Apenas um jogo chato

Juventus 1×1 Chapecoense

Foi um jogo bastante fraco na parte técnica.

O gramado do estádio João Marcatto é o pior de SC e ajuda a estragar o jogo, além deixa aquele aspecto de desleixo.

O time do Juventus é apenas voluntarioso, já que tecnicamente deixa muito a desejar. A Chapecoense jogou com um time misto, quase reserva, se levarmos em consideração aquilo que é projetado para a Série A.

Tudo isso junto e misturado, formou um mingau sem gosto e sem consistência.

O Juventus saiu na frente, aproveitando-se de uma falha na zaga e de um primeiro combate não executado pelo zagueiro Rafael Lima, que está abaixo da sua capacidade.

O empate veio em jogada confusa que foi finalizada por Roni, que é esforçado, lhe falta qualidade, mas tem resolvido algumas situações. A primeira finalização da segunda etapa foi executada pela Chapecoense apenas aos 25 minutos, para que se tenha uma ideia do volume de jogo.

Nitidamente os jogadores da Chapecoense estavam com a cabeça no jogo de Rio Branco no Acre, amanhã, terça-feira. As divididas não aconteceram. Muitas vezes a bola era tocada para fazer o tempo passar. Havia um nítido interesse menor do que em jogos com outra carga de importância. Normal.

O que ficou foi um empate, com jogo fraco, com cerca de 300 torcedores no estádio e uma melancolia de final de festa chata. Falta apenas um jogo para o encerramento deste terrível Campeonato Catarinense. Será contra o Avaí, em uma espécie de decisão que vale a Taça SC e uma vaga para a Copa do Brasil. Grande oportunidade para fazer valer o início de temporada e deixar uma pequena lembrança positiva.

9 comentarios para “Apenas um jogo chato”

  1. Gervson disse:

    Ma fike kieto magraum.. Vai quere fala mal da chape agora?? Dexa a chap em paz magrao

  2. Lourival disse:

    Time podre. Fraco,lixo.

  3. Moraesão disse:

    Olha o Rafael Lima não é o mesmo do ano passado, o futebol dele caiu muito, se continuar assim, tem de ir pro banco, tá falhando demais.

  4. Jr Verdão disse:

    Não foi só um jogo chato, foi um campeonato inteiro chato! Não me lembro dum estadual tão ruim desde que ia com meu pai no estádio, e olha lá se vão trinta anos!!!! Até a decisão do joinville com o figuera foi um m e r d a.

  5. Larguei mão... disse:

    Daí, a alguns dias, quando um diretor de futebol foi questionado sobre uma possível volta do Goleiro Rodolpho, disse que a Chapecoense já tinha 3 bons goleiros, e que não havia a menor necessidade de trazer mais um, mesmo sendo o melhor goleiro do campeonato, no caso o Rodolpho…

    Agora, surge a informação da contratação do ex-goleiro Lauro…

    A imprensa melancia (verde por fora mas bem vermelha por dentro) dá pulos de alegria com esta notícia bisonha, e nós, torcedores ficamos com essa cara de quem não entendeu nada…

    Hora, se realmente precisamos de um goleiro, que fosse alguém “acima da média”, como o Rodolpho, ou algum outro que esteja por aí fazendo milagres em baixo das traves, daí vão contratar o Lauro, que assim como vários outros “reforços” rebaixaram o clube em que estavam na série A ano passado?
    Ele além de ser um goleiro bem comum, deve ter um alto salário o que em nada pode agregar ao time da Chapecoense… há, mas “ele é jogador de série A”, dane-se, não serve, não precisamos dele.
    Assim como o Neuton, é mais um tiro n’água, são aqueles “negócios de ocasião”, motivados por um espírito grenal que ainda está enrustido inclusive dentro da diretoria….
    Larguei mão… palhaçada… depois dessa notícia, só resta lamentar… definitivamente, não é o mais o futebol que dita as regras na Chapecoense…

  6. Cesar disse:

    Parabéns apenas vc foi justo em falar quem realmente falhou…. Mas eu ainda acredito…. Vamos chape….o erro começou lá trás quando a diretoria mandou toda uma equipe montada e unida embora….

