Jogo atípico, ruim e sem gols

Chapecoense 0×0 Atlético-PR

O jogo começou na noite de quarta-feira e terminou na tarde de quinta-feira, devido a neblina da noite anterior.

No primeiro tempo pouco jogo e a neblina que chegou chegando. O Atlético veio para pouco jogo, matou tempo e foi arrastando a conversa. A Chapecoense já apresentava dificuldades de conexão, muitos passes errados e poucas conclusões.

Veio o começou do segundo tempo e teve apenas um minuto de movimentação. Partida encerrada e a sequência apenas na tarde de ontem. O Atlético-PR jogou mais, foi mais efetivo até a entrada da área, mas errou muito na hora de concluir.

A Chapecoense teve dificuldade enormes ao longo do segundo tempo. A bola queimava no pé dos jogadores, o time não conseguia passar do meio de campo e lá na frente nada. Houve duas bolas. Uma com Lucas Gomes, pessoal, chute de fora da área que passou muito perto.

E a bola do jogo que esteve nos pés de Hyoran. Ele ficou cara a cara com o Weverton e não teve a capacidade de chutar por cima do goleiro, que é muito bom, mas foi mais erro do atacante do que méritos do goleiro.

O Atlético-PR teve uma bola também com Walter. Ele partiria livre para a área e o bandeira Esdras Albuquerque levantou a bandeira marcando impedimento. Nos pareceu da cabine que a posição era legal.

O importante é pontuar e a Chapecoense pontuou mais um, mas os números mostraram que a campanha é melhor fora do que em casa. Porque? O técnico Guto Ferreira disse que é normal em uma Série A.

E sobre a saída de Guto Ferreira o próprio disse que amanhã (sexta-feira) termina o prazo para uma resposta do Bahia.

Ele disse que se viajar para Recife o assunto está encerrado. Demorou muito para falar claramente sobre o assunto e acabou criando um desgaste desnecessário.

Olho agora na Ilha do Retiro para o jogo contra o Sport no começo da noite de domingo às 18:30.

10 comentarios para “Jogo atípico, ruim e sem gols”

  1. Jr Verdão disse:

    Eu estava na linha do passe e NÃO estava impedido, o gordinho não ia perder esse tipo de gol, nosso meio de campo foi desastroso desde ontem até hoje, não desmerecendo o ferrolho da marcação deles que foi eficiente, mas nossos jogadores estiveram muito abaixo do que eles normalmente rendem. Faz tempo que não vejo CS88 jogando bem e não é porque está recuado, mesmo na faixa de campo que ele está não vem rendendo.
    Destaque para Marcelo que não deixou o Valtão se mexer.
    Arthur Maia esteve melhor ontem que hoje, hoje só queimou a bola no pé, mas tá perdoado, é bom jogador. Rafael Bastos precisou de uma bola para mostrar que sabe cruzar 36 vezes melhor que o Gimenez, pifou o Hyoran que chutou em cima do “bonequinho dos comandos em ação”. Fico pensando quem foi pior, o Hyoran ou o Lucas Gomes que estava com o gol aberto e chutou por cima.

    Que novela essa do Guto hein? Acho e acho muito que vai.

  2. Moraesão disse:

    5 jogos em casa, somente 1 vitória. A Chapecoense em 10 jogos tem apenas 3 vitórias. Está bem colocada no campeonato porque tem pontuado fora, mas não fazer o dever de casa é perigoso. Um fato constatado é que o time não está sabendo jogar em casa.

    Em minha opinião o Guto deveria iniciar a partida reforçando mais o meio de campo, jogando com somente 2 atacantes e 4 homens no meio. Jogando da maneira que está o meio campo fica muito vazio e os outros times encontram muitos espaços pra jogar e o perigo da derrota tem sido constante. Fora de casa está certo, jogando com 3 na frente dá a possibilidade do contra-ataque, por isso a chape vem atuando melhor fora do que em casa.

