Agora não falta mais nada

 

O esperado aconteceu, a Chapecoense carimbou sua vaga para a Série A de 2014 ao empatar em casa, em 1×1, com o Bragantino.

Jogo de muita movimentação e contato físico, chegando à deslealdade em algumas vezes, mas que ao final deixou as duas partes felizes e após os 30 minutos da segunda etapa não houve mais jogo.

Bruno Rangel voltou a marcar, ao final da primeira etapa, com o estilo que o consagrou na temporada, de cabeça, certeiro.

O empate veio com Lincon, também de cabeça, no início da segunda etapa. Depois disso algumas chances foram construídas, inclusive com Rodrigo Gral quase marcando.

Quando as duas equipes se deram conta que o empate servia para os dois times, trataram de fazer o tempo correr, ao ponto de irritar o árbitro, que de forma inusitada cobrava os jogadores para que fossem mais ágeis, mesmo com a bola rolando. Sem dar muitos acréscimos, foi apenas esperar o apito final e fazer a festa.

E foi uma festa bonita! O técnico Gilmar Dal Pozzo foi o protagonista das imagens mais marcantes. Ele promoveu uma solitária volta olímpica e foi em todos os setores do estádio agradecer e agitar o torcedor. Nas traves, local do campo que habitou como jogador, ele fez uma festa especial, agitando as redes.

Festa de um grupo competente e de uma torcida apaixonada que coloca Chapecó no mapa das 20 mais importantes equipes do futebol brasileiro em ano de Copa do Mundo no Brasil.

O momento se explica por si só.

5 comentarios para “Agora não falta mais nada”

  1. Thiago disse:

    E agora porque o Sr. Douglas Dorneles da Radio Chapecó não pede a demissão do Professor Gilmar Dal Pozzo.

    No empate com o America-RN falou um monte de merda no radio após o jogo, tem cara da imprensa de Chapecó que não esta muito feliz com o Acesso da Chape…

    Fora esses Azias, estamos ai mostrando para o Brasil todo quem é a Chapecoense, principal candidata a rebaixamento segundo a revista Placar no inicio do campeonato para vice Campeão.

    Viva a nossa Chape que nos enche de orgulho e alegria..

  2. thiagao disse:

    Vamos incluir aquele abraço para o Sr. Ivan Carlos … que até esquema de empresário citou naquela porcaria de coluna… que recebo no jornal diariamente mas só uso para outros fins…
    Foi emocionante sabado… e o proximo ano será um enorme apreendizado para todos..

  3. osmar disse:

    Bem lembrado Thiago. Quando se empunha um microfone, é preciso responsabilidade, equilíbrio e respeito, coisa que o indigitado “cronista esportivo”, vamos chamá-lo assim, demonstra não ter. Não obstante este cidadão, Fernando, parabéns pelo trabalho.

  4. Silvio SZ disse:

    Espero tbem que a partir de agora a Radio Super Condá, nao vá transmitir jogos da dupla gRENAL, como tem feito até agora.

Deixe um comentario