Campanha pela paz

Uma iniciativa bem humorada, mas com forte apelo pela paz nos estádios foi lançada em SC.

A campanha contra a violência nos estádios é uma parceria da OAB-SC com Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Ministério Público, Federação Catarinense de Futebol, Associação de Clubes, Sindicato dos Árbitros de Futebol, Associação dos Cronistas Esportivos de Santa Catarina, Polícias Militar e Civil, ACAERT e Associação Catarinense de Imprensa.

Com o slogan: “Quem é torcedor não briga”, a campanha reúne entidades muito representativas e mostra as mascotes dos clubes da Série A catarinense, magros, pálidos, com ar de doentes, pois a violência faz o futebol definhar e esvazia os estádios.

Todas as campanhas de conscientização são muito bem vindas, devem ser estimuladas e valorizadas, mas é preciso investir também em aparelhamento dos estádios, dos órgãos de segurança pública, investindo forte na prevenção.

Assim fez a Chapecoense na temporada passada. Aqui em Chapecó vários segmentos se uniram para montar um projeto de sucesso na prevenção à violência.

A cidade de Chapecó e a Chapecoense mostraram para o Brasil como se faz.

Nenhum incidente foi registrado.

A Campanha é muito inteligente, mas precisa de ações preventivas.

4 comentarios para “Campanha pela paz”

  1. thiagao disse:

    Prevenção e informação nunca faltaram.. o problema é a impunidade e a lei, que as pessoas que briguem ou invadam o gramado tenham punição e cumpram.. são 10, 20 pessoas em um jogo que estão afim de confusao.. só deixar eles fora do estadio..

  2. Roberto disse:

    E a violência já começou, antes mesmo do início dos jogos… R$ 50,00 o ingresso mais barato É UM ASSALTO!!!
    Futebol pro povão já era… só a elite…
    E não me venham com esse papinho de “sócio tranquilinho”… sou sócio mas nem por isso sou tapado, a Chapecoense NÃO PRECISA do dinheiro da bilheteria pra sobreviver, o ingresso na geral R$ 30,00 já seria justo, mas…

    E ainda falando em violência, aquela tropa de MARGINAIS e MACONHEIROS que se intitula “Torcida Jovem” que por onde passa faz pichações e arruaça vai continuar tendo privilégios da diretoria?

  3. Alecsandro disse:

    De fato, sou sócio, mas o ingresso para a geral ficou muito alto, acho que deve ser o mais caro do estado.

  4. Fabricio ccó disse:

    Diretoria errou 50 reais é muito caro. Creio que isso foi pra valorizar os socios, mas grande parte dos socios não iriam se importar se o ingresso fosse 30 pila. Tem que ter em mente que com esse governo (federal)maluco a tendencia é que entraremos numa crise financeira, então que se cative desde ja quem vai ao estadio pra ver a Chapecoense e não é socio ai no brasileiro que se coloque 400,00 reais o ingresso contra Inter e Gremio.

Deixe um comentario