  7. Rancun disse:

    Tá ai , uma coisa q não consigo entender…os radialistas q mesmo cm empates fora, vitorias e estando na série A continuam malhando os caras e não acreditando na equipe, fico triste q os torcedores ouvintes sem opiniões próprias fazem o mesmo tratam os atletas como papel descartáveis … E nem se quer pegam o histórico dos caras …. E esquecendo q tds sao seres humanos e tem família…. Estou em Chapecó faz 4 anos e hj sem ser da cidade aprendi amar o clube o Dalpozzo q trouxe pra cidade o q trouxe, só acho q a cidade tinha q está em festa vejam históricos de times grandes próximos… Por favor né…. Acho q está na hora de evoluir a cabeça junto com o clube e diretoria…. Deixar este pensamento pequeno de cidade pequena pirem maravilhosa …. Eu acredito….. Pois veremos q os radialistas tem uma certa influencia pois ultimo apelo foi pra trazer contratações de serie A e mandaram td ima equipe de capacidade e amizade q chegaram na serie A embora com maior discriminação e assim foi feito fizeram festa pro pico o mesmo q exaltaram foram os q derrubaram e assim tem sido agora é com arao o cara nem conseguiu amostrar pro q veio e a torcida já maltratando o cara como se adapta??? Como fica em paz?? Só acho q teríamos a acreditar no Gilmar ele é o cara q tirou o time da serie C agora ate campanha pro cara sair tão fazendo, chamar de burro é sacanagem…..pronto falei minha opinião … Nao aceite mas respeitem….

  8. Fred disse:

    Uma pena Fernando doesse… Somos de fora acompanhando um atleta e estávamos divulgando as famílias de todos os jogadores para ouvir apenas a sua narracao, pois as outras rádios: RADIO CONDÁ, WEST(93.3) SAO RIDÍCULAS.Um comentarista profissional, tem uma postura de narrar, e nao ser torcedor ou apenas críticar! Passa a ser insuportável… Narrador profissional é neutro ou no minimo pensam antes de soltar um comentário desnecessário citando nomes de jogadores. Falta de respeito, sendo que muitos desses gols, Regis, Roni.. Serviu para calar a boca deles e de muitos!! Nao é o seu caso que é o único profissional e sabe se comportar de forma humana que nenhum deles conseguiram.. Narrador é narrador, torcedor fica na arquibancada! Deu pra entender? Muitos deveriam assistir espn, aprender oq é analisar um jogo, como narrar e quando criticar, sempre com educação. Continuaremos divulgando e ouvindo sua narracao mas que respeitem as pessoas e suas profissões, porque certeza que nenhum dos atletas gostariam de errar, deixar de marcar ou ajudar a equipe, todos estao se esforçando e no minimo devemos o respeito… Obrigado!

  9. Fred disse:

    Uma pena Fernando doesse… Somos de fora acompanhando um atleta e estávamos divulgando as famílias de todos os jogadores para ouvir apenas a sua narracao, pois as outras rádios: RADIO CONDÁ, WEST(93.3) SAO RIDÍCULAS.Um comentarista profissional, tem uma postura de narrar, e nao ser torcedor ou apenas críticar! Passa a ser insuportável… Narrador profissional é neutro ou no minimo pensam antes de soltar um comentário desnecessário citando nomes de jogadores. Falta de respeito, sendo que muitos desses gols, Regis, Roni.. Serviu para calar a boca deles e de muitos!! Nao é o seu caso que é o único profissional e sabe se comportar de forma humana que nenhum deles conseguiram.. Narrador é narrador, torcedor fica na arquibancada! Deu pra entender? Muitos deveriam assistir espn, aprender oq é analisar um jogo, como narrar e quando criticar, sempre com educação. Continuaremos divulgando e ouvindo sua narracao mas que respeitem as pessoas e suas profissões, porque certeza que nenhum dos atletas gostariam de errar, deixar de marcar ou ajudar a equipe, todos estao se esforçando e no minimo devemos o respeito… Obrigado!

Deixe um comentario