Jogou mais, mas perdeu

 

Chapecoense 0×1 Santos.

 

Uma bola, um erro de Neto com Danilo, a indefinição e o gol. Isso foi aos três minutos de jogo e foi o ato que determinou a vitória do Santos.

A Chapecoense jogou muito mais o tempo inteiro após o erro, mas a bola não entrou, pois faltou competência na hora do acabamento das jogadas.

O que não faltou foi vontade a Chapecoense, que se entregou até o final com todas as forças. Não faltou coragem ao técnico Caio Júnior que colocou o time pra frente e o fez amassar o Santos. Ele não pode entrar campo e fazer o gol. Fez o que pode e fez bem.

O Santos me decepcionou e muito. Ganhou o jogo, mas não fez muita coisa não.

Na verdade a Chapecoense entregou o gol aos três minutos e depois disso o Santos apenas se defendeu e fez o jogo parar, sem nenhum tipo de cerimonia, sem ter um pingo de vergonha.

Na entrevista coletiva o técnico Caio Júnior disse que ficou surpreso pela forma como o Santos jogou, se retraindo completamente. Todos nos surpreendemos, creio.

Na saída de campo me chamou a atenção a entrevista de Neto, que falou sobre a forma como ele atrasou a bola e como foi a chegada atrasada de Danilo. Ele não assumiu o erro e sequer o dividiu, meio que colocou para o Danilo a responsabilidade.

Foi a primeira vitória do Santos na Arena desde a chegada da Chapecoense na Série A.

Apesar da derrota a Chapecoense segue com a mesma margem de pontos de vantagem para a zona de rebaixamento, sete, e deste forma a turma da confusão está ajudando.

O número mágico segue sendo os 45 pontos, mas a continuar este andamento creio que a faixa de corte deve diminuir.

 

 

 

11 comentarios para “Jogou mais, mas perdeu”

  1. Alecsandro disse:

    … como já falei, vamos sofrerá até a última rodada, nada pode ser sem sofrimento com a Chape, mas jogaram bem hoje, houve entrega por parte dos jogadores.

  2. Alecsandro disse:

    *vamos sofrer

  3. Chape disse:

    Só quero saber de quarta, no brasileiro dois empate é suficiente.

  4. Jr Verdão disse:

    Na entrevista coletiva o Caio falou que as bolas que não entraram contra o Santos vão entrar quarta, pois que assim seja. Pena o Hyoran ter entrado mal, acredito muito que ele o jogador que poderia ter feito a diferença no placar, mas não foi dessa vez. Não acho que o Neto teve culpa, a besteira foi toda do Danilo.
    Próximo jogo no brasileiro contra o Corinthians, provavelmente estaremos estasiados com a classificação da sula vamos perder, mas daí teremos que ganhar do figuera e do SP, aí série A 2017 e campeão da Sul americana.

  5. thiagao, sincero disse:

    To só por quarta!

  6. Mateus PB disse:

    Rumo a tóquio kkkkk

  7. Samair disse:

    gstei da entrega do time ontem…jogaram com vontade, assim que a gente gosta de ver, mesmo perdendo…mas joguem com vontade…ainda temos 6 rodadas pra 2 pontos……agora o que mais vale pra mim é o jogo de quarta….semi ai vamos nós

  8. Mateus PB disse:

    Falando sério agora, também gostei do jogo, quando perde lutando é outra coisa… vou arriscar o placar de 2×0 conta o Júnior, e sobre os dois pontos que faltam poderia ser em cima do Figueirense, afundando eles de vez pra série B, e não me venham com papo de apoiar SC pois esses caras sempre falaram mal da gente, tem mais é que voltar pra série B mesmo…

  9. Jr Verdão disse:

    Também acho, se nós colocamos eles na séria A também temos o direito de tirar kkkkkk

  10. guto disse:

    Nao tem essa de ajudar os catarinenses. Nunca nos ajudaram. Pelo contrário, sempre fomos bombardeados aqui no Estado. Na década de 80 tentaram de tudo pra tirar a Chape da primeira divisão do catarinense pq Avai, Figueira, JEc e Criciuma não queriam encarar a viagem, que era mto longa. Chape sempre lutou sozinha. Quanto ao jogo, time se esforçou, infelizmente nao sairam os gols. Nada a chorar. Situação é ainda bem tranquila. Negócio agora é focar na Sulamericana, tem que deixar o sangue em campo pra trazer essa vaga nas semifinais. É o jogo da vida da nossa Associação. AVANTE CHAPE!

  11. Alecsandro disse:

    Nem me falem em ajudar o Figueirense, fora de cogitação. Se a Chape perder para eles, haverá uma revolta nunca visto antes por parte de nossa torcida.

Deixe um comentario