O mesmo ou o diferente

Gilmar Dal Pozzo ensaia uma mudança de esquema tático e abre a possibilidade de jogar com três atacantes na tarde deste sábado frente ao Avaí, pela Série B, de forma mais ofensiva. Interessante, seja pela proposta nova e pontual ou mesmo para criar um problema para o Hemerson Maria, técnico do Avaí.

A possibilidade é à saída do volante Augusto e a entrada do atacante Soares (foto).

Uma linha de quatro na defesa, mas com um ala mais agudo, que é o caso de Anderson Pico, dois volantes de contenção, um mais contido, Wanderson, e outro mais a frente, Paulinho Dias, o articulador do time, Athos. E três na frente, Soares na frente da área, Fabinho Alves abrindo mais na ala direita e Bruno Rangel, o mais adiantado.

Uma formação bastante aguda e que certamente deixa Hemerson Maria preocupado com a força ofensiva que a Chapecoense pode e deve exercer em caso de confirmação desta escalação.

Se Gilmar Dal Pozzo já testou a formação com Soares e sem Augusto, ou ele começa ou certamente adotará a mesma no decorrer do jogo. Pode também começar com três atacantes e em caso de sucesso ele pode recompor uma formação mais fechada no meio de campo com a entrada de Augusto.

Interessante à visão de Gilmar Dal Pozzo. Como ele pensa jogo a jogo, certamente identificou no adversário a possibilidade de adotar um esquema mais ofensivo, obrigando o bom meio de campo do Avaí e voltar para marcar. Seria a máxima de que a melhor defesa é o ataque? Vamos saber neste sábado.

Foto – globoesporte.com 

Um comentario para “O mesmo ou o diferente”

  1. thiagao disse:

    eu acho que ele começa com a mesma formação de sempre… mas é interessante porque o Soares ta jogando bem, na verdade o time ta forte… a formaçao que vier o time corresponderá..
    grande jogo amanha!!

Deixe um comentario