Na casa do capeta

A Chapecoense joga na noite de quarta-feira em Alvellaneda, na Grande Buenos Aires, contra o Independiente, o Rey de Copas.

Cito a casa do capeta, porque o mascote deles é simplesmente o diabo.

O estádio Libertadores da América é muito bonito. Tem capacidade para 40 mil torcedores e se parece muito com a configuração do Independência de Belo Horizonte, mas o argentino é bem maior.

A pressão que eles exercem em seu estádio é impressionante. Os torcedores, bem ao estilo argentino, não param um minuto, cantam e agitam o tempo inteiro. A figura do diabo como mascote é bem apropriada.

Olhando o time do Independiente de hoje e o comparando com o River do ano passado, creio que o adversário de hoje seja menos qualificado, mas tem uma pegada muito forte.

O Independiente passa por uma reestruturação em todos os sentidos.

As conquistas do Independiente são muito marcantes. Eles já levaram o título argentino em 16 vezes e a taça da Libertadores da América já esteve sete vezes no armário deles. A Copa Intercontinental foi deles duas vezes.

O calibre deste adversário é o maior de todos, podem ter certeza, sob o aspecto de conquistas.

A Chapecoense tem meio time que jogou no ano passado contra Libertad e River Plate e outros jogadores com passagem internacional. O grupo tem uma boa carga de experiência.

A grande segredo será segurar o adversário na tradicional pressão inicial de jogo e tentar, se possível, repassar a pressão da necessidade de resultado que eles carregam, por jogar em casa. O negócio é chegar bem vivo em casa, sem a necessidade de realizar um jogo apoteótico.

O jogo começa  às 19:15. Ouça na Rádio Chapecó AM 1330, Antena 1 FM 107,1 ou no www.radiochapeco.com.br

7 comentarios para “Na casa do capeta”

  1. Mateus disse:

    Eu acredito em um empate lá e uma vitória aqui, cara seria muito louco a Chape ganhando uma sulamericana kkkkkk

  2. Jr Verdão disse:

    Sulamericana é demais! Ver a Chape jogando esse campeonato é surreal. Agora fico aqui pensando, tem jogadores rodados claro, podem não sentir muito a pressão, sei lá, mas temos uma piazada também, como o Thiaguinho que marcou seu primeiro gol pela Chape aqui no estádio com 3 mil pessoas e chorou, já pensou se marca lá, o rapaz vai ter um surto!!!!! Tomara que não levemos um sacode, para fazer no mínimo bonito, chegar aqui vivo, tomara, tomara…

  3. paulo disse:

    Fernando sempre acompanho o debate das 18:00, sou fã, mesmo discordando algumas vezes das opiniões, acho importante pq o foco da rádio é a chape e somente a chape, por isso vocês tem meu respeito e audiência.

    Ontem acredito que foi pra mim, quando citou o comentário que um comentário do blog “escraxou” o Sr. Caioburrotropio… pois bem, ficou uma resposta no ar, você mencionou Celso Roth, pra mim a figura de técnico não compete a ele, é uma vergonha aos demais, terem como colega de profissão a figura desse cidadão que é especialista em afundar times, confesso que não queria ele nem treinando meu cachorro, é muita incapacidade, arrogância, idiotice, dele e de quem acha que ele pode fazer alguma coisa, poderia dizer que lhe falta conhecimento técnico, tático, mas seria de muito bom gosto dizer que ele tem algo, que apenas falte outras coisas… Um dado interessante de ser analisado, nos últimos 35 jogos, com Coritiba, Vasco, e inter, ele conseguiu surpreendentes 5 vitórias… então não tem oq dizer…

    Sobre nosso Caiotropio, a sorte está com a Chape (não posso dizer sorte, pq essa diretória merece tudo oq vem acontecendo com a chape, reitero, Caio Jr não, mas diretoria SIM). Os Deuses do futebol estão com nós!!!
    Viemos conseguindo resultados, (Denner e Lourecys da vida fazendo gols, (Denner é um ótimo lat. esquerdo mas não é de fazer gol,) Thiaguinho salvando jogos, Danilo pegando tudo) algumas explicações obvias para nossa sorte nos últimos confrontos, ou em algum momento ele teve participação em alguma coisa?
    que Meritocracia é essa?

