Dignidade e covardia

A parte da dignidade cabe a Chapecoense, que jogou com seriedade o hexagonal, foi o melhor time, levou a Taça SC e uma vaga para a Copa do Brasil de 2015.

O Avaí desvalorizou a competição ao escalar uma equipe reserva e ao sofrer uma goleada de 4×1 demonstrou pouco caso até mesmo com a história da instituição.

O regulamento do Campeonato Catarinense e as péssimas arbitragens tornaram a fórmula injusta e desnivelada.

A covardia fica por conta do ato lamentável que culminou com agressão física ao presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Pádua Peixoto Filho (foto).

Quando saia do Estádio Hercílio Luz em Itajaí, foi covardemente agredido, quando já estava dentro do carro. O agressor foi detido. Nada justifica uma agressão física.

A imagem em destaque, de um senhor com a face ferida pela intolerância de um torcedor descontrolado, tem o peso de uma crônica anunciada.

Você ser contra uma situação, contra quem comanda ou em relação a uma postura ou mesmo proposta política implantada em determinada organização é uma situação, já partir para a agressão física é algo que não se justifica.

O hexagonal fechou bem para a Chapecoense, mas teve o lamentável registro de Itajaí. Retrato fiel dos altos e baixos de um campeonato lamentável em vários aspectos, quando poucos festejam e muitos reclamam.

 

5 comentarios para “Dignidade e covardia”

  1. Hugo Tercio disse:

    Quem teve coragem de agredir o Delfim? Lamentavel. Eh muita ingratidao. Tudo que ele fez pelo futebol catarinense. Um sujeito integro e honesto. Esse senhor eh um orgulho para nos catarinenses. Cadeia aos agressores.

  2. Silvio SZ disse:

    Onde tem Itajaí tem confusao. Foi assim ano passado em Brusque na decisao da segunda divisao , agora com esse episodio da agresssao, enfim, os selvagens mostram a cara.

  3. Mauro disse:

    Um amigo meu, que é amigo de um jogador, disse que os jogadores não gostam do Bergson. Ninguem comemorou com ele o gol no sabado por isso. Mesma situação do Athos, o grupo não suporta algumas atitudes do atacante.

  4. Hugo Tercio disse:

    Como alguem pode gostar do Bergson? O cara quer jogar sozinho. Nao toca a bola pra ninguem. Ficou claro no gol que ele ta isolado do elenco. Comemorou sozinho. Ele nao joga pro time. Nitidamente quer aparecer e se promover sozinho. Esse nao eh o espirito da chapecoense.

  5. marcel disse:

    Vão esperar esse merda desse Bergson esculhambar com o vestiário pra mandar embora?
    Esse mau carater fez chacota com um vendedor de picolé (de uns 12 anos) até ele chorar na semana passada na frente do posto GT…..Gente com carater assim não precisamos em Chapecó…vaza!
    Dal Posso, abre o olho com esse cara, ele vai te derrubar!

Deixe um comentario