Grande Debate Esportivo

Na terça-feira, recebemos no Debate Esportivo da Rádio Chapecó AM 1330 (18:10 as 19:00), a visita do técnico da Chapecoense, Gilmar Dal Pozzo. Ele está visitando todos os veículos de comunicação que cobrem o dia a dia da Chapecoense, aproveitando o período sem viagens, deixando sua mensagem e se aproximando do torcedor.

O Debate Esportivo de terça-feira foi de alto nível, com perguntas bem formuladas pelos ouvintes e com clareza de raciocínio por parte de Dal Pozzo.

Falou abertamente em relação ao assédio sobre ele e sobre alguns atletas do seu elenco. Confirmou ter recebido uma ligação de seu amigo Tite, técnico do Corinthians, que perguntou sobre Alan. Disse que seu projeto é ficar na Chapecoense no mínimo até o final do contrato.

Falou das possibilidades de vários atletas e da forma como está estabelecida a salutar concorrência por posições, pois a qualidade do elenco propicia esta realidade.

Gilmar Dal Pozzo amadureceu muito desde sua chegada a Chapecó e hoje adota uma forma de jogar com a Chapecoense que surpreende muitos adversários, com um poder de marcação muito forte e presente, mas sem abdicar do ataque, não é armar retranca, é marcação aplicada, encurtando o campo.

Dal Pozzo salientou também a grande capacidade que o time tem em roubar bolas. Tanto nos treinos, como nos jogos, o levantamento aponta está como sendo uma das principais virtudes da Chapecoense.

Todos na Chapecoense estão demonstrando muita maturidade neste momento de destaque nacional.

Ser líder, após seis rodadas, chama a atenção e volta os interesses do futebol nacional para Chapecó.

Oscilações irão acontecer, será natural na caminhada e está sendo alertado a todo o momento. Sem euforia com as vitórias, mas sem crise nas derrotas. Serão 36 jogos até o final da temporada.

2 comentarios para “Grande Debate Esportivo”

  1. JORGE disse:

    Fernando, vejo no Gilmar um exemplo ímpar em seu posicionamento sobre o “cumprimento do contrato”, essa integridade certamente tbém é vista pelos clubes q/ demonstram interesse nele. Não me surpreenderá se esse moço se tornar um ícone no comando técnico mundo afora, aposto fichas nisso.

  2. Rodrigo Goulart disse:

    Agora deu pra perceber que o cabelo deste que vos escreve está rareando cada vez mais.

Deixe um comentario