Bom ou ruim

A parada das competições nacionais para a Copa das Confederações é boa ou ruim?

A pergunta é feita a toda hora. Eu analiso da seguinte forma.

Para a Chapecoense ela será benéfica. Fechou a primeira parte da competição na liderança e com um futebol de primeira linha, mas os atletas estão estourados pela sequencia de jogos, muito mais na parte psicológica do que propriamente física.

O grupo não teve um dia de folga sequer entre o Campeonato Catarinense e a Série B. É hotel, é treino, é viagem, é jogo e pouco tempo para a família e amigos.

Uma parada será muito salutar sob este aspecto. Bom destacar que nem todos ganharam a regalia de uma semana de folga. Os que estão em alto nível ganharam a merecida folga, mas aqueles que estão ou no departamento médico ou ainda na preparação física estão todos trabalhando pesado para equiparar as condições.

O planejamento está muito bem elaborado e nas mãos de profissionais de gabarito.

O próprio técnico Gilmar Dal Pozzo disse na entrevista coletiva no jogo contra o Paysandu, que não via seu pai há três meses e que estava precisando ficar com a família.

Por todos estes motivos acredito que a parada será positiva para a Chapecoense.

Deixe um comentario