Jogo ruim e atuação deficiente

Ceará 3×1 Chapecoense

Um dia a primeira derrota iria acontecer. Veio contra o Ceará em uma noite de pouco futebol da Chapecoense.

Nada deu certo. Os erros foram muitos e dentro e fora de campo. A Chapecoense lembrou o returno do Campeonato Catarinense. Sem brilho e travada dentro de campo.

Em 10 jogos apenas uma derrota, uma marca espetacular.

O zagueiro Dão teve sua grande chance de se firmar como  titular e naufragou lamentavelmente. Vai voltar para o banco.

Toda a criatividade de meio de campo simplesmente não apareceu e com isso o futebol não fluiu.

Gilmar Dal Pozzo demorou demais para substituir e quando o fez, realizou o trabalho com equívocos nas suas escolhas.

Analiso apenas o jogo de forma isolada. A campanha segue sendo maravilhosa e merece reconhecimento, mas o jogo de ontem foi muito ruim.

A tendência é de que o jogo de sábado contra o Sport seja ainda mais complicado, pois é reconhecidamente melhor do que o Ceará.

É assim mesmo. Nada fora do normal, nada fora do contexto, mas é preciso reconhecer que contra o Ceará a Chapecoense jogou pouco e por isso perdeu.

O pior setor da Chapecoense foi à zaga. Desequilibrada, com falas de comunicação e demonstrando insegurança.

Levar três gols em 10 minutos é a prova cabal da baixa qualidade da apresentação.

As analises de Dal Pozzo

Mais uma vez gostei da entrevista coletiva do técnico da Chapecoense.

Reconheceu que a desatenção foi fatal para a Chapecoense no jogo de derrota para o Ceará.

Até fez menções sobre a logística de viagem errada que levou a Chapecoense a viajar na véspera do jogo, o calor senegalês da noite de Fortaleza, reconheceu que faz parte do pacote, mas o fato maior foi realmente a falta de sintonia.

Quanto ao adversário, Dal Pozzo reconheceu que houve poder de reação e a personalidade com que o Ceará jogou.

Dal Pozzo espera para hoje uma definição sobre o caso Alan e uma possível liberação do jogador. Se a Chapecoense receber um documento liberatório ele viaja imediatamente para Recife.

Surgiu uma noticia de que Anderson Pico poderia estar se transferindo para o Náutico, assunto que foi negado pelo gerente de futebol, Cadú Gaúcho.

Dal Pozzo vai, como sempre faz, assistir a gravação do jogo com todos os atletas, para que todos os erros sejam assimilados e desta forma não se repitam.

E segue a vida.

3 comentarios para “Jogo ruim e atuação deficiente”

  1. Anderson disse:

    Fernando, achei a Chapecoense cansada em campo e 3 gols em 15 minutos, foi um ponto fora da curva em nossa defesa, que sempre foi sólida. Acho que Dal Pozzo tem de fazer rodízio no time, pois tinha claramente jogadores cansados. Mas uma hora ia perder, bola pra frente!! Continuamos no G-4

  2. mauro disse:

    Fernando, acredito sabado na Chapecoense, pois devido a derrota o time volta ao normal… Estamos muito bem e não há motivos para se desesperar, só que um resultado não positivo dava para sentir antes do jogo: estamos onde estamos pela humildade e respeitando adversario, porém depois do jogo contra o avai o nosso treinador começou frases do tipo: “enquanto eles treinam tocando bola antes do jogo nos treinamos forte…”, acredito não precisar falar negativamente se vangloriando. Acredito que até na imprensa, que este ano está á nivel de série b realmente (parábens), depois de sabado se empolgou, podemos ver até sua postagem antes do jogo, dando que seria normal e até provável o Ceara ir para o Z4. Acredito que todo o grupo Chapecoense (Tecnico, jogadores, direçaõ, torcida, imprensa…) está bom, e há males que vem para o bem… então por mais que estamos em momento melhor, vamos sempre nos colocar como pequenos, com humildade, coisa que ontem o Ceara, mesmo jogando mal, fez em se defender muito bem. Estou orgulhoso da Chapecoense, apenas ontem deviamos ter respeitado Ceará pelo nome que ele tem e não pela classificação que está. Abraços

  3. Silvio SZ disse:

    As vezes me da medo esse Dalpozzo. Parece que dá um curto circuito na cabeca dele.
    Zagueiro Dão, falha muito, Glaidson no mAXIMO RELacionar p/o banco, tava perdido no jogo.
    Ta na hora de comecar a dar chance p/Danilinho, Diogo Miranda, vamos ver esses jogadores atuarem.
    Nenem faz muita falta. De repente ontem era jogo p/Diego Felipe, nao tinha um que carregasse a bola.

Deixe um comentario