Semana Mineirão

 

A Chapecoense projeta agora o seu jogo no Mineirão e contra o melhor time do campeonato, que abre uma larga vantagem sobre os demais.

Será a grande prova de fogo na Série A, em mais um estádio de Copa do Mundo e em um momento em que a Chapecoense necessita de recuperação e olha seus adversários diretos com olhos de secar pimenteira.

Contra o Botafogo a Chapecoense teve atuação fraca na primeira etapa e melhor no segundo tempo, quando foi superior técnica e fisicamente.

O problema é que o Cruzeiro não é o Botafogo. O Cruzeiro é muito, mas muito mais time e exigirá muito mais da Chapecoense.

O esquema de jogo não deve mudar. A atuação com apenas um homem no ataque será mantida, mas se a Chapecoense deseja algo de positivo neste jogo, terá de ajeitar a falha que segue sendo o grande pecado e irrita a todos, a última bola, o acabamento das jogadas, as conclusões os cruzamentos, tudo muito ruim e ineficiente.

E quanto a Bruno Rangel ou ele começa a jogar ou a contestação começará a ficar mais pesada. Hoje ele é intocável, mas com a seca de gols ele não conseguirá se manter como titular.

A rodada poderá arremessar a Chapecoense para a zona de rebaixamento o que sempre é um péssimo negócio.

 

8 comentarios para “Semana Mineirão”

  1. Silvio SZ disse:

    Argel Fucks: 6 jogos e 5 vitorias.

    Esse p/a dirtetoria da Chape nao presta.

    Entao vamo de Celsao mesmo, daí eles economizam uma grana e guardam para jogar a Serie B ano q vem.

  2. Fabricio ccó disse:

    Com essa indecisão que teve pra definir treinador, temos que nos dar por satisfeito por terem tomado a decisão de dar a mala pro Dalpozzo mesmo sendo um pouco tarde.

  3. Roberto disse:

    1º Se tivessem contratado o Argel, estaríamos disputando a 7ª colocação com o Gaymio… no mínimo teríamos 25 pontos agora…

    2º Demos sorte que o Grolli jogou bem, mas em condições normais o titular deveria ter sido o Enrique, o Grolli foi escalado pelo empresário…

    3º Tá, o Rangel é um ídolo, fez chover ano passado, merece uma placa… mas não dá mais, hora de ir pro Banco dar um tempo…

    4º O verdão sabe jogar contra times bem melhores, agora quando pega um Botafogo, um Figueirense, Um Vitória, se caga… este esquema medroso e covarde pode nos levar pra série B num campeonato onde seria bem fácil estar entre os 8 primeiros… até quando esta teimosia?

    5º O Celsão é um cara correto, esforçado, trabalhador, pode até se tornar um técnico de ponta um dia… mas não agora… é limitado demais pra treinar um time de série A… enquanto isso, Geninho e Argel, que o grande entendido de futebol, o mAringá não quiz, estão fazendo chover no Avaí e No Figueira… sabe tudo este Maringá…

  4. Roberto disse:

    Ah, esqueci…

    O Dal Pozzo vivia por aqui quando o Itamar Shulle estava pra cair… tipo urubu sobrevoando carniça…

    Fez isso em Floripa pra tentar ir pro Figeuirense, assistiu jogo e tudo.. mas não quiseram ele…
    Agora fez de novo em Criciúma, assistiu o jogo em que demitiram o técnico, mas também não quiseram ele…

    Só aqui mesmo… e continua desempregado…

  5. Moresão disse:

    Pois é, ia falar isso mesmo, quem deve estar rindo da cara da Diretoria essa hora é o Argel porque com um time limitadíssimo daqueles como o do figueirense que para mim já era um dos rebaixados conseguiu dar uma bela arrancada. Difícil ver os outros times qualificando sem dinheiro e nós com dinheiro sem fazer nada. Pra mim Bruno Rangel no próximo jogo já tem de ir pro Banco, não está dando certo com ele nesse esquema e estamos com um jogador a menos na marcação, então banco nele e Thiago Luis de atacante.

  6. Moresão disse:

    Pra Chapecoense vencer esse jogo só se for um minerazzo!! Com essa nossa “força” ofensiva, vamos muito longe mesmo.

  7. thiagao disse:

    argel é uma naba.. tirando o jogo daqui que ganho uma pelada braba num gol achado de escanteio que o cara errou a cabeçada só ganhou de galinha morta… aqui vai uns numeros do idolo de vcs..
    FALTAS

    Antes de Argel: média de 17,6 por jogo – 8º no geral
    Depois de Argel: média de 20,3 – 2º no geral

    PASSES

    Antes de Argel: média de 303,4 por jogo – 17º no geral
    Depois de Argel: média de 245,8 por jogo – 20º no geral

    PASSES CERTO

    Antes de Argel: média de 269,4 por jogo – 17º no geral
    Depois de Argel: média de 212,3 por jogo – 20º no geral

    POSSE DE BOLA

    Antes de Argel: média 13:52 por jogo – 13º no geral
    Depois de Argel: média de 11:50 por jogo – 20º no geral

    so lembrando que o campeonato não acabou.. nem a chape ja caiu como muito de vcs acham

  8. moraesão disse:

    O que importa é os 3 pontos. Antes do Argel: figueirense na lanterna com 4 pontos atrás do verdão. depois do Argel: figueirense fora da zona de rebaixamento com 1 ponto na frente do verdão. No entanto tenho claro que o Argel não é a solução dos problemas até porque tem prazo de validade, daqui mais uns 5, 6 jogos o desempenho vai cair com certeza. O que incomoda, e muito, é essa falta de atividade da Diretoria que não busca reforços de qualidade….enquanto os outros times (inclusive de série B) contratam, a nossa diretoria dorme em berço esplêndido ao som do mar e à luz do céu profundo, visitando o maracanã.

Deixe um comentario