Rivalidades, sábias e burras

Eu entendo a rivalidade no futebol, mas não consigo entender o sentimento de alguns que enxergam nos torcedores contrários, inimigos.

A rivalidade sadia, a concorrência inteligente, na verdade são a mola propulsora de todo o grande negócio que se chama futebol.

O sentimento de inimizade, a xenofobia, a raiva desmedida, são sentimentos menores e doentios.

Vibrar com a derrota de um time contrário mesmo quando a derrota não lhe beneficia, se torna incompreensível.

O futebol do Rio Grande do Sul se polarizou por muito tempo e hoje paga a conta. Era Porto Alegre e Caxias do Sul. Na Serra Gaúcha os times estão quebrados. Em Porto Alegre eles aniquilaram por muito tempo a possibilidade de o interior crescer. Em Pelotas com o Brasil a chama reascendeu.

Aqui em SC não existe polarização. Hoje são quatro praças importantes e cinco times de destaque nacional. Chapecó, Florianópolis, Joinville e Criciúma tem história para contar. A rivalidade é saudável, mas não aceito que se mantenha o velho expediente a velha mania de odiarmos o Litoral, que por sua vez detesta o Oeste, que reclama do Sul e que faz pouco do Norte.

Antigamente, os antigos radialistas, utilizavam-se de discursos carregados de rancor com outras regiões para fazer moral em casa. Hoje a comunicação está globalizada. O que escrevemos e falamos tem amplitude maior e com isso aumenta também a nossa responsabilidade.

Não existe mais espaço para ódios e pregações absurdas.

Vamos torcer por nossos clubes, pela individualidade, mas tenhamos a sabedoria de saber o valor do coletivo.

Juntos, somos mais fortes.

 

15 comentarios para “Rivalidades, sábias e burras”

  1. Florianópolis/Chapecoense disse:

    moro aqui em Florianópolis mais sou de Chapecó, e não vou entrar em questão, só uma coisa, que se ferrem os times daqui, eles nos odeiam, quero mais é que eles vão p/ série B

  2. Moraesão disse:

    Nem todos nos odeiam. Eu também moro em Floripa e conheço muitos manés que inclusive gostam da Chape. É claro que dentre o time deles cair e a Chapecoense eles torcerão pra chapecoense cair. Os avaianos é que são mais arrogantes, mas o pessoal do figueira, pelo menos aqueles que eu conheço são bem tranquilos. Mas torcedor idiota existe em qualquer torcida. Eu quero que meu time seja o melhor, se não der pra ser o melhor do Brasil que seja o melhor de Santa Catarina e por isso não ficaria nem um pouco triste se os demais catarinenses caíssem.

  3. Jr Verdão disse:

    A questão é que historicamente sempre estivemos atrás dos times da capital, até mesmo do Joinville e Criciúma, agora que estamos construindo uma história concreta no cenário nacional, vamos a forra. Essa concorrência sempre vai existir. Quando um time de SC ajudou a Chape??????? Sempre reclamaram de vir jogar aqui no oeste por causa da distância, sei lá mais o que. Então que viajem para Lucas do Rio Verde o ano que vem.

    Também sou totalmente contrário ao ódio e ao absurdo de chegarem a ir as vias de fato por causa de futebol. Como já aconteceu aqui na nossa cidade com a torcida do Avai. Mas aí já não estamos mais falando de torcedores e sim de maníacos e doentes.
    Futebol para mim é para tirar sarro de um amigo, mas nunca, jamais chegar a odiá-lo por causa de cores de camisa.

  4. Cristiano disse:

    Sinceramente , acho que faltou assunto para o Fernando postar no blog.
    O litoral quer que a chape se ferre sempre . . .

  5. Florianópolis/Chapecoense disse:

    isso aí Cristiano falou a verdade, não tem Figueirense, Avaí,Criciuma, Joinville, que goste da Chapecoense, que se ferrem e que venha série B p/ eles, se possivel a C ano que vem, agora todo mundo daqui gosta da Chapecoense, a agua ta na bunda. SE FODAM

  6. Mateus - Porto Belo disse:

    Minha opinião é a seguinte, o Vasco ganha as duas, o avai e o figueira perdem as duas, Chapecoense é o único Catarinense na série A, moro em Porto Belo, várias vezes fui a cidades aqui da Região, o pessoal não gosta da Chape….

