Colegiado

Na Chapecoense nada é decidido por apenas uma pessoa. Um grupo se reúne e delibera. Ele é formado pela Diretoria Executiva, Conselho Deliberativo através do presidente e seus vives e pelo Conselho Consultivo.

Em um grupo grande, que sabe debater com qualidade e maturidade, o índice de erro é muito menor. É o caso da Chapecoense.

As ponderações são importantes. A diversidade de personalidades contribui para que uma média de pensamento se estabeleça. Os mais agitados e de sangue mais quente, contrapõem com os mais calmos e de fala mansa. Eles se completam, ao final das contas.

Tem dado muito certo na Chapecoense este modo de administra e decidir. Evidente que existem integrantes que exercem um peso maior na hora da decisão, mas é uma forma inteligente de comandar uma associação que hoje tem orçamento superior aos R$ 40 milhões.

No mais recente episódio de uma crise que se instalava em que algo precisava ser feito, com demandas pesadas se apresentando, foi o colegiado que decidiu.

O ambiente criado na Chapecoense é formado por empresários e profissionais liberais que encaram desafios diários e que também devem estar aprendendo muito com o modo de gestão que estabeleceram na Chapecoense.

11 comentarios para “Colegiado”

  1. Roberto disse:

    Mas só pra colocar uma pimenta…
    Ano passado o tal do “Colegiado” se reuniu pra discutir a contratação do substituto do Dal Pozzo…
    De todos que participaram (e pelo que se sabe foram mais de 10 pessoas) apenas dois foram contrários a contratação do Argel (Maringá e Palaoro), daí eu te pergunto…
    Como se estabeleceu a “Média de pensamento”? To meio ruim na matemática…

    A teoria é bonita… mas na prática…

  2. Crelson disse:

    Na pratica quem decide eh o Pallaoro.

  3. thiagao disse:

    Não foram só dois… tem uns que vc não citou que até hj falam..” argel nunca trabalhará aqui”, quem assumiu a bronca foi o presida é logico, o argel é plantado aqui por um empresário bem forte e todo mundo sabe quem é.. quando ele assumir a presidencia e um dia ele vai, o argel querido será o tecnico.

  4. Crelson disse:

    Quem eh o cara thiaga??

  5. fernando disse:

    Na prática a Chapecoense é time de Série A e passou por uma gestão diferenciada.

  6. fernando disse:

    Não. o Sandro não decide sozinho. Pergunte a ele.

  7. Moraesão disse:

    Caros… o debate, a discussão, e as opiniões alheias devem ser ouvidas e discutidas entre o dito colegiado e levadas em consideração, mas a decisão final sempre é a do Presidente, pois é ele o responsável pela administração da instituição Chapecoense…se algo der errado vão descer o pau no Presidente e não em algum outro da Diretoria. O Comandante do barco é o Presidente e cabe a ele as decisões. Se ele à época vetou o nome do Argel e vetar o nome de algum outro, está no seu direito. Pior seria um Presidente que ouve à todos e nunca sabe o que fazer.

  8. Crelson disse:

    Pq nao seguem o exemplo do Corintia?

  9. Crelson disse:

    Moraesao vc sempre comenta aqui e tem um nome que pode lhe fazer conhecido na cidade de chapeco e regiao oeste de santa catarina. Entao lhe pergunto, eu te conheco?

  10. Moraesão disse:

    kkkkkk. Creio que não Crelson. Há muito saí da minha bela e querida Chapecó (mais precisamente há 12 anos), hoje moro pras bandas do litoral na grande Florianópolis, mas o amor e a paixão pela minha terra e pela Chapecoense persistem e jamais deixarão de existir, por isso sou verdão sempre. Quem sabe um dia possa retornar novamente à minha querida terra natal.

  11. Moraesão disse:

    Agora retornando ao assunto futebol…..A Chapecoense tem que fazer um esforço para contar com o Bruno Silva, uma dupla Bruno Silva e Gil, seria um grande passo para reforçar esse time pro Brasileiro.

Deixe um comentario