É hora das férias

Final de 2013 com muito para ser comemorado.

Foi uma temporada sem títulos da Chapecoense, mas com um digno vice-campeonato e a maior de todas as conquistas que foi o aceso para a Série A, que vale muito.

Crescemos juntos. Aprendemos juntos e juntos vamos ao encontro do maior de todos os desafios. E quando os desafios se apresentam, eles nos colocam em posição de decisão, ou seja, vai encarar ou vai amarelar?

Desejo encarar cada um dos desafios que se oferecem.

Assim como a Chapecoense, junto com meus colegas de fé, subimos da última até a primeira divisão do nosso futebol, sem faltar a nenhum jogo.

Com a Rádio Chapecó consolidamos a liderança nas transmissões e programas esportivos. Provado em pesquisa.

No Jornal Voz do Oeste comemoramos 10 anos e um posicionamento que nos consolida no mercado.

Duas equipes que tenho a honra de ser integrante.

Foi um ano de 2013 com a força e as boas noticias que me jogam para 2014 com a corda toda!

Vou descansar um pouco. Serão 30 dias de convivência familiar, algumas viagens, alguns reencontros, novidades para quem vai me acompanhar, mas acima de tudo de ligar a bateria na tomada da vida e deixa-la recarregar ao máximo, pois na próxima etapa, que se aproxima, quero na próxima temporada ter força máxima para fazer o maior de todos os trabalhos já realizados.

Tudo aquilo que sonhei um dia, na minha profissão, está na véspera de acontecer.

Obrigado pela leitura das colunas, do blog e da audiência no rádio.

Vamos nos encontrar em 2014! Obrigado meus amigos e minhas amigas!

Começaria tudo outra vez

Não tenho a menor dúvida sobre isso.

Ao final de cada temporada, faço uma reflexão sobre tudo, os erros e os acertos.

Quanto ao futebol e a Chapecoense, se amanhã pela manhã eu acordasse de um sonho, que representasse apenas uma ilusão de que a Chapecoense estivesse na Série A e se meus colegas me informassem que teríamos de viajar novamente para um jogo em Naviraí no Mato Grosso do Sul, já estaria com minhas malas prontas e os equipamentos arrumados para começar tudo de novo.

Tenho certeza que o caminho seria o mesmo, que as vitórias e derrotas seriam as mesmas, mas que acima de tudo teríamos a certeza de que o final do sonho, também seria o mesmo. Engrandece a alma ser cronista de uma história tão bonita. Chegar ao final de uma temporada com tanto coisa boa para contar é reflexo da felicidade.

Obrigado Chapecó e a Chapecoense pelas oportunidades.

 

2 comentarios para “É hora das férias”

  1. Silvio SZ disse:

    Bem assim mesmo Fernando. Boas ferias, Boas Festas e que ano que vem vc narre muitas vitorias da Chape.
    Tambem digo: Obrigado Chapecó pelas oportunidades.

  2. Kiko Mandolatto disse:

    volta logo a trabalhar vagabundo!!!

Deixe um comentario