Pallaoro x Miri

O prefeito Miri de Xanxerê e o presidente da Chapecoense, Sandro Pallaoro, entraram em rota de colisão. Desentendimentos relacionados a valores dos ingressos culminaram em discussões públicas. Vamos com calma. Uma matéria muito bem feita pela RIC TV Record de Chapecó deixou a situação clara. Uma conversa frente a frente é o ideal para aparar qualquer aresta. Explorar o desentendimento é contraproducente e apenas vai gerar perdas para todas as partes.

A palavra final na Chapecoense deve ser do presidente. Ele precisa autorizar iniciativas. Pelo que levantei alguém prometeu o que não poderia ter prometido e partiu de dentro da Chapecoense. Este foi o gatilho para uma discussão pública que não deveria ter acontecido. Na intenção de ajudar alguém atrapalhou.

No quesito financeiro a Chapecoense deixou sim de arrecadar um montante financeiro considerável com os jogos em Xanxerê. Custos adicionais se avolumaram como era esperado. Com a iniciativa, Xanxerê recuperou uma praça esportiva que estava despedaçada e ganhou em mídia estadualizada e até nacional. Politicamente o prefeito Miri também saiu por cima. A Chapecoense ganhou lá o turno e teve apoio da comunidade e lá abriu um consulado. É preciso reconhecer ganhos e perdas, mas é necessário ter capacidade intelectual para entender que a Chapecoense necessita arrecadar para pagar suas contas. Em primeiro lugar a Chapecoense, depois a fila se organiza. 

12 comentarios para “Pallaoro x Miri”

  1. Tem gente achando que é um problema entre Chapecoense X Prefeitura. Na verdade, é um desentendimento entre Pallaoro X Miri que, ambos de cabeça quente, acabaram falando o que não devia. Muito disso ocasionado pelo problema crônico que a Chapecoense tem com a falta de comunicação interna.

    Briguinha particular que de nada irá estragar o bom convívio do clube com a cidade. Mas para isso, algumas palavras devem ser medidas para que esta identificação que Xanxerê criou com a Chape não vire em um sentimento de desapontamento.

  2. fernando disse:

    Muito bem colocado Marcelo Júnior.

  3. Fora outras coisas que estão falando aqui ainda Fernando, gente de dentro da prefeitura, que a Chape não esta pagando aguá nem luz, que a Chape não deixa dinheiro nem um para a Prefeitura, que isso é errado, que deveria pagar para jogar aqui, somente para falar mal da Chape mesmo.

  4. Por isso que eu digo, que isso desencadeou um sentimento de que é um problema entre prefeitura e clube. Quem defende a prefeitura, acha problemas na Chapecoense. Quem defende a Chapecoense, acha problemas na prefeitura.

    Calma povo, dia 10 (caso a Arena não esteja apta), estarão os dois no campo comemorado mais uma vitória em cima do Jec.

  5. fernando disse:

    Tudo isso deixa margem para um monte de fofocas. Uma pena.

  6. bento disse:

    coisa linda a campanha do Zilmar dalpozo, meus pais disse que conhecia a familia do Zilmar, é um baita gringon gente boa e sempre foram trabalhador na roça. disse que ia na roça com aquela maqueninha de passa veleno que fazia fuqui, fuqui e fuqui. este sempre foi trabalhador e mereçe tudo o que ganhando gente. Ontem mesmo passsei mal tomei um chá era amargo, mas faz bem e lembrei quando ele foi campeão gacuho no caxias, que goleron gente do céu, era de chorra as defesas que ele fazia gente,

  7. Roberto disse:

    Mas e qual o lucro em polemizar mais essa situação?
    É impressionante como se criam situações quando dentro de campo tá tudo bem… é inter na arena, é discussão interna que vaza, é o craque do time todo dia na tv, é especulação sobre saída de jogadores, assim fica claro que asim como tem muita gente que quer o bem do verdão, tem muita gente que quer atrapalhar…

    Todos devemos repensar estas situações, presidente quando fala demais, prefeito de xanxere quando dá entrevista, imprensa que divulga e nós que comentamos e criamos polêmica… só uma coisa nos tira o título deste ano, A FALTA DE FOCO!

  8. fernando disse:

    Roberto, faz parte do negócio. É só encontrar a maneira correta de consumir tudo isso.É só não valorizar em demasia. Se não tivéssemos tudo isso ficaria muito monótono.

  9. Cristiano disse:

    Concordo com o Roberto, a imprensa de chapecó adora colocar lenha na fogueira , ou mesmo iniciar uma , tem certos assuntos que nem se comenta devida a sua falta de importancia.
    Deveriam sim estr sendo Dbeatidos temas como: Teremos sim o arltileiro do campeonato. Como esta a conclusão da Arena etc, etc, etc. . . mas acontece que em chapecó tudo creceu e EVOLUIU, menos a imprensa, que no fim das contas ainda se preocupa em polemizar o verdão e dar ênfase a dupla Grenal . . . Acorda “profissionais amantes do verdao” vamos ajudar o time e ter como exemplo a imprensa de outras cidades de Santa Catarina e idolatrar seu time , seja nas horas boas ou nas horas ruins. Veja se em algum programa dos clubes em Florianopolis, Joinville ou criciuma se fala em outra coisa. Este desentendimento da Prefeitura de Xanxerê x Palaoro , isso na verdade nem deveria se dar importancia. pois na verdade quem mais perde Óbviamente é Xanxere . . . .
    Imprensa Chapecoense , vamos manter o foco , verdão , lider do campeonato .

  10. fernandocesaro disse:

    Também concordo com o Roberto… leio a maioria das colunas da imprensa esportiva de Chapecó… o único que não polemiza assunto desnecessario é o Bada (olhem se tem algum post dele falando do prefeito de xxre)… o resto volta e meia ta dando ibope para o que não merece e criando sem querer mais atrito desnecessário entre as partes

  11. fernando disse:

    Entre noticiar problemas e não criá-los, acredito ser melhor a segunda opção. Imprensa deve sempre noticiar o bom e o ruim, Jornalista, cronista esportivo, colunista ou blogueiro que varre noticia ruim pra debaixo do tapete é incompetente ou mal intencionado. O Badá é um dos grandes nomes da imprensa de SC e sempre prima pela verdade e escreve SIM sobre assuntos polêmicos. Agora parte da imprensa é mais uma vez a culpada por uma briga que ela não criou. Noticia é noticia e ponto final.
    Então o refeito de Xanxerê e o presidente da Chapecoense batem boca publicamente e não devemos comentar nada? Da um tempo!

  12. O pessoal reclama porque não sabe como é em Xanxerê. Aqui se deitaram em cima disso para de fato criar polêmica desnecessária e irresponsável. O Pallaoro já fez uma bela de uma burrada em falar mal da cidade, dai a imprensa pegou essa declaração para colocar lenha na fogueira e colocar o povo contra o clube.

    Pelo menos a imprensa de Chapecó está sendo imparcial, colocando os fatos como ocorreram.

    É claro que o Pallaoro quis atingir o Miri, e não a cidade em sí, mas a forma como ele falou foi de uma extrema ingratidão com o povo daqui.

Deixe um comentario