    - Onde Ailton Canela joga muito, em um jogo encardido necessitando fazermos 3 gols, e nunca mais recebe uma oportunidade,

    - Nosso melhor e mais regular jogador até então Gil nos últimos anos, jogar totalmente fora de posição e explanar esse desconforto publicamente, e continuar fora de posição e tendo que aguenta a imprensa e alguns espectadores de jogos, reclamando do seu rendimento…

    - Do nível medonho de Felipe machado você encontra um tulhão no Municipal, e mesmo errado todo jogo, comprometendo a equipe, segue o titular,

    - Josimar entregando oq pode é inquestionável no esquema desse cara….

    - Kempes a 3 jogos não consegue dar um toque na bola, quando consegue erra, e segue titular absoluto, pq pro Rangel que é o maior jogador na nossa historia essa lógica e sequencia de jogos não ocorre, colocar o cara pra jogar 10 min no final do jogo com um time perdido na minha concepção é muita falta de respeito…

    - Rafael Bastos fez o que pra ter oportunidade? sempre que entrou foi péssimo, preguiçoso e sem vontade,

    - Lucas Gomes, que foi importantíssimo no ano, titular absoluto e comendo a bola até a lesão, é publicamente cobrado… não vou entrar no mérito do que fez ou não, mas só o fato de vir se queixar pra imprensa, pra mim é total falta de liderança e vergonha na cara, poxa o cara é do teu grupo resolve internamente, não da pra se dar o direito de afastar um jogador assim…

    se mesmo assim ainda tem gente que acha que o Caiotropio tem alguma participação em alguma coisa, não da pra falar mais nada, é complicado vejo um cidadão que poderia ser técnico de moleque bom de bola, copa ric… ele não tem personalidade alguma, variações táticas, ou algo do gênero, ele simplesmente inventa alguma coisa, acorda com uma ideia e a executa sem noção do que está fazendo, ou do que pode acontecer, e vai pro jogo, não pensa…

    No jogo contra a ponte, poderia escalar Alan Ruschel na esquerda no segundo tempo, e Sergio Manoel ir pra função dele, mas não ele inventa Rafael Bastos… Neto estava no banco pq não pode jogar um tempo em algum jogo? se ele não fizer nada, nem tocar na bola vai fazer mais que o Felipe Machado… então é difícil aguentar

    Mas claro os números estão a favor… então tudo o que foi dito de nada vale…

  4. Roberto disse:

    Não entendo como me dei o trabalho de ler esta carta ai… Dai dizer o que de alguém que insiste em falar mal do Caio e sugere o Alan Ruschel no time? Só Gadernal salva o Sr. PAULO…

  5. thiagao, sincero disse:

    Não entendo como me dei o trabalho de ler esta carta ai… Dai dizer o que de alguém que insiste em falar mal do Caio e sugere o Alan Ruschel no time? Só Gadernal salva o Sr. PAULO… II, só que eu parei na metade, só ofensa gratuita…

  6. Tiago disse:

    Não entendo como me dei o trabalho de ler esta carta ai… Dai dizer o que de alguém que insiste em falar mal do Caio e sugere o Alan Ruschel no time? Só Gadernal salva o Sr. PAULO… III, tem direito de não gostar do trabalho do Caio, mas o que falou de asneira ai heim.

  7. paulo disse:

    o blog, pelo o que acompanho é livre, e cada um pode expressar a sua opinião livremente a cerca dos assuntos… ninguém é obrigado a ler ou escrever… o português vai além de ler o que está escrito, cabe sempre uma interpretação, ofensas? o assunto é futebol e cada um tem uma concepção sobre uma ou outra coisa… mas tudo bem, debate é isso ai, opa debate é com ideias vocês apenas tiveram a mediocridade de me criticar ok. abraços.

Deixe um comentario