É a hora dos 100%

Dois jogos, um na quarta-feira e outro no sábado. Contra Atlético-PR e Criciúma, dois adversários diretos na luta contra o rebaixamento.

Os jogos serão realizados em Chapecó, o que deixa para a Chapecoense uma vantagem que precisa ser aproveitada.

Tudo isso de nada valerá se a Chapecoense não jogar futebol. Precisará repetir a aplicação do jogo contra o Corinthians, mas sem a incompetência na hora de definir.

Não será possível admitir que novamente o time sofra um gol logo cedo e desta forma precise se desgastar correndo atrás do marcador.

Concentração desde o início e efetividade na frente. Não precisa jogar bonito, não precisa enfeitar, precisa apenas acertar aquele equipamento enorme feito de ferro e que tem uma rede pendurada nele. Quando a bola cair, lá dentro, o objetivo estará alcançado.

Impressionante a dificuldade que a Chapecoense tem em marcar um gol. Impressiona também como tem sofrido gols nos minutos iniciais. A combinação citada representa rebaixamento.

Primeiro será preciso ganhar as duas em casa. Não existe outra possibilidade que possa ser considerada positiva.

O momento é de esquecer a tabela e os jogos paralelos que até ajudaram a Chapecoense, mesmo com os adversários estando perigosamente colados na parte baixa.

O elenco da Chapecoense consegue ser melhor do que ele mesmo. Duas decisões. Ou ganha ou vamos pedir ao cara da foto o paraquedas emprestado.

Um comentario para “É a hora dos 100%”

  1. Jr Verdão disse:

    Nada Fernando hoje é vitória e contra o Dal Pozzo vamos fazer ele engolir a retranca dele!!!!!!!!

Deixe um comentario