O reencontro com a vitória

Na noite desta quarta-feira a Chapecoense recebe o Metropolitano de Blumenau, às 20h30min.

As campanhas se equivalem no returno. Na classificação geral o Metropolitano aparece na terceira colocação, com 19 pontos, são oito a menos que a Chapecoense e apenas um ponto a frente do Atlético de Ibirama, seu maior concorrente pela vaga na Série D. A conquista do returno está bastante comprometida, mas a missão de chagar a quarta divisão nacional está amarrada a uma presença na semifinal pelo índice técnico.

Para a Chapecoense o jogo representa a manutenção da liderança geral e consequentemente a possibilidade de jogar uma eventual decisão em casa e também a tranquilidade para aplacar reclamações sobre elenco e comissão técnica.

Para o Metropolitano representa permanecer vivo e forte na luta por um lugar ao sol.

O Metropolitano está tratando o jogo como uma decisão, pois está em Chapecó desde segunda-feira.

Jogo fácil não existe, mas a superioridade da Chapecoense precisa ser reconhecida.

É jogo para a Chapecoense de Gilmar Dal Pozzo (foto) reencontrar as vitórias e os gols, pois não vence e não marca gols a três rodadas, quando em nove pontos conquistou apenas dois.

Foto – Junior Matiello. 

Deixe um comentario