A vez de Hyoran

O jovem jogador da Chapecoense não pode reclamar de falta de oportunidades. Sem a carga de experiência para ser um titular indiscutível, ele tem recebido boas oportunidades de Eutrópio para mostrar seu futebol, para a Chapecoense e para o mercado.

Pois Hyoran é a escolha para começar o jogo contra a Ponte Preta no sábado, devido a mais uma lesão de Camilo.

A provável formação da Chapecoense para o jogo: Danilo; Apodi, Rafael Lima, Vilson e Dener; Elicarlos, Bruno Silva, Gil e Hyoran; Ananias e Roger.

Desta forma Vinicius Eutrópio não muda a forma de jogar e deixa o time dentro do mesmo esquema que tem dado certo, evitando em um primeiro momento uma formação mais resguardada com mais um volante na meia cancha.

Uma oportunidade importante para Hyoran, pois Camilo deve ficar de dois a três jogos fora, quem sabe até um pouco mais. Com uma boa atuação em Campinas o rapaz certamente crava sua escalação para a quarta-feira quando o Joinville vem jogar aqui.

Interessante também é a escalação de Bruno Silva. Ele que jogou o Campeonato Paulista pela Ponte Preta, fez muita força para sair de lá e voltar a jogar na Chapecoense, não tem nenhuma cláusula ou acerto verbal que impeça sua escalação contra seu antigo clube. Melhor para a Chapecoense.

FOTO – Não tive acesso aos créditos da mesma. Por isso solicito ao colega que a produziu que me passe seu nome para valorizar seu talento. Bela foto.  

Um comentario para “A vez de Hyoran”

  1. Crelson disse:

    Eu gosto muito do Camilo, mas eh impressionante como ele se lesiona. Nao consegue ter uma sequencia. Sao muitas lesoes e isso prejudica muito a equipe. Boa sorte ao Hyoran. Talento ele tem. Quem sabe pode assumir a titularidade.

Deixe um comentario