No Colosso

Ypiranga 0×2 Chapecoense

Gols marcados por Bruno Rangel (4:30) e Hyoran (09:00), da segunda etapa.

Um detalhe, a vitória foi construída na segunda etapa, quando a Chapecoense jogou com sua equipe reserva, contra a mesma equipe do Ypiranga que havia empatado em 0×0 a primeira etapa contra a equipe considerada titular no momento.

Esquentou o salutar clima de competição interna na busca por uma vaga no time titular.

O técnico da Chapecoense, Vinicius Eutrópio, Soube avaliar com clareza após o jogo, tanto o resultado como o comportamento de todo o seu elenco.

O primeiro tempo de jogo foi muito prejudicado pela condição do gramado, já que minutos antes de a bola rolar um dilúvio caiu sobre o Colosso da Lagoa.

Na segunda etapa o campo estava melhor, mais seco e deu melhores condições de movimentação.

Em comparação com o jogo de Passo Fundo a Chapecoense jogou diferente na primeira etapa. Esteve distribuída com alterações nas alas e no meio de campo. Ficou mais compacta defensivamente, mas perdeu a velocidade apresentada no primeiro amistoso, que também foi realizado com gramado molhado.

Os amistosos servem exatamente para que experimentos sejam realizados. Os resultados pouco importam. É preciso sim ter clareza na leitura da proposta do técnico e nas individualidades dos atletas.

Agora serão dois jogos em casa, sexta-feira contra o Ypiranga e no sábado contra o Passo Fundo.

 

6 comentarios para “No Colosso”

  1. William Garbin disse:

    Já tem chance falando que o time tá uma merda. Mas realmente esses dois amistosos foram tristes. Claro que é início de ano, falta entrosamento e ritmo. E ninguém se doa tanto assim em jogos amistosos. Mas gente do céu, tem que melhorar muito se quiser brigar por título no Catarinense.

  2. Tuniko disse:

    Nao sei a quantas anda essa preparacao. Mas sofrer tanto contra times que nao tem nem divisao… Sera que o time ta preparado???

  3. thiagao disse:

    1,2,3.. começou

  4. TORCEDOR CHAPECOENSE disse:

    Boa tarde Srs.

    Alguem saberia informar o valor do contrato da Umbro com a Chapecoense?
    Pelo que pesquisei no Gremio sera em torno de 17 milhões ano no Vasco 16 milhões, no Atletico Paranaense 6 milhões dai me veio a curiosidade do valor da Chape.

  5. fernando disse:

    - Chapecoense fechou acordo por mais dois anos com a Umbro como sua fornecedora de material esportivo.
    Em dinheiro R$ 200 mil, que serão investidos nas categorias de base e mais 10% sobre a venda da fábrica para o varejo. Para a próxima temporada haverá um reajuste.

    - Evidente que o fornecimento de material para todas as categorias também está incluído no pacote.

  6. TORCEDOR CHAPECOENSE disse:

    Bom dia Sr. Fernando

    Obrigado pela informação. Ja é um bom começo mas na minha modesta opinião se a CHAPE ficar na série A do ano que vem o valor tera que ser próximo ao do Atletico Paranaense mas a nossa diretoria sabera conduzir este processo.
    Grande abraço e que este ano passamos colocar mais uma estrela em nossa camisa.

Deixe um comentario