  3. Augusto disse:

    Eu já venho há dias falando que esse sistema 4-3-3 n tá funcionando dentro de casa. Não conseguimos criar jogadas de ataque. Qual a dificuldade do Guto colocar 4 homens no meio campo? Deixa só Silvinho ou Lucas Gomes na frente com Rangel. No meio vai de Josimar, Cléber, Maia e Rafael Bastos. E se Cléber continuar se arrastando em campo como nos últimos 3 jogos, coloca Sergio Manoel no lugar dele.

  4. Fabio disse:

    Time jogando nada com coisa nenhuma e gramado quase do mesmo nivel daquele que tinhamos antigamente ou seja, horrivel.

  5. Paulo disse:

    Não acompenhei o jogo de ontem, mas vejo o time muito mal em casa, joga pra não perder, e só, o comportamento é o mesmo quando fora de casa, porém esse incio só pegamos babas, vários do nosso campeonato passaram por varias pedreiras e nós, deixando de pontuar, vai ser perigoso (com Guto ou sem Guto) a sequência vai apertar e vai chegar o momento que não vamos conseguir ganhar fora, ai vai complica…

    Concordo com os colegas, precisamos de 4 no meio, Silvinho é nulo, nunca vai produzir nada, no máximo correr, não serve pra nada, alias serve sim pra acabar com uma jogada kkk, que o Guto vá de uma vez e leve consigo esse Silvinho e o Josimar…(Fernando acompanho o debate todos dias e vejo sempre o Dorneles defender essa ameba, pergunta quanto é o % que ele tem no passe do Silvinho?).

    é ruim ter que aceitar que temos um baita time, pena estar os melhores no departamento médico, sonhem, um time, com Neto, Denner, Gil, Alan ruschel, martinutticio? um dia vai será? vamos aguardar… acho que o Alan podem jogar de media esquerda, aqui sem pressão que tem nos outros clubes o cara vai render…

  6. Tiago disse:

    O Guto já acertou com o Bahia. Devemos ser gratos pelo serviço prestado, muito bom. E por pior que esteja, o G4 está a 2 pontos, o time do Vitória que vocês diziam que era horrível ganhou do grêmio ontem fora de casa, série A é isso ai.

  7. Moraesão disse:

    Guto se foi. O dinheiro falou mais alto, faz parte. Fez um bom trabalho na Chape, obrigado!

    A pergunta que não quer calar agora é: Quem será o novo técnico? Esse novo técnico tem que retomar a força da Arena Condá com certeza. Se o Celsão estivesse aí dava pra ir de Celsão kkkkkkkkk.

  8. Paulo disse:

    Cara olhando algumas manchetes, vejo o buraco que o Guto Ferreira entrou,
    na ESPN, disseram: ” – Guto troca chapecoense brigando por libertadores por Bahia na B”

    Resumiram que o cara não ta nem ai com a carreira, trabalho a longo prazo ou qualquer projeção nacional, uma pena achava que tinha potencial, mas vai ser sempre o quase, times como o nosso, trabalha com projetos, e é certeza que esse cara vai perdendo credibilidade, ou acham que algum clube médio vai arriscar contrata-lo sabendo que vai sair na sequência? e clubes grandes não confiam no trabalho dele…

    exemplos como o de Roger ou o Próprio Bauza, (Roger recusou o Corinthians e Bauza parece que recusou treinar a seleção do Paraguai) são poucos e exceções no mundo do futebol, se até o Tite que estava acima de qualquer suspeita, na primeira oportunidade leva o filho pra auxiliar técnico da seleção? que venha o próximo 7 x 1….

    … Em resumo Bahia não tem projeto, é emergência subir pra série A, se não ganhar 10 dos proximos 15 jogos será demitido, espero que aqui, não seja nunca mais cogitado a sua contratação.

  9. MATHIAS disse:

    O TÉCNICO QUE APOSTARIA É O ANTONIO CARLOS DO JUVENTUDE. MAS…

Deixe um comentario