Afundou o Marinheiro

Marcílio Dias 0×2 Chapecoense

Uma vitória tranquila, sem sustos da Chapecoense sobre um Marcílio Dias pesado e cansado. Time de idade média muita alta tem poucas chances em uma competição com o nível de exigência do Campeonato Catarinense.

A proposta do técnico Vinicius Eutrópio foi ousada com uma montagem de uma equipe muito diferente de outras montadas para os compromissos da temporada e deu muito certo, pois o time jogou com leveza e acima de tudo as peças mostraram uma melhora na parte física, pois o jogo de ontem foi exigente na maior parte do tempo. Na 7ª rodada a Chapecoense teve duas estreias. O zagueiro Vilson e o meia Elicarlos e os dois foram bem, dentro de suas possibilidades.

A superioridade da Chapecoense é muito grande sobre o Marcílio Dias.  É muito mais time e os projetos nacionais diferentes entraram em campo de forma muito marcante.

É preciso reconhecer que a proposta do técnico Vinicius Eutrópio, em testar todo o seu elenco antes do hexagonal está correta.

Mais dois jogos, um em casa contra o Ibirama e o último fora contra o Joinville, já com a equipe classificada e com a possibilidade de experimentar.

Um começo de temporada espetacular.

É hora de elogiar, sim.

 

Um comentario para “Afundou o Marinheiro”

  1. Moraesão disse:

    Gostei muito do Vilson…o cara está a 1 ano sem jogar, sem ritmo de jogo, mas entrou e foi seguro lá atrás, para mim já ganhou a titularidade, se ele fez isso sem ritmo de jogo imagine quando pegar ritmo. Nivaldo o velho monstro Niva de sempre. Nivaldo Eterno! Outro destaque na partida foi o Denner. No começo da partida começou como nos outros jogos mais errando do que acertando, mas depois acertou e fez uma belíssima partida, principalmente lá atrás, foi um verdadeiro guerreiro, se jogar sempre assim merecerá a titularidade. O Hyoran começou muito bem a partida, mas depois deu uma caída, dá para ver que ele tem talento o que falta pra ele é um pouco de experiência que só virá com o tempo, por exemplo ainda comete erros bobos como passes errados, não conseguir dominar a bola etc. Elicarlos foi bem, não comprometeu nem foi espetacular, fez seu papel. Maranhão não vinha bem na partida, ao meu ver a única coisa que fez foi o passe pro gol em toda a partida, se formos analisar o jogo inteiro não fez mais nada. Talvez com o tempo melhore. Bruno Rangel está voltando a ser o matador de sempre, o gol que ele fez é de centroavante matador. O restante do time jogou pro gasto. Estamos no caminho, temos um bom elenco.

Deixe um comentario