Semana agitada

A Chapecoense cuida do seu dia a dia com a tranqüilidade de quem não corre riscos de rebaixamento, mas com o afinco de quem deseja mais na competição e mira mais uma competição no calendário de 2016 que é a Copa Sul-Minas-Rio. Não existe pressão, mas existe um querer, um desejo verdadeiro na busca de uma vitória sobre o Inter.

Na Chapecoense ninguém fala em rivalidades pessoais e mesmo fora de campo os torcedores estão mais interessados em saber o que a Chapecoense pode oferecer.

A semana se agita por conta deste grande jogo de quinta-feira. O Inter jogará aqui em Chapecó com uma pressão gigantesca, precisando vencer, com um time desmontado e com um período de preparação que mais pareceu um laboratório, tamanhas as experimentações de Argel Fucks.

Na Chapecoense nenhum sobressalto, um trabalho dentro do programado e sem alaridos, com a seriedade de sempre, respeitando o adversário, mas sem fazê-lo maior do que é.

Enfim, um trabalho sem firulas e organizado como deve ser.

Vencer o Inter é sempre um feito importante e representará o coroamento de uma campanha dura, difícil, árdua, mas que foi dentro do esperado e com menos sofrimento do que no ano passado.

A Chapecoense vai jogar de peito aberto, mas não de sangue doce. O Inter vem para Chapecó para uma batalha. Vai ser um encontro trepidante!

NOVIDADES: Danilo está fora do jogo, devido a um corte no joelho. Acidente doméstico. E Túlio de Melo sente desconforto muscular e hoje é dúvida.

Duro golpe

O Internacional perde seu principal jogador por seis meses. Jogando pela Seleção Olímpica do Brasil, Valdívia sofreu uma lesão grave no ligamento cruzado do joelho esquerdo. Um prejuízo gigantesco para o Inter e que obrigatoriamente terá de ter a conta paga pela CBF.

Mais uma baixa do colorado para o jogo contra a Chapecoense na quinta-feira. O atleta já sofreu cirurgia na tarde de ontem.

Olhando o futebol brasileiro no momento é fácil cravar que Valdivia é um dos melhores da sua geração, se não o melhor. Sua participação na Olimpíada também está ameaçada.

Ele estava com um pé no exterior e seria certamente mais uma grande venda do Internacional. Faz parte do jogo, mas eu lamento pela qualidade do jogador, pela forma diferenciada como joga e por tudo de bom que tinha já garantido. Uma pena.

 

FOTO – CLEBERSON SILVA-ASSESSORIA DE IMPRENSA CHAPECOENSE. 

3 comentarios para “Semana agitada”

  1. Jr Verdão disse:

    Falando da seleção principal: ficar 10 dias sem ver o brasileirão por conta da capenga seleção não é fácil. Que faaaase do Brasil e também da Argentina!

  2. Fabricio ccó disse:

    Se o Danilo não joga é automática ou obrigatória a entrada do Nivaldo. Alias o depto. de futebol que muito acertou esse ano, deve uma explicaçãozinha do porque o contrato do Silvio ir ate final de 2016.

  3. Moraesão disse:

    Porrx Danilo vai me cortar o joelho em casa. Daí é pracaba.

Deixe um comentario