Pressão lá e cá

 

O jogo Chapecoense x Internacional será de pressão dupla, dos dois lados, com as duas equipes precisando vencer com urgência.

A última vitória colorada foi em 16 de junho, com um 2×0 sobre o Atlético-MG no Beira Rio. Já são 11 jogos sem vencer.

A Chapecoense venceu a última dia 24 de julho no 2×1 sobre o Botafogo, jogo aqui na nossa Arena.

São três rodadas sem vencer, ou seja, uma situação bem melhor, mas que ainda exige muitos cuidados.

Apesar da enorme diferença de jogos sem vencer em sequência, apenas dois pontos separam as equipes, com os 24 pontos da Chapecoense e os 22 do Internacional. Caso o colorado venha a vencer o jogo, ultrapassa a Chape.

Está cada vez mais estreita a vantagem em relação a zona de rebaixamento. Vencer é palavra de ordem e não interessa quem vai estar do outro lado de campo.

O Internacional realizou uma pequena revolução em seu departamento de futebol. Trouxe velhos e consagrados nomes de volta e aposta mais uma vez na velha fórmula Celso Roth. Ele anima o grupo, entra no vestiário e mostra quem manda, salva times do rebaixamento, mas tem prazo de validade e convenhamos que é uma receita muito velha.

Certamente o Inter jogará aqui em Chapecó com uma retranca gigantesca e partirá apenas nos contra-ataques. É o jeito Celso Roth de ver o futebol. Tem gente que diz que ele é um cara que entende muito de futebol. Pode ser um dos motivos que o futebol brasileiro anda nessa pindaíba danada!

Na Chapecoense é preciso corrigir as ações defensivas. Já estamos em agosto e temos a zaga mais vazada com 33 pontos. Nossas alas não defendem com qualidade, a dupla de zaga alterna bons e maus jogos e no meio de campo o Josimar erra muitos passes. O resultado está escrito na tabela. Temos a pior zaga da competição. E daí seu Caio Júnior, vai tomar providências ou vais esperar entrar na zona da degola?

O certo é que o jogo de segunda-feira entre Chapecoense e Internacional exige de ambas as equipes uma vitória. Empate para a Chapecoense é ruim. Temos pela frente mais 19 rodadas, um caminho longo e uma vitória não pode mais ser adiada com a desculpa que do outro lado tem uma grande equipe

Deixe um comentario