O desafio

A Chapecoense tem o grande desafio de encerrar o turno do Campeonato Brasileiro Série A fora da zona de rebaixamento. O desafio é o mesmo para a maioria dos times, mas para a Chapecoense ele é maior.

A necessidade é chegar aos 22 pontos, sendo necessário para tanto conquistar mais sete dentre os 15 que ainda serão disputados.

Não será fácil, pois serão três jogos fora e dois em casa, sendo que aqui jogarão Fluminense e Goiás.

A derrota para o Figueirense foi um desastre! Caso tivesse vencido o jogo a Chapecoense estaria atrás de apenas mais quatro pontos, dentro da matemática, para fechar a primeira perna da competição dentro do projetado.

Eu sinceramente avalio como pouco os 22 pontos projetados. Com 44 escapa do rebaixamento, mas as equipes estão melhorando seus desempenhos e returno sempre foi mais complicado.

Chegou a hora de tirar coelhos da cartola. A mobilização terá de ser muito grande, a efetividade das decisões terá de alcançar a proximidade da perfeição e o índice de pontos conquistados terá de romper a barreira da média até então.

O desafio se entenderá até o final, já preveem os dirigentes, mas é preciso ter um pouco de gordura para suportar os resultados negativos que se apresentarão fora da projeção, como a derrota para o Figueirense.

A matemática aponta o caminho. Hoje a Chapecoense estaria com 29% de chances de rebaixamento, o que não é ruim levando-se em conta a nossa realidade.

Deixe um comentario