Uma vez Flamengo…

O destino e suas mirabolantes manobras.

A vida de quem foge do rebaixamento no Campeonato Brasileiro é feita de torcer pelo time do coração, secar concorrentes e de vem em quando, vestir a camiseta de outro time. Faz parte.

A penúltima rodada da Série A começa no sábado e nela consta um jogo que está diretamente ligado a Chapecoense, sem ela entrar em campo. Na Arena da Amazônia em Manaus, 21 horas, Flamengo x Vitória.

Ao Vitória cabe apenas vencer e ainda torcer por fracassos da Chapecoense. O Flamengo vendeu o jogo e terá casa cheia. Terá de jogar por seus torcedores, que vivem distantes do Rio de Janeiro, sem carga de responsabilidade com a tabela, somente pelo espetáculo. O Vitória terá a viagem, o desgaste do calor amazônico e um estádio cheio contra ele.

Uma vitória do Flamengo ou um empate aniquilam o Vitória, podendo a Chapecoense perder os dois últimos jogos. A derrota do Vitória não precisa explicar, mas o empate ainda possibilitaria ao Vitória igualar a pontuação, desde que vença o último jogo, que será contra o Santos, mas o problema está no saldo de gols favorável a Chapecoense, na ordem de nove gols.

Uma vez Flamengo, sempre Flamengo! Ou Uma vez Flamengo, desde que ele vença, já está louco de bom.

Vai Mengão!

7 comentarios para “Uma vez Flamengo…”

  1. Jr Verdão disse:

    Pois é, mas como a chape ainda depende só dela, então prefiro ver o verdão carimbar a faixa do campeão!

  2. Moraesão disse:

    A Chapecoense já demonstrou que tem valor e aprontou algumas nesse campeonato, vamos dar um carimbaço nessa faixa para fecharmos com chave de ouro esse campeonato e cravarmos de vez o nome da Chapecoense dentre os grandes do futebol Brasileiro no ano de 2015.

    Apesar da Chapecoense ter lutado ate o fim na zona de baixo da tabela o Verdão tem muito o que comemorar nesse brasileirão, talvez tenha sido o time que mais ganhou depois do cruzeiro, pois ganhamos RESPEITO.

    Ninguém conhecia nossa Chapecoense, mas agora todo mundo pôde conhecer esse time humilde que jogou de igual pra igual com a maioria dos times grandes. Não se amedrontou diante de ninguém, tanto é que nossa maior derrota foi pela diferença de 3 gols. Proporcionamos momentos históricos como a vitória em cima do São Paulo em pleno Morumbi lotado com mais de 30 mil torcedores, goleamos o grandioso Inter de 5 a 0 numa demonstração de que a região tem sim um grande time de futebol e não precisa mais depender da dupla Grenal (acreditem esse resultado valeu muito mais do que uma goleada ele significou realmente a independência da Chapecoense). Vencemos e goleamos o Fluminense no maior palco de futebol do mundo, o maracanã, com jogadores a nível de seleção e tudo. Sem contar outros diversos jogos em que lutamos bravamente.

    É notório o respeito dos demais torcedores para com nosso time nas redes sociais, a maioria nos respeitam pois sabem que saímos lá da série D e no campo chegamos até a série A, sem recursos, contra tudo e contra todos, na raça e no trabalho árduo de toda uma região e de abnegados que assumiram a Direção do time em momentos turbulentos e que acreditaram que era possível chegar onde chegamos.

    A cada dia que passa a Chapecoense consolida-se no cenário nacional como um grande clube de futebol e é com essa humildade, raça, dedicação e trabalho que seguiremos, à passos largos, para fincar de vez o nome da nossa ASSOCIAÇÃO CHAPECOENSE DE FUTEBOL dentre os maiores clubes de Futebol do Brasil.

  3. Professor Xavier disse:

    Pessoal, muita calma nesta hora. A Chapecoense ainda tem q se garantir na primeirona. O Cruzeiro, mesmo com o time reserva é um time difícil de ser batido. Precisamos considerar o que o W. Luxemburgo disse após o empate contra o Criciúma: “Estamos estudando já dar férias para os nossos jogadores e promover alguns testes, está difícil motivar o time nestes jogos finais”. Ou seja, o Flamengo vai frouxo contra o Vitória. Ainda, até acredito que o inter possa bater o Palmeiras, mas pelo futebol que o colorado vem apresentando, não vai ser tarefa fácil. De qualquer forma, o foco tem q ser um só nesta semana, vencer o campeão brasileiro e afastar de vez qqr chance de rebaixamento. lembrem-se, PRECISAMOS VENCER O CRUZEIRO ANTES DE COMEMORAR.

  4. Fabricio ccó disse:

    Domingo com a ausência de Leandro, sugiro ao Celsão deixar o Tiago Luis mais centralizado fazendo a função de um 9, sendo abastecido pelo Fabinho Alves que jogaria pelos flancos. O que acham ?

  5. Moraesão disse:

    Tá de brincadeira né Fabricio? O thiago Luís é segundo atacante, que parte pra cima, não para jogar de costas pro gol e mesmo que conseguisse desempenhar essa função depender do Fabinho Alves para abastecê-lo estamos fritos. O fabinho alves não acerta um passe sequer. O Fabinho Alves é o tipo de jogador para entrar no segundo tempo quando o jogo já está liquidado, como no jogo passado. Aí o outro time está aberto porque vem pra cima e ele com sua velocidade, no contra-ataque pode fazer alguma coisa, fora isso já provou que é um jogador que não acrescenta em nada, pelo contrário, só desconstrói.

  6. Jr Verdão disse:

    É piada né Fabricio?

  7. Fabricio ccó disse:

    Sim é.

Deixe um comentario