonato poderá ocorrer na quarta-feira (23) contra o Corinthians Alagoano no Estádio Rei Pelé. Mithyuê tem a admiração e confiança do técnico Lorival Santos.

 

O gerente de futebol Elias Mansur disse que a questão física do atleta é assunto para o jogador e os setores competentes do clube. Ao comentar sobre a condição de jogo, ponderou que “ele é um jovem, mas não vamos antecipar nada, mas, podemos dizer que é um grande talento para o clube”.

 

Dono da maior e mais fanática torcida de Alagoas, a “Nação Fantástica Azulina”, O CSA tem sua sede no bairro Mutange em Maceió e completa 100 anos em setembro de 2013. O também chamado de “Azulão” é um dos principais clubes do Nordeste e recordista de títulos do Campeonato Alagoano. Foi campeão estadual 37 vezes.

 

Maceió é a maior cidade e capital de Alagoas. Com 1 milhão de habitantes a  cidade do litoral nordestino é um dos mais belos polos turísticos do país, sendo  considerada o “Caribe Brasileiro” devido às suas belezas naturais que atraem turistas de todo o mundo. É nesta cidade que o ex Seleção Brasileira de Futsal atuará durante os próximos 120 dias.

 

Motivação – Mithyuê disse que “está muito empolgado” com o novo desafio. “Já estou me sentindo bem aqui, onde foi muito bem recebido por todos”. O que quer é ajudar o CSA ser campeão pela 38ª vez e se firmar definitivamente no cenário nacional.

 

O atleta lamentou a série de lesões sofrida no Grêmio que comprometeu seu desempenho. Foram três cirurgias em três anos. Uma no joelho esquerdo (exigiu quase um ano de tratamento) e duas no ombro direito. No tricolor gaúcho teve raras oportunidades, mas foi bem quando jogou. “Quem sabe um dia eu volte ao Grêmio” admite, para destacar o comportamento exemplar da torcida que sempre o apoio e por ela nutre grande carinho e admiração.

 

Agora, com novo ânimo, Mithyuê quer “dar a volta por cima”, fazer no CSA seu melhor campeonato e contribuir para que o “Azulão” seja mais uma vez campeão estadual.

 

Assessoria de Imprensa

Deixe um comentario