  7. Roberto disse:

    A ta… Tbem acho que “ódio” não deve existir… Mas torcer pros outros times de SC Jamais… Quero mais é que vão pra serie D… Era só o que faltava…

  8. Paulo Roberto disse:

    Não acho que haja tanto ódio assim pela Chape como vocês estão dizendo. Morei 10 anos na Capital e via o povo simpatizar conosco. Com certeza entre Criciuma, JEC, Avai e Figueira ha muito mais ódio agregado. Nos, talvez pela distância geográfica, ficamos um pouco fora dessa ‘Guerra’. Mas vejo que a chape começou a incomodar nos últimos anos, pela sua ascensão. Eu sinceramente já torci pra todos os times de SC, pelo fortalecimento. Mas hoje por mim quero que todos fiquem na Série B e só a Chape na A. Seria fantástico.

  9. Florianópolis/Chapecoense disse:

    Kkkkkkkkkkk povo do litoral simpatizantes com o do interior, kkkkkkk nem aqui nem na china

  10. Daniel disse:

    Engraçado todos falando que a capital não gosta da Chape, pelo visto o pessoal de Chapecó, Joinville, Criciúma morrem de amores pela capital e seus times. Antes de querer respeito vocês devem dar o respeito.

  11. thiagao disse:

    Morei 10 anos em FLorianopolis, tenho muitos conhecidos la que sempre gostaram da chapecoense, inclusive gente muito ligada as torcidas, acho que essa historia dessa raivinha é falta do que fazer, falta de time rival… , não precisa torcer para eles, mas essa raiva ai nunca tive, cansei de ir no estadio do avai e sempre perder, o do figueira então nem se fala, nossa freguesia é longa, e nunca tive problemas.
    e pra quem acha que é mentira
    http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/rbs-noticias/videos/t/edicoes/v/invencibilidade-da-chapecoense-e-motivo-de-orgulho-entre-torcedores-catarinenses/4596960/

  12. Moraesão disse:

    Verdade thiagao, com todos que eu falo parabenizam o time da Chapecoense e dizem que é o único que está representando bem o estado. Mas como eu falei todos querem o melhor para seu time e entre cair alguém vão torcer para que caia o outro. Como nesse ano eles percebem que a Chapecoense está melhor, eles nem se atrevem a falar mal kkkkk. Mas há um certo respeito pelo demais torcedores pois sabem que a chapecoense cresceu no campo, com muito luta, sem ser arrogante e na humildade. Acho que esses são pontos positivos do nosso time e da nossa torcida e que vem sim despertando simpatia das outras torcidas, inclusive do Brasil. Ficar alimentando ódio entre as torcidas não leva nada. Vamos continuar com os pés no chão, fazendo nosso trabalho quietinho e comendo pelas beiradas que daqui há um tempo quando perceberem teremos nos tornado um dos grandes do futebol e aí sim, se eles quiserem nos odiar, é problema deles. Porém é inegável que quanto mais clubes de SC na série A mais forte fica nossa Federação e com isso discussões sobre cotas e outras tem maior representatividade. Sem contar que esse ano foi ótimo termos 4 catarinenses até porque já sabíamos que teríamos 2 vagas a menos no rebaixamento pra disputar porque JEC e Avaí com certeza cairíam kkkkkkkkkk. Zuar um pouco pra não perder a prática.

  13. Cristiano disse:

    Aqui em Joinville 95 % quer que a Chape seja time sem série , e não torcem de jeito nenhum para nós . . . .

  14. Vivianderson disse:

    Joinville acho um caso a parte. Na minha opinião é a torcida mais arrogante e metida do Estado. E são megalomaniacos, se acham enormes, os maiores de SC, mas todos sabem que o JEC ganhou aqueles estaduais no final da decada de 70 e nos anos 80 com a ajuda do presidente da federação, torcedor fanático do Joinville. Depois daquilo o JEC morreu. Agora chegaram na Série A, estavam garganteando horrores, dizendo que o JEC seria o orgulho de SC na Série A, olha no que deu…lanterninha pra eles. O JEC eu quero que se exploda, que suma do mapa do futebol nacional. Timinho safado, torcida metida e arrogante.

  15. Florianópolis/Chapecoense disse:

    Gostam sim, morrem de amores pela Chapecoense kkkkkkkkkkkk

Deixe